Início » Celular » Samsung Galaxy A7 (2018) com câmera tripla chega ao Brasil por R$ 2.199

Samsung Galaxy A7 (2018) com câmera tripla chega ao Brasil por R$ 2.199

Câmera traseira do Galaxy A7 (2018) tem lente grande angular de 120 graus e pode desfocar o fundo

Paulo Higa Por

Quando você pensava que a linha Samsung Galaxy A só teria modelos com números pares neste ano, surpresa: a empresa anunciou no mercado brasileiro nesta terça-feira (13) o Galaxy A7 (2018), um smartphone intermediário premium com câmera tripla na traseira. O modelo chega ao país com preço sugerido a partir de R$ 2.199.

Samsung Galaxy A7 (2018)

O Galaxy A7 (2018) marca uma mudança na estratégia da Samsung, que passou a adiantar recursos de smartphones premium para os modelos menos caros. Nesse caso, o destaque fica para a câmera traseira: o sensor principal tem 24 megapixels e promete fotos mais nítidas em baixa luminosidade, combinando quatro pixels em um só durante condições de pouca luz.

Uma segunda lente atua em conjunto com o sensor de 5 megapixels para o recurso Foco Dinâmico, que permite controlar o desfoque de fundo e ajustar o efeito bokeh mesmo depois de capturar a imagem, como já acontece no Galaxy S9+ e Galaxy Note 9. Já a terceira câmera (!) tem uma lente grande angular de 120 graus para tirar fotos de 8 megapixels com maior campo de visão.

Samsung Galaxy A7 (2018)

E, como já virou costume na linha Samsung Galaxy A, a câmera frontal com flash LED tem alta resolução: o sensor é de 24 megapixels e suporta alguns truques de software, como o desfoque do plano de fundo, o AR Emoji 2D e o Pro Lighting Mode, que simula uma iluminação de estúdio profissional, semelhante ao efeito do iPhone XS.

O celular possui tela Super AMOLED de 6 polegadas com resolução Full HD+ (2220×1080 pixels), processador octa-core Exynos 7885 de 2,2 GHz e bateria de 3.300 mAh. O leitor de impressões digitais do Galaxy A7 (2018) fica na lateral — algo não muito comum na Samsung. O modelo que será comercializado no Brasil tem 4 GB de RAM e 64 ou 128 GB de armazenamento interno, com possibilidade de expansão por microSD.

Ele será vendido no varejo a partir desta terça-feira (13), com preço sugerido de R$ 2.199 (64 GB) ou R$ 2.499 (128 GB) nas cores azul, preto e cobre.

Samsung Galaxy A7 (2018) – ficha técnica

  • Tela: 6 polegadas, Full HD+ (1080×2220 pixels), Super AMOLED
  • Processador: octa-core Exynos 7885 de 2,2 GHz
  • RAM e armazenamento: 4 GB de RAM e 64 ou 128 GB de espaço, com expansão por microSD de até 512 GB
  • Bateria: 3.300 mAh
  • Sistema operacional: Android 8.0 Oreo
  • Câmera traseira tripla: 24 megapixels (f/1,7); 8 megapixels (f/2,4) e 120 graus; 5 megapixels (f/2,2)
  • Câmera frontal: 24 megapixels (f/2,0)
  • Conectividade: USB, entrada de 3,5 mm para fone de ouvido, 4G LTE Cat.6 2CA, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac (2,4 GHz/5 GHz), VHT80, Bluetooth 5.0 (LE até 2 Mb/s), ANT+, NFC, localização (GPS, Glonass, BeiDou)
  • Sensores: leitor de digitais na lateral, acelerômetro, giroscópio, geomagnético, Hall, proximidade, luz RGB
  • Dimensões e peso: 159,8 x 76,8 x 7,5 mm, 168 g

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Celso

E a coisa só piorou agora em 2019.
A lógica que existia desde 2015 a Samsung praticamente "jogou no lixo" em favor de uma estratégia de vendas mais agressivas em mercados onde o seu desempenho é questionável.

Panda BR

pqp que bagunça

Wellington Guimarães

Caro, nunca comi!

Gustavo Vasconcelos

A melhor posição que existe. Saudades do Xz premium.

Celso

Exatamente.
Além de que o Galaxy A6+ simplesmente atrapalhou o Galaxy J8.

E depois disso, ao invés dela se tocar do erro, não, foi dando tiros atrás de tiros, a quase todos tiros no pé.

Mauro

Concordo, não dá pra falar que XR, XS e XS Max sejam exemplo de criatividade não.

Seraph

Sim, apesar de que Iphone ta saindo disso pra nomenclaturas igualmente ruins...

Mauro

Eu sei, falei brincando, era só uma crítica a tanto lançamento da Samsung. O iPhone está aí pra provar que uma empresa não precisa ter 200 versões diferentes, basta um top, um intermediário e um de entrada.

Rmavalli

Também acho que é a melhor posição, quando troquei de celular, o sensor do antigo era na frente, era bem fácil, agora com o sensor na parte traseira tenho que usar outros recursos para desbloqueio rápido enquanto no suporte do carro. Se fosse na lateral resolveria esse meu problema.

Guilherme da Silva Manso

Qdo foi lançado o A8 e A8+, falaram que unificariam a linha A para serem uma espécie de espelho do S do ano anterior. Caiu por água abaixo no momento que lançaram o A6...

Gertrudes, a Lhama

Adorava essa peça no Tetris

Eduardo Chuta

Faço parte das viúvas do Moto G1. Rei absoluto do custo-benefício até hoje. Saudades.

Seraph

Não é impossível não.

MagicCarpetDriver

bons tempos q um intermediario custava 800 reais...

Eliézer José Lonczynski

Esse azul está lindo demais 🔟

Exibir mais comentários