Início » Celular » Google quer liberar Android Q para teste nos celulares lançados com Oreo e Pie

Google quer liberar Android Q para teste nos celulares lançados com Oreo e Pie

Google planeja oferecer Android Q antes do lançamento para instalar em dispositivos com Projeto Treble (lançados com Oreo ou Pie)

Felipe Ventura Por
1 ano atrás

O Google quer oferecer o Android Q antes do lançamento para que você possa instalá-lo em dispositivos com Projeto Treble — isto é, que vieram de fábrica rodando Android Oreo ou Pie. Esta é uma arquitetura modular que permite trocar o software da fabricante por uma versão pura do sistema. Isso prometia acelerar as atualizações, o que não aconteceu, mas ainda pode ser útil.

Smartphone Android

O Projeto Treble é obrigatório para todos os dispositivos lançados com Android 8.0 Oreo ou superior (incluindo o Pie). Ele divide o sistema módulos para que a fabricante pode fazer suas modificações enquanto outras empresas, como Qualcomm e MediaTek, adaptam os drivers.

Como explica o XDA Developers, uma parte fundamental do Projeto Treble é a GSI, sigla em inglês para Imagem Genérica de Sistema. Trata-se de uma versão pura e não-modificada do Android, vinda diretamente do AOSP (Android Open Source Project). Ou seja, ela não tem nenhuma interface personalizada das fabricantes, como a Samsung Experience ou a Sony Xperia UI.

O Google exige que todo dispositivo com Projeto Treble seja compatível com a GSI. Ou seja, ele deve ser capaz de rodá-la mesmo se já tiver uma versão personalizada do Android. Para isso, a fabricante precisa garantir que o celular ou tablet vai funcionar com a GSI, realizando testes como CTS e VTS.

Google quer oferecer Android Q na forma de GSI

Hung-ying Tyan, da equipe do Projeto Treble, explicou na conferência Android Dev Summit que o Google quer tornar as GSIs mais úteis para o público em geral — isto é, para desenvolvedores e consumidores.

"Estamos explorando maneiras de disponibilizar GSIs futuras antes do lançamento da próxima versão do Android", disse Tyan. "Então você poderá testar a próxima versão do Android com a GSI. E, ao mesmo tempo, também poderemos obter feedback de você, então o benefício é mútuo. Então, por favor, fiquem atentos a futuros anúncios sobre isso."

Dessa forma, seria possível testar o Android Q antes que o código-fonte seja disponibilizado no AOSP. Isso pode ser interessante para usuários avançados, que não querem esperar pela atualização da fabricante; e para desenvolvedores testarem seus apps.

O Google também sabe que instalar a GSI pode ser bem complicado. Isso exige um bootloader desbloqueado e o uso de comandos fastboot ou TWRP em um processo que não é exatamente rápido. Para contornar isso, Tyan diz que sua equipe prepara uma forma de os usuários "testarem a GSI sem realmente colocarem a GSI no dispositivo", porém não deu mais detalhes.

Google diz que Treble já acelera atualizações do Android

Em blog oficial, o Google garante que o Projeto Treble acelera as atualizações. A empresa diz: "esperamos ver mais dispositivos das fabricantes rodando Android 9 Pie no final de 2018 se comparado ao número que estava rodando Oreo no final de 2017".

Essa não é uma proeza muito grande: o Oreo foi distribuído em um ritmo muito mais lento que o Lollipop 5.x e o Marshmallow 6.0, por exemplo. É possível conferir isso no gráfico abaixo. O Pie 9.0 não aparece porque ainda está em menos de 0,1% dos celulares, dois meses após seu lançamento.