Início » Celular » Moto G7 deve trazer Snapdragon 660 e bateria maior

Moto G7 deve trazer Snapdragon 660 e bateria maior

Moto G7, Moto G7 Play, Moto G7 Plus e Moto G7 Power podem ser revelados no começo de 2019

Paulo Higa Por
1 ano atrás

O Motorola Moto G7 deverá ser lançado em 2019 em quatro versões: Moto G7, Moto G7 Play, Moto G7 Plus e Moto G7 Power. Aos poucos, os smartphones estão sendo homologados nas agências reguladoras ao redor do mundo e as especificações técnicas são confirmadas pelos certificados. Um deles mostra que uma das variantes terá processador Snapdragon 660 e uma bateria de 3.000 mAh.

Motorola Moto G7

Moto G7 é homologado com 4 GB de RAM e bateria de 3.000 mAh

O XT1965, que provavelmente será chamado de Moto G7 ou Moto G7 Plus, é o primeiro da Motorola com Snapdragon 660 e representa um upgrade em relação a qualquer Moto G6 — mesmo o Moto G6 Plus vinha com um Snapdragon 630. A bateria é menor que os 3.200 mAh da geração anterior; enquanto a RAM e o armazenamento permanecem em 4 GB e 64 GB, respectivamente.

Os documentos de homologação também mostram que o XT1965-2, que será vendido no Brasil, tem entrada para dois chips de operadoras, NFC, Wi-Fi 802.11ac e tecnologia de carregamento rápido. Além disso, as dimensões de 75,4 mm de largura e 156,9 mm de altura indicam que a tela deverá ter ao menos 6 polegadas — o atual Moto G6 Plus traz um IPS LCD de 5,9 polegadas em proporção 18:9.

Motorola XT1965-2 (Moto G7)

Mais versões do Moto G7 estão a caminho

Há outras possíveis variantes do Moto G7 homologadas: o XT1952, uma versão mais simples, com bateria de 3.000 mAh e Wi-Fi 802.11n; e o XT1955, que ainda não possui informações publicadas nas agências reguladoras.

Rumores apontam que o Moto G7 terá uma câmera frontal de 12 megapixels e uma câmera traseira dupla com sensores de 16 e 5 megapixels com recurso de desfoque de fundo. Enquanto isso, a tela de 6 polegadas com resolução Full HD+ viria com um notch em formato de gota na parte superior.

Ainda não sabemos quando a próxima geração do Moto G será lançada oficialmente — mas os certificados de homologação da FCC (Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos) têm como anexo um acordo de confidencialidade com data de expiração de maio de 2019, sugerindo que o anúncio deve vir antes disso.

Com informações: PhoneArena, SlashGear.