Início » Games » Sony revela que não participará da E3 2019

Sony revela que não participará da E3 2019

Em comunicado a Sony disse buscar novas oportunidades para envolver seus jogadores

Por
16/11/2018 às 13h22

A Electronic Entertainment Expo, conhecida simplesmente por E3, é a maior convenção de games do mundo. O evento costuma reunir lançamentos das principais fabricantes, mas teve uma baixa significativa para sua próxima edição: a Sony.

A dona do PlayStation não participará da E3 2019, que marcará a primeira edição em 24 anos sem a companhia. A Sony não deu uma explicação detalhada sobre sua decisão, mas, em comunicado, disse buscar novas oportunidades para envolver sua comunidade de jogadores.

Conferência da Sony, na Brasil Game Show 2015

“Os fãs do PlayStation significam tudo para nós e queremos sempre inovar, pensar de forma diferente e experimentar novas formas de encantar os jogadores. Como resultado, decidimos não participar da E3 em 2019”, afirmou a Sony.

“Estamos explorando maneiras novas e familiares de envolver nossa comunidade em 2019 e não podemos esperar para compartilhar nossos planos com você”, finalizou. O anúncio marca uma perda para a E3, que já não tem despertado tanto interesse de empresas como Microsoft e Nintendo.

Além disso, o comunicado indica a segunda mudança em pouco tempo no calendário de lançamentos da Sony. Em setembro, a empresa revelou que a PlayStation Experience, um evento próprio criado há quatro anos também seria cancelado.

Ele seria realizado em dezembro, mas a empresa não seria capaz de apresentar grandes novidades sobre jogos neste momento. “Não queremos colocar expectativas muito altas e, depois, não entregá-las”, disse Shawn Layden, chefe da Sony Interactive Entertainment, ao anunciar a decisão.

Vale lembrar que há alguns meses a Sony não aparenta ter grandes ambições com o PS4. Em maio, durante conferência com investidores, John Kodera, CEO da divisão do PlayStation, disse que o console “está entrando na fase final de seu ciclo de vida“.

Em outubro, o CEO da Sony, Kenichiro Yoshida, mostrou interesse em passar para uma nova etapa ao afirmar que “é necessário ter um hardware de nova geração“. A empresa, no entanto, deverá levar mais algum tempo para lançar um novo console: o possível PlayStation 5 deve ficar somente para 2020.

Com informações: Variety, TechCrunch, SlashGear.

Mais sobre: , ,