Uma coisa que a Apple pode se orgulhar é a capacidade que ela tem de mover outras empresas a criarem produtos que prometem “matar” o iPhone, o iPad, o iPod, e o iQualquercoisa que a empresa acabou de lançar. Como a bola da vez é o mercado de tablets, volta e meia você encontra um anúncio de um tablet que promete ser o “iPad Killer”. Dessa vez, vem de Hong-Kong o gadget que desde o começo promete ser o “assassino matadô” do iPad. Conheçam o Shogo, um tablet que roda Linux.

Shogo, em toda sua carcará-sanguinolência

Apesar de nem ter sido lançado – a empresa promete que o produto estará disponível para o público até o final do ano – as especificações técnicas do Shogo chamam a atenção: Pra começar, temos três portas USB (1 externa, duas internas), sensor de movimento, conector de rede Ethernet, entradas para microfone e fone de ouvido, câmera frontal de 2 Megapixels, sensor de luz ambiente. Além disso, ele conta também com:

  • Tela de LCD com resolução de 1024×600
  • 256MB de RAM
  • 4GB de armazenamento interno
  • WiFi
  • Bluetooth
  • Leitor de cartões
  • Bateria de até 8 horas
  • Suporte a 3G
  • Suporte para deixar o tablet fixo em superfícies planas

Na parte de software, sabe-se que o tablet rodará Linux, mas ainda não há maiores detalhes sobre qual distribuição específica será usada. O vídeo abaixo mostra algo que pode ser Android, mas também pode ser uma versão bem modificada do Ubuntu ou até do Gentoo. De qualquer forma, já se sabe que ele terá suporte a aplicativos baseados no HTML5 e Flash, e será compatível com plataformas de desenvolvimento do Android.

Pelo Shogo ser 100% livre, desenvolvedores poderão alterar padrão de interface e das funções para se adequar às necessidade dos usuários. Ou seja, é possível para uma empresa desenvolver um sistema operacional ou um aplicativo compatível com o Shogo, dando a ele uma função em particular (assistir filmes em alta resolução ou editar fotos, por exemplo) e revender para o consumidor. Algo que vemos dentro da própria comunidade Open Source, por exemplo, com suas centenas de distros baseadas no Ubuntu mas que tem propósitos específicos.

Sinceramente, as especificações e o vídeo mostrado abaixo até impressionam e o fato de rodar Linux abre as portas para diversas possibilidades e usos. Mas… “iPad Killer”? Dentro do mercado de consumidores geeks pode até ser, mas não acho que isso aconteça para o público em geral.


(Vídeo no YouTube)

O preço sugerido do produto deve ficar em torno de US$ 500,00. Basicamente o mesmo preço da versão mais barata do iPad.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eduardo
<3
666
fanboy é foda ne mano na moral
Letícia
Nada mata a Apple por que tem leigos que engolem o que eles lançam, quando as pessoas ficarem mais inteligentes isso pode mudar. Ponto final.
Paulo Ricardo
Não é pra usuarios que compram coisas só pra ficar se mostrando, como é o caso do limitado iPad.
tdrd
nego faaala fala de tablet, mal sabem que em 2003 a HP ja tinha um tablet no mercado com muito mais tranqueiras que o ipad e com windowsxp imbutido e só pra ter uma idéia, tem gente instalando windows seven nesses tablets.
Diego
Não vai ser esse que vai ser o "IPad Killer", gosto mto de linux e realmente isso é a parte legal desse tablet, mas ele demonstrou-se ser muito lento. Igualmente para o E-reader da Positivo, é muito lento também. Por enquanto o IPad pode ficar tranquilo no mercado de tablet e o Amazon no mercado do E-reader.
Yuri
Acho que esse é um tablet baseado no windows. Pelo que vi no vídeoo ele está mais pra uma coisa focada em empresas e uso profissional. O vejo como um Dell perto de um Apple. Um é bom para empresas, com windows rodando e grande possibilidade de programas e interfaces proprietárias, já o outro é bom para o uso em casa, sendo divertido e tudo mais. A ethernet do lado é uma óima tirada, apesar de ser meio "anti-evolução". Achei legal, mas ele devia mostrar mais da interface (não parece ter nada intuitivo) e do hardware.
GabbrieL
os MP10, MP11 ate MP20 nenhum matou a Apple, pq isso ai vai matar?
GabbrieL
Aguardem o lancamento no iCar, novo carro da Apple com controle universal (baseado em iOS) que tem funcao de abrir porta do carro, ligar motor, acionar alarme, assoviar para as gatinhas. Vai ter computador de bordo com Mac OS 20.0.0.1 com controle de velocidade, controle de combustivel. O carro so saira na cor branca ou prata, com o logo da maça nas portas.
Hernani
Por esse preço, no thanks!
franciscona
nao acham um pouco caro para quem quer concorrer com apple e com SO free ?
himynameislima
Nada mata a Apple porque ela tem nome. Ponto final.
hugodileon
Olha a força que o cara coloca pra tocar a tela... Nooossa! Tá longe ainda, viu! Um dia vocês chegam lá.
Alexandre
A grande sacada da Apple é fazer equipamentos intuitivos para o publico em geral. Desde sempre tiveram essa filosofia.
Sr. Sem Papo
OMG Salvem todos Apple Maniaco a solta....:D
Exibir mais comentários