Início » Negócios » YouTube adiciona filmes de graça com anúncios ao catálogo dos EUA

YouTube adiciona filmes de graça com anúncios ao catálogo dos EUA

Filmes contarão com publicidade em interrupções, exatamente como acontece com a TV aberta no Brasil

André Fogaça Por

O YouTube está adicionando uma grande quantidade de filmes completos para que quem acessa o serviço nos Estados Unidos, de graça. A lista de longas inclui nomes conhecidos de Hollywood como Rocky, Exterminador do Futuro e o pagamento pelo acesso está em interrupções com publicidade.

youtube iphone

De acordo com o site americano AdAge, a plataforma de vídeos do Google já estudava a possibilidade de apresentar o conteúdo sem cobrar diretamente do usuário – algo parecido como a Sony fez por anos com o Crackle. “Vimos essa oportunidade com base na demanda dos usuários, além de apenas oferecer filmes pagos. Essa é uma ótima oportunidade para anunciantes”, comenta Rohit Dhawan, diretor de gerenciamento de produto no YouTube.

Ao todo são mais de 100 longas que podem ser acessados, com títulos como Rocky, Exterminador do Futuro, O Zelador Animal, O Agente Teen e Legalmente Loira. Existe ainda a possibilidade para que patrocinadores promovam filmes de forma individual, algo que pode ser bastante promissor para os quase 2 bilhões de usuários ativos a cada mês no YouTube.

Dhawan não comentou como será o pagamento e como será feita a divisão do valor que fica para o YouTube e o que vai para o estúdio. A única informação compartilhada é que o catálogo de filmes está crescendo – até mesmo para filmes que são vendidos dentro do YouTube, o que acontece faz tempo.

Nos Estados Unidos existem outras empresas que já apostam neste tipo de transmissão, que lembra bastante o que é feito com a TV aberta no Brasil. A Roku começou neste ano com transmissão ao vivo até mesmo para programas de seus canais, como o ABC News. Uma parceria recente da MGM e o Walmart com a Vudu, que é uma concorrente do Netflix por lá.

No Brasil, a parte de filmes do YouTube ainda não apresenta qualquer opção para assistir com comerciais. Há apenas a opção de compra do título.

Com informações: AdAge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João

No futuro certeza que irão colocar os anúncios embutidos nos vídeos.

Paulo #

O Google poderia se preocupar em adicionar faixa de áudio dublado nas séries Youtube Originals (pelo menos as mais badaladas), até a Amazon Prime já faz (há um público que PRECISA da dublagem e não pode somente com legendas).

Inclusive creio que foi isso que impulsionou a Netflix no Brasil.

MicCaptchA

Always

MicCaptchA

Não conhecia uBlock origin. E sempre ajudo canais e sites que acompanho. É o minimo né...

johndoe1981

uBlock Origin no PC ou YouTube Vanced no Android resolvem.

Guilherme Kowalisk

E para quem tem o YouTube Premium vai ter comerciais também? Por que, haja vista que é um "novo" serviço, não duvido que coloquem.

Dario Coutinho

Uma coisa interessante que vi sobre Adblock é que se você usa e para de usar, começam a te entupir de anúncios no YT.

Parece até estouro da boiada. Inclusive com muitos "Não puláveis" de 3 minutos.

S Y N T H W A V E + L O V E R

O Adblock é vendido pro Google.

Como já falaram: uBlock Origin.

Baidu feat MC Brinquedo

Adblock = [email protected]

Ublock origin é vida!

Obs: Não esqueça de colocar os sites amigos na white list.

Eduardo Braga

Como TV aberta? Parece que a TV paga tem mais comercial que a aberta....

thejorsias

uBlock origin bloqueia tudo aqui. Como acompanho poucos canais, prefiro ajuda-los diretamente.

Marsupial radical

uBlock origin amigo, seja mais feliz

MicCaptchA

O Youtube já está trabalhando para inutilizar bloqueadores de anúncios (pelo menos esses que estão disponíveis atualmente). Desde que alteraram o modo fullscreen para um modo retrato que ocupa 100% da tela, alguns anúncios estão aparecendo para mim, mesmo com o adblock configurado corretamente.

thejorsias

Então a pessoa que usa adblockers veria o filme sem interrupção alguma? Não duvido eles inserirem anúncios diretamente no vídeo.