Início » Celular » Moto G7 é homologado pela Anatel com bateria de 3.000 mAh

Moto G7 é homologado pela Anatel com bateria de 3.000 mAh

Motorola Moto G7 terá bateria de 3.000 mAh; Moto G7 Plus foi homologado nos EUA com processador Snapdragon 660

Felipe Ventura Por

A Motorola deve lançar quatro modelos de seu celular intermediário: Moto G7, Moto G7 Play, Moto G7 Plus e Moto G7 Power. Dois deles já foram homologados no Brasil pela Anatel: o XT1965-2 virá com bateria de 2.820 mAh; enquanto o XT1962-4 terá capacidade de 3.000 mAh.

Motorola Moto G7

As informações da Anatel são escassas: não há fotos do aparelho nem especificações. Sabemos, no entanto, que o Moto G7 virá com uma bateria que foi homologada com capacidade de 3.000 mAh. Enquanto isso, o carregador é TurboPower e tem porta USB comum.

Além disso, ele deve ter uma tela com notch em forma de gota, e câmera dupla na traseira junto ao leitor de digitais:

Motorola Moto G7

Moto G7 Plus deve ter bateria de 2.820 mAh

Enquanto isso, o Moto G7 Plus padrão virá com uma bateria homologada pela Anatel com capacidade de 2.820 mAh. O celular terá um carregador TurboPower com uma porta USB-C.

O Moto G7 Plus já passou pela homologação da FCC, órgão dos EUA equivalente à Anatel. Os documentos mostram que ele tem processador Snapdragon 660, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento.

Acredita-se que o XT1962-4 será o Moto G7 padrão. O XT1965-2 deve ser o Moto G7 Plus. A FCC homologou o modelo XT1952 como Moto G7 Play. O número adicional depois do hífen indica que se trata de uma variante regional — no caso, para o Brasil.

O Moto G7 será a versão principal, enquanto o Moto G7 Plus deve vir com um processador mais rápido. Segundo Evan Blass, conhecido como @evleaks, também teremos o Moto G7 Power, que teria como destaque a bateria; e o Moto G7 Play, que deve oferecer especificações mais básicas a um preço mais acessível.

A Motorola deve anunciar a linha G7 no primeiro semestre de 2019, entre março e maio.

As especificações da bateria JG40 do Motorola XT1965-2 (Moto G7 Plus):

O carregador SC-37 do Motorola XT1965-2 (Moto G7 Plus):

O carregador SC-57 do Motorola XT1962-4 (Moto G7 Play):

/Com informações: TigerMobiles. Atualizado em 29/11.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Naomi Reimer
Fernando Debacker

Essas matérias são um tanto quanto tendenciosas. Não pegaram o celular na mão pra testar se a redução em mAh vai realmente ter todo esse efeito negativo. Mesma coisa que falar mal da tela HD+ do iPhone XR. Falaram mal da bateria do Z2 force, mas no fim ela aguenta muito bem.

Fernando Debacker

Longe disso. O Android gerência muito bem a bateria.

Luizão

A bateria é novamente o calcanhar de Aquiles de um celular Motorola (quem lembra do moto X2)

davey

daqui a pouco os celulares vão vir com duas pilhas no lugar da bateria

Coringão_Eterno

O meu Moto Z2 é fantástico. Tem que ser muito otário pra comprar Apple e Samsung a preço de ouro!

Fabio Santos

Poxa minha filha mais velha ama a marca diz que não da problema, creio que agora ela fará parte da turma de casa que não sairá da tomada nós com Apple e ela com o Motorola dela kkkk.

João Paulo Gonçalves

Bateria nojo gente se a versão plus for com uma bateria dessas pois não vou nem comprar

DumbSloth87

Pra Motorola eu sei, é o logotipo na frente.

Fábio

Motorola se especializou em fazer telefones feios.
Ponto final.

Celso

Na certa, vai ter o mesmo tratamento que esse.
É só lembrar que o G4 Play recebeu o 7.1.1, o G4 Plus receberá o 8.1.0, e o G4 normal morreu no 7.0. hehehe

Se bobear, o G6 deve estar passando, ou passará pela mesma situação.

Gabriel B.R.

Pois é, o celular ainda funciona bem, mas o power bank (único jeito de ser viável) o transforma em um monstro.

Ed. Blake

O design do aparelho todo você quis dizer, né?
Dada a posição das câmeras ainda acho mais parecido com outro famoso psicopata Metálico: https://uploads.disquscdn.c...

Maxnoob

Não tem mais o que jogar fora

Vitor Gyn

O prateado na frente parece um celular dos anos 10, aquele de encaixes...

Exibir mais comentários