Ao usar o Twitter atualmente, usuários do serviço precisam se limitar aos 140 caracteres para publicar uma mensagem no site. Quando tal mensagem contém um link, esse número cai mais ainda, dependendo do tamanho da URL e se um encurtador foi usado. Mas esse é um problema que não deverá mais acontecer, de acordo com um post no blog oficial do serviço.

Sean Garrett, vice-presidente de comunicações da empresa, avisa que os links enviados por DMs (mensagens diretas) já passavam pelo sistema interno de encurtamento de URLs para evitar ataques maliciosos e outros tipos de golpes. Esse mesmo sistema passará a ser usado para encurtar URLs também nos tweets publicados no site. Porém, diferente do encurtador usado para DMs, que gera links começados com twt.tl, o novo sistema vai criar links começados com t.co.

Garrett também diz que no tweet publicado o link não deverá ser mostrado explicitamente, sendo substituído por uma versão reduzida ou pelo título. Uma URL do tipo https://tecnoblog.net/20791/twitter-prepara-proprio-encurtador-de-url/, por exemplo, vai gerar um link começado com t.co mas que será mostrado no tweet como tecnoblog.net/20791 ou com o título usado na página.

Não há previsão de quando o novo sistema de encurtamento de URLs será disponibilizado na versão web do Twitter, mas Sean avisa que os desenvolvedores já contam com uma API para integrar a nova função nos seus clientes a partir de hoje.

Atualização às 21:02 | Como alguns leitores apontaram, os atuais encurtadores de URL poderiam sair prejudicados com esse serviço próprio do Twitter, porém, segundo a conta oficial @TwitterAPI, os links que forem enviados para o site já encurtados não serão modificados. Um link do migre.me por exemplo, não será de-encurtado para depois ser re-encurtado novamente usando o t.co. Eles apenas receberão uma URL começando com t.co e continuarão redirecionando como estavam antes. Nesse caso, no entanto, ocorrerão dois redirecionamentos distintos.

Atualização dia 09/06 às 12:47 | Um artigo no blog TheNextWeb clarifica os novos limites: o link ocupará 20 caracteres de cada tweet, diminuindo assim o limite de 140 para 120 caracteres por tweets que contenham links. Mesmo que a URL publicada seja curta, ela será alongada para usar exatamente os 20 espaços. Obrigado ao leitor Raph4 (@raph4) pela dica!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

MotoTuristas
Imaginem quando navegamos no Smartphone e não sabemos pra qual endereço o link encurtado aponta... No Smartphone evito links URLs encurtadas. Até o You Tube já tem encurtador próprio diferente do encurtador próprio do Google (http://Goo.gl). Parabéns aos que contribuíram sugerindo essa mudança.
himynameislima
E porque geral prefere o migre.me? Desculpem minha ignorância, mas eu não vejo diferença. Pra mim, quanto menos ficar o link, melhor.
himynameislima
A parda vai ser mínima. Nem vai dar pra notar.
@bissuh
Ainda não entendi muito bem o que isso vai representar além de aumentar o número de caracteres que posso escrever quando usar o link. Mesmo assim, tenho fé de que vem pra ajudar.
Raph4
Meh... no fim das contas, detestei: http://thenextweb.com/socialmedia/2010/06/09/some-clarification-about-twitters-url-shortener-120-is-the-new-140/
Tiago César Oliveira
Bacana, gostei!
Rafael Silva
Mas eles serão ignoradas sim. O link vai constar na mensagem, mas não vai interferir na contagem de caracteres justamente por ele ser mostrado de outra forma, seja com parte do link original ou com o título da página.
Willian Cima
Também acredito (acreditava?) nisso, mas não sabemos de o Twitter não vai substituir o link encurtado em outros serviços, pelo t.co :)
@bsimioni
O título não condiz com o conteúdo da notícia. Lendo o título, imaginei que, a partir de agora, as urls seriam parseadas, e ignoradas na contagem. O conteúdo diz respeito ao encurtamento automático por um serviço do twitter.
Luccas Florencio
Bom eu acredito que o Migre.me pois o formato que ele tem estimula os usuarios utilizar o encurtador. Com aquele esquema de mais retuitado e mais clicado...
Rafael
O bom: talvez finalmente dê pra escrever alguma coisa que preste nos caracteres liberados. O ruim: dois redirecionamentos! Isso fará com que haja perda de velocidade e também na hora de analisar de onde os cliques vieram vai ser mostrado tudo o mesmo link...
Willian Cima
Sim, amigo Tplayer, mas quem garante que na próxima versão do Tweetdeck essa função já não esteja implementada? Sempre acontece isso. Aconteceu com o "RT Oficial".
tplayer
Sim, o padrão é o bit.ly. Porém o tweetdeck usa a conta deles se você não configurar o serviço de encurtamento.
@allisthere2love
Um dia desses, há um tempo atrás, ao clicar em qualque Trending Topic do Twitter, eu caía naquela página de updates. Mas ao passar o mouse por cima dos links encurtados dos posts, o Twitter revelava qual era o link destino. Depois nunca mais vi isso. Alguém viu/lembra disso?
Hernani
Acredito que todo mundo que usa o twitter já tem o encurtador preferencial, mas é uma mudança muito bem vinda
Exibir mais comentários