Início » Brasil » Empresas de ônibus querem proibição do Uber Juntos por “concorrência desleal”

Empresas de ônibus querem proibição do Uber Juntos por “concorrência desleal”

Uber Juntos pode ser proibido em São Paulo por "transporte ilegal"; empresas de ônibus querem bani-lo em todas as cidades

Felipe Ventura Por

O Uber arranjou um novo inimigo no Brasil: as empresas de ônibus. O SPUrbanuss (Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo) pede que o Uber Juntos seja proibido em São Paulo por se tratar de “transporte ilegal de passageiros”. Enquanto isso, a NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos) quer que o serviço seja banido em todas as cidades, acusando-o de “concorrência desleal”.

Superarticulado apresentado em setembro

Uber Juntos é acusado de “concorrência predatória”

O SPUrbanuss quer que o Uber seja notificado para interromper o Uber Juntos na cidade de São Paulo, “sob pena de enquadramento do serviço como transporte ilegal de passageiros”. Segundo o Diário do Transporte, o pedido foi feito em carta protocolada no dia 13 de novembro para a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes.

Na carta, o sindicato argumenta que o Uber Juntos “é similar ao ofertado pelas empresas operadoras do sistema de transporte público coletivo”. Os ônibus estariam sofrendo “verdadeira concorrência predatória” porque o Uber teria extrapolado a definição de “transporte remunerado privado individual de passageiros”, prevista pela Lei de Mobilidade Urbana (12.587/2012).

O Uber Juntos foi lançado no final de outubro em São Paulo, Rio de Janeiro e Niterói (RJ), substituindo o Uber Pool. Ele se expandiu desde então para mais cidades como Porto Alegre e Curitiba. Os preços são até 35% menores em relação ao UberX.

Este serviço de viagens compartilhadas usa “pontos inteligentes de partida”, ou seja, talvez você precise ir andando até o carro para agilizar a rota. O mesmo vale para as “chegadas dinâmicas”: o carro pode te deixar próximo do destino para que você vá a pé.

O Uber diz em comunicado ao UOL Tecnologia que o Juntos não é um transporte coletivo, e sim um “sistema que combina viagens individuais com trajetos convergentes”. A empresa “acredita que o Uber Juntos complementa o transporte público, ampliando o acesso dos usuários à rede pública principalmente na região central — exatamente onde existe maior necessidade de diminuir o fluxo de carros”.

Demanda por ônibus caiu 26% em cinco anos

A NTU, que representa cerca de 500 empresas de ônibus em todo o Brasil, também quer o fim do Uber Juntos. Ela diz em nota que esse transporte compartilhado representa uma “concorrência desleal” e é “ilegal”, comparando-o às antigas vans-lotações.

A demanda por ônibus no Brasil diminuiu 9,5% em 2017, de acordo com o anuário mais recente da NTU. Esta é a quinta queda consecutiva: nos últimos cinco anos (2013-2017), a redução foi de 25,9% no total de passageiros pagantes.

Existem três principais culpados disso, como a NTU explica no anuário:

  • alto índice de desemprego: o Brasil tinha 12,7 milhões de pessoas desempregadas no início do ano, reduzindo a demanda por ônibus; e o trabalho sem carteira assinada cresceu a ponto de superar o emprego formal, o que “impacta negativamente o uso do benefício do Vale-Transporte”;
  • aumento no número de carros e motos: o Brasil está entre os países mais motorizados do mundo, e o número de automóveis e motocicletas nos centros urbanos cresceu 3% no ano passado;
  • transporte público por ônibus sem prioridade: 2.901 municípios são atendidos por esse serviço, mas somente 4 projetos de priorização foram inaugurados no país durante o ano passado.

Passageiros equivalentes (pagantes) transportados por ônibus a cada dia em nove cidades

A NTU encontrou um quarto culpado no Uber Juntos. “Ele opera basicamente nas curtas distâncias e nos horários de maior demanda, que são as viagens mais rentáveis e servem justamente para subvencionar aquelas de longa distância nas redes públicas”, explica o presidente-executivo Otávio Cunha em comunicado.

“O Uber Juntos vai agir predatoriamente sobre o serviço de transporte público. Nós já temos perda de demanda por diversas origens e agora eu acredito que isso vai aumentar ainda mais o problema… Esses aplicativos vão operar exatamente nas linhas mais curtas retirando a demanda que está ajudando a manter um serviço público em áreas mais distantes, que são mais caros”, diz Cunha em entrevista ao Diário do Transporte.

Por isso, a nota da NTU menciona uma possível “ameaça de extinção e inviabilidade do serviço de transporte público por ônibus em todo o Brasil”.

Com informações: Diário do Transporte, UOL Tecnologia.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ayr

Outros concorrentes: bikes, pessoas a pė, patinetes, caronas, patins... Tudo isso para escapar do transporte público caro e ruim...

chantaleF

gabrielziks 5++

QasimB2001

fnsousa 5++

Cristina Nascimento

Preconceito é mimimi de pessoas de cabeça pequena q se ofendem qndo chamam de macaco, gorila e por aí vai. Se eu chamar um branco de urso polar tb tou ofendendo pela cor dele. Isso é tudo babaquice.. cotas, num sei mais o q, a pessoa tem q entrar numa faculdade por seus méritos e não por "bondade" ou "pena" "caridade". Isso daí já axo racismo. Temos problemas maiores e em comum no país do q preconceito de cor, genero, religião. O povo tem q se unir, respeitar uns aos outros. Se vc me trata bem, eu irei retribuir, e vice-versa. É assim q seres racionais deveriam agir.

@Sckillfer

Taxi é concessão pública do transporte individual, não transporte coletivo. Os corredores de ônibus existem para que os coletivos (que carregam a maior parte da população) tenham prioridade versus os carros que ocupam a maior parte do espaço. A fila de taxis congestionando os corredores vai 100% de encontro a isso.

@Sckillfer

Eu sou a favor do transporte público, mas mais injusto do que um carro levando 4 pessoas na faixa normal é um taxi levando uma na faixa do ônibus

Estante dos Sonhos

Exato, fora que estão sempre lotados, mal cuidados, etc. Super desleal essa concorrência ¬¬

Caleb Enyawbruce
Trovalds

Eu prefiro o transporte público SEMPRE. Mas alguns deslocamentos são complicados principalmente em chegada e saída da cidade (malas, etc). E, sim, em alguns países do exterior o transporte coletivo público é de qualidade, em quantidade e cobre boa parte da cidade.

E também entra o lance cultural: por aqui ter veículo próprio é status e não necessidade.

Isac Moura

Muito horrível pagar quase o mesmo preço por um serviço melhor. Tenho mesmo é que andar utilizando um serviço porco, inseguro e super lotado. Tá certíssimo

Rogerio

O transporte público é péssimo, principalmente intermunicipal, só quem faz esse trajeto e sofre assaltos constantes sabe o que é isso. Além de vir abarrotado, os sindicados de transportes coletivos ao invés de brigar com o Uber, deveria prover um serviço de maior qualidade, para que o passageiro, sinta-se no mínimo seguro dentro do onibus.

Cristina Nascimento

Cara, akilo foi um aborto da natureza. Ngm faz mais nada. Fazem protesto pra si mesmos, por uma causa própria, pra mulher ter o direito de matar um ser humano inocente sendo gerado no ventre fazer aborto, contra o preconceito contra gays e por aí vai. Eu axo q antes de mais nada tem q haver amor próprio e amor ao próximo. Sem isso, nada vai mudar. As pessoas tem q se ajudar, se apoiar. Quais são os problemas comuns no país? Violência, saúde, educação e emprego. Vamos nos mobilizar pra mudar isso. Os que se candidatar a vereador, deputado e tal, bora realmente cumprir o q prometeu em campanha. Quase todo mundo veio lá de baixo, passou perrengue, então, vamo trabalhar pra que o futuro da nação, as crianças, não passem por isso, q sejam bem educadas e instruídas. Se todo mundo por isso em prática aí sim o país vai mudar. Mtos países sairam da m&$*% e hoje são potência vide Coreia do Sul e Japão. Temos q pegar bons exemplos assim e seguir.

Cristina Nascimento

Claro, e todo dia tem protesto no país tem mobilização, o país todo tá lá em Brasília agora reivindicando uma audiência com o Presidente, pra buscar uma solução pra isso, pra melhorar a saúde diminuir a violência .. ¬¬

Cristina Nascimento

Tu quer q eu sozinha, uma zero a esquerda, faça o que? Se eu tivesse condições, se fosse uma política, eu faria algo ou pelo menos tentaria fazer.
Uma andorinha só não faz verão.

Cristina Nascimento

3 cidadezinhas pequenas, e pelo visto somente uma na Australia e outras poucas nos EUA. Vai ser dificil vingar isso em quase todo mundo.

Exibir mais comentários