Início » Games » PlayStation Classic tem menu secreto acessível por teclado USB

PlayStation Classic tem menu secreto acessível por teclado USB

Menu secreto corrige a maioria das limitações e problemas encontrados durante a jogatina no console

Por
04/12/2018 às 17h32

O PlayStation Classic chegou ao mercado internacional com muitas limitações na capacidade de emulação, que utiliza software open-source para rodar os games. Sem meios para configurar como as ROMs funcionam, um canal do YouTube descobriu que bastava plugar um teclado USB para abrir um menu secreto e solucionar este problema.

De acordo com o pessoal do Retro Gaming Arts, basta conectar um teclado em uma das portas USB que ficam na parte da frente (onde os controles são conectados). Ao pressionar a tecla ESC, um menu é exibido com uma série de ajustes que podem tornar a jogatina mais agradável, até mesmo dando a impressão de que mais jogos podem ser adicionados de alguma forma.

Os ajustes que aparecem são tradicionais de um emulador e não estão disponíveis quando o jogador utiliza apenas o controle que vem com o pequeno console. Por lá, dá pra exibir a taxa de quadros por segundo do game, alterar o formato de PAL para NTSC (e, com isso, corrigir problemas de taxa de atualização que existem), adicionar filtros para emular uma TV de tudo e até mesmo carregar uma nova capa para um jogo.

Permitir claramente a troca de capa que aparece no menu de jogos instalados pode dar a entender que não será difícil encontrar uma maneira para instalar mais títulos, ou de rodar algumas ROMs a partir de uma porta USB – já que o software que a Sony escolheu é de código aberto e bem conhecido: o PCSX ReARMed.

Há até mesmo uma área para cheats dentro dos jogos e um local onde todos os ajustes voltam para os originais e de fábrica, já que dá pra deixar o jogo bastante pior do que é sem as mudanças.

A única ressalva é que não são todos os teclados que funcionaram, com a maioria dos testes resultando em dispositivo não reconhecido pelo PlayStation Classic. Até o momento, alguns modelos da Logitech e Corsair funcionaram sem problemas.

Com informações: The Verge.

Mais sobre: