Início » Mobile » LG G7 ThinQ sofre com bootloop após atualização de software

LG G7 ThinQ sofre com bootloop após atualização de software

LG G7 ThinQ entra em bootloop na Europa e não carrega o Android; fabricante investiga o problema

Por
05/12/2018 às 13h20

Diversos usuários na Europa estão reclamando que o LG G7 ThinQ entra em bootloop desde o final de semana: o celular permanece na tela de boot, desliga, liga de novo e não carrega o Android. A LG está investigando o problema, e diz que ele afeta clientes com chip da T-Mobile.

LG G7 ThinQ

Donos do LG G7 ThinQ recorreram ao Reddit e ao fórum XDA Developers para reclamar que seus aparelhos entraram em bootloop. Eles exibem a animação de boot, depois mostram o logotipo da LG e então desligam, ligando de novo e reiniciando o processo indefinidamente.

A LG confirma ao site holandês NU.nl que o problema ocorre após uma atualização de software, afetando dispositivos com chip da T-Mobile ou que foram adquiridos na operadora. Os motivos ainda estão sendo investigados tanto na Europa como na Coreia do Sul, onde fica a sede da empresa.

Jeroen Peeters, da LG Benelux (Bélgica, Holanda e Luxemburgo), explica que os usuários têm duas opções. É possível resetar o G7 ThinQ para as configurações de fábrica, perdendo todos os dados; mas se você colocar o chip da T-Mobile novamente, o bootloop volta a ocorrer.

A segunda opção é levar o aparelho para a assistência técnica, onde a chance de restaurar o dispositivo sem perda de dados é “bem grande”, diz Peeters.

LG já foi processada nos EUA devido ao bootloop

A LG já teve problemas com bootloop antes, afetando unidades do G4, G5, V10, V20 e Nexus 5X. Nestes casos, o processador se soltava aos poucos da placa-mãe devido ao aumento de temperatura, porque ele não era soldado adequadamente.

Em 2017, a LG foi alvo de uma ação civil pública nos EUA, acusada de substituir aparelhos com bootloop por outras unidades com o mesmo defeito. Este ano, ela fechou um acordo para pagar US$ 425 em dinheiro aos clientes que participaram do processo judicial.

Para reverter os constantes prejuízos com smartphones, a LG colocou a divisão móvel nas mãos de Brian Kwon. Ele é presidente da divisão de TVs e produtos de áudio, uma das mais lucrativas da empresa.

Com informações: PhoneArena.