Início » Computador » Chrome 71 combate anúncios abusivos e vídeos com autoplay

Chrome 71 combate anúncios abusivos e vídeos com autoplay

A partir de agora, a guerra do Chrome contra a propaganda abusiva ganhou mais munição

André Fogaça Por

O Google liberou nesta terça-feira (4) a versão 71 do Chrome para computadores rodando Windows, Linux e para usuários de Macs. A principal novidade desta versão é a remoção de toda a publicidade de sites que insistirem em propaganda abusiva em seus endereços.

O Chrome já estava testando este recurso em versões beta, mas agora o navegador tomará uma decisão mais drástica para urls que utilizam publicidade abusiva. Por publicidade abusiva, o Google entende que fazem parte sites que utilizam área com a mesma cor do fundo como área clicável de um banner, e elementos que lembram janelas do sistema operacional ou notificações que levam usuários ao erro, com o clique abrindo outra página.

Estão dentro da lista sites que colocam um botão para fechar a peça publicitária, que na verdade funciona como um acesso indevido para o site (sem fechar, de fato, o banner). O Google avisará aos proprietários dos urls que a propaganda abusiva deve ser eliminada do endereço e oferecerá 30 dias para que uma solução seja aplicada.

Se a pessoa que criou o site não remover o que está errado, o Chrome passará a bloquear todos os outros banners e áreas de publicidade do endereço – fazendo o url perder bastante dinheiro com a atitude. Além disso, o navegador exibirá um alerta sempre que um site estiver pronto para cobrar alguma coisa do usuário . A ideia é de impedir que dados do cartão sejam inseridos, se as condições de compras não estiverem corretas.

Em outras palavras, se a compra de um item pontual estiver mascarada com uma assinatura com cobrança recorrente, o Google impedirá que o usuário continue e finalize a transferência.

Além da maior atenção com a propaganda, o Chrome inseriu algumas regras na API Web Audio e tem o objetivo de dificultar que sites utilizem autoplay em vídeos logo que o usuário chega no endereço.

O Chrome 71 já está disponível para computadores e uma versão com estes recursos será liberada em breve para iPhone, iPad, iPod Touch e smartphones Android.

Com informações: 9to5Google.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Celso

Outra coisa é que o Chrome 71 oficializou a nova interface adotada na versão 69, descartando de vez a interface anterior (que, desconsiderando alguns retoques ocasionais, era a mesma desde o lançamento do browser, lá em 2009).

Cristina Nascimento

Ublock Origin faz eles sumir.

Cleber

É, eu também me rendi à solução do problema que eles próprios criaram. Tô gostando do custo-benefício, 22 taokeis por música + vídeos.

TIGOS

Dica bacana: DNS do AdGuard:

https://adguard.com/en/adgu...

176.103.130.130
176.103.130.131

Ja nao uso PiHole ou bloqueador de anuncios no navegador faz um certo tempo.

thiagojspereira

Adquiri o plano família do youtube premium que incorpora o youtube e o youtube music. Pra mim valeu muito a pena pois, consumo muito conteúdo no youtube e ouço músicas quase o dia todo no trabalho. Divido a conta com a família e todos tem acesso sem anúncios aos vídeos e músicas, por um valor pífio.

Keaton

Vai combater videos com autoplay...? Até no YouTube?

Roberto Lopes

Usuários de Windows sempre se incomodam com o uso de ram,acham que so bom é aquele que deixa a ram ociosa ,já usuários Linux entendem a função da memória volátil perfeitamente.

Adrian Dérick

Tirou as palavras da minha boca. Realmente se deve bloquear os anúncios da taboola e outbrain, Infelizmente não existe extensão para bloquear esses "ad-fakes".

Cleyton

Abusivo para mim é esse taboola e o outbrain. Um monte de anúncios que pelo título vc vê que é fraude. O conteúdo então nem se fala.

Gustavo Conte

Reza a lenda que a interface do Chrome roda em uma instância, o WebKit roda em outra, o JavaScript roda em outro e vai virando uma cama de 🐈 (gato) com memória compartilhada entre diversos processo de um mesmo software...

Gustavo Conte

Exatamente, tirou as palavras da minha boca

Gustavo Conte

Risos e mais risos, pena que e verdade

Gustavo Conte

Opinião propia:
Eu acho que o Chrome mobile com extensões se tornaria um monstro e consumiria muita RAM igual no Windows, visto que o propósito do Smartphone é ser um assistente simples, funcional e extremamente VELOZ...
Imagina toda vez que você abrir o Chrome mobile ele ter que encher a RAM com processos das extensões, pensando nisso a Google já prepara uma especie de ADBlock nativo pro browser, assim, não precisaremos instalar extensões... Chrome e top, pena que consome muita RAm no PC

Gustavo Conte

Enquanto isso, eles ainda não bolaram uma forma de compactar a Engine e economizar a utilização da RAM...

João

RAM é para ser usada. É por isso que Firefox e Edge não são tão rápidos. Pelo menos aqui, só o Chrome roda vídeos e rola páginas sem engasgar. A MS percebeu isso e o próximo navegador terá Chromium também.

Exibir mais comentários