Início » Computador » Apple lança novo MacBook Air e Mac Mini no Brasil por até R$ 34.199

Apple lança novo MacBook Air e Mac Mini no Brasil por até R$ 34.199

Novo MacBook Air está à venda no Brasil com preços entre R$ 10.399 e R$ 21.599; Mac Mini varia entre R$ 6.999 e R$ 34.199

Felipe Ventura Por

O novo MacBook Air está à venda no Brasil, pouco após ser homologado pela Anatel, com preços que variam entre R$ 10.399 e R$ 21.599. Ele traz uma tela Retina de 13,3 polegadas, leitor de digitais Touch ID e design renovado. Enquanto isso, o Mac Mini varia entre R$ 6.999 e R$ 34.199.

A Apple atualizou o design do MacBook Air após anos sem novidades. Ele possui uma carcaça totalmente de alumínio reciclado com 15,6 mm de espessura. O trackpad é 20% maior e tem Force Touch; enquanto o teclado conta com a terceira geração do mecanismo borboleta (sem Touch Bar). O Touch ID permite fazer login pagar com o Apple Pay usando impressões digitais.

A configuração básica do MacBook Air custa R$ 10.399 (US$ 1.199 nos EUA). Ela tem:

  • tela Retina de 13,3 polegadas;
  • processador Intel Core i5 (8ª geração) de dois núcleos e 1,6 GHz (Turbo Boost de até 3,6 GHz);
  • memória RAM LPDDR3 de 8 GB com 2.133 MHz;
  • armazenamento SSD de 128 GB;
  • Touch ID e duas portas USB-C Thunderbolt 3.

A configuração máxima tem 16 GB de RAM e SSD de 1,5 TB, custando R$ 21.599 (US$ 2.599 nos EUA). O processador não pode ser alterado, nem o tamanho da tela.

Mac Mini tem processador Intel Core de oitava geração

Por sua vez, o Mac Mini recebeu sua primeira atualização desde 2014. O design permanece basicamente o mesmo, mas ele está disponível na cor preta; além disso, seu corpo é feito com alumínio reciclado. O destaque fica para as especificações: o pequeno computador da Apple abandona o disco rígido pelo SSD e traz processador Intel Core de oitava geração.

O Mac Mini básico de R$ 6.999 (US$ 799 nos EUA) tem:

  • processador Intel Core i3 (8ª geração) de quatro núcleos e 3,6 GHz;
  • memória RAM DDR4 de 8 GB com 2.666 MHz;
  • armazenamento SSD PCIe de 128 GB;
  • Gigabit Ethernet, quatro portas USB-C Thunderbolt 3, duas portas USB-A, saída HDMI.

O modelo mais caro tem processador Core i7 de seis núcleos, 64 GB de RAM, SSD de 2 TB e porta Gigabit Ethernet 10 (compatível com Ethernet de até 10 Gb/s). Ele sai por R$ 34.199 (US$ 4.199 nos EUA).

Os valores podem ser parcelados em até 12 vezes; e há desconto de 10% à vista. Como sempre, o frete é grátis. O novo MacBook Air e Mac Mini podem ser adquiridos nas lojas oficiais da Apple e em revendedoras autorizadas.

Com informações: MacMagazine.

Mais sobre: , , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

gbitte
Se achasse que é importante teria feito uma fábrica aqui, fazem por que tem besta besta que paga.
gbitte
Mundo
gbitte
Se alguém ficar triste com a apple por causa disso já deve esta tomando uma caixa de Rivotril por dia a uns 5 anos.
Tiago Celestino
Acho que da grande maioria dos brasileiros.
Tiago Celestino
A culpa ñ só dos impostos. Acho que tá mais no consumo dos produtos do que realmente esse fatores.
gbitte
Não e porque o profissional é otário que o cliente tem que ser.
ميديروس فيليبي
aqui tem isso, não assino divórcio por menos de R$ 1.000,00 (nenhum advogado aqui faz)
Rogério Santos
Estão cobrando pouco! Deveriam cobrar 50 ou 60 mil!Tem dólar alto, impostos, mas o principal para um preço assim é: “a taxa do otário”.Isso, cobrem mais!!! Vai ter quem compre.
Fulano
Caralho, eu fiz um hackintosh ontem mesmo. Tinha acabado de comprar a GPU que estava faltando. i7 7700k e RX 580. Não gastei mais 5k no meu PC. É surreal ver um i3 por 7k.Eu entendo os MacBooks serem únicos, o dólar estar caro, imposto caro, as empresas que compram para não terem problemas judiciais... Mas esse preço está cada vez mais fora de mão. É difícil justificar um valor desses...Aqui to rodando Mojave, tudo 100% funcionando. Não faltou absolutamente nada. USB 3.1, Aceleração da GPU... Enfim, pelo menos Mac mini e iMac eu não compro...
César
Opa, pelo que parece posso ter dito algo de forma confusa. O tal sofrimento que citei não seria pelos custos do serviço de um advogado, e sim por passar pelo mesmo problema de tabela oficial versus realidade de mercado. Estou estudando Arquitetura e Urbanismo, e já tinha escutado experiencias de alguns veteranos sobre ter de cobrar 1/6 do custo/m² sugerido pelo CAU devido a desvalorização do serviço. A famosa argumentação de altíssimo nível "Se você vai cobrar caro assim chamo Seu Jão da esquina que ele desenha uma casa pra mim igualzinha ao que você faria e muito mais barato"
Jay Silva
Sou técnico Apple. Trabalho com Macs faz 10 anos quase. Foda é alguém te chamar para formatar um Mac, instalar pacote Adobe e Office "alternativos", impressora, configurar rede e a porra toda e achar caro quando vc cobra 200 reais para ir no local da pessoa. E pagou de 8 mil pra cima na máquina.
André G
Tô aqui imaginando o álbum de divórcio
Renato De Oliveira Lucena
Nao é minha realidade.
Mickão
Da pra ir passar uma semaninha em Miami sossegado e voltar com um na mala. Com o que sobrar, investir em títulos.
Trovalds
A nossa "Lei de Importação" é a 3.244 de 14 de Agosto de 1957. Soma-se a ela uma sem-fim de normas e complementos que tornam importar um pesadelo. Não preciso nem dizer que essa Lei não condiz de jeito nenhum com a realidade atual.
Drax
A tabela serve para orientação, claro que isso irá variar conforme cada caso, a complexibilidade do caso, quem é o cliente e etc.Porém, mesmo assim, não posso cobrar um valor baixíssimo como esse. Dependendo o caso faria por até R$ 1.200, mas 1/4 disso é sacanagem. E não, meu trabalho não é só assinar, tenho que fazer a petição, conhecer a lei, conversar com os clientes sobre todas as escolhas e consequências que são feitas no momento do divórcio, redigir corretamente e protocolar os pedidos, além de orientá-los sobre toda a documentação necessária para tal.Porém, há um fato que agrava a situação, há muitos advogados no mercado e em razão da falta de trabalho e da necessidade, muitos se dispõe a cobrar migalhas para poder ter clientes, o que resulta em uma desvalorização da profissão. O mesmo não ocorre com médicos, por exemplo.Qual seria sua formação a ponto de necessitar tanto de advogado?
César
Ahhh sim, agora faz muito mais sentido kkkkk. Bem, não conhecia as taxas por serviço no seu ramo, mas considerando essa "pequenina" discrepância entre valor de tabela e valor real já estou vendo que irei sofrer bastante quando terminar minha formação
Drax
Não não, kkkkNão foi bem explicado. Sou advogado e quis dizer que todas as profissões sofrem com isso, o pessoal não dá o valor. No caso, eu teria que fazer um divórcio extrajudicial mas os "clientes" achavam que meu trabalho era só ir no cartório assinar e acharam absurdo cobrar mais que R$ 300 (o valor da tabela é R$ 2.200, cobrei pouco menos que isso).
César
Pera, tem gente que faz album de divorcio? Well, cada dia um novo aprendizado
Marco A. Assfalk de Oliveira
A memória SDRAM é passível de upgrade (segundo, iFixIt, com razoável facilidade [1
Drax
Uma vez queriam que eu fizesse um divórcio por 300 pilas pq "é só ir no cartório assinar". Prefiro perder o cliente do que me sujeitar a isso. Enfim, toda profissão sofre com isso, nossa dificuldade é agregar valor e passar essa imagem ao cliente
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ
Esse tipo de burocracia na minha visão só serve para tentar arrancar uma propina de pessoas e empresas que precisam de determinados produtos com urgência.
Jhon
Claro q tem a margem da Apple, mas imagino que os impostos sobre celulares e computadores sejam diferentes, explicando parte dessa diferença.
Thiago Silvério
Cara, eu bem acho que a opção por vender um produto nesse preço pode ser por puro protesto. Eles certamente devem manter um estoque limitadíssimo de um produto de 20-30 conto (vai quer aparece alguém querendo comprar de verdade, rs), mas nem de perto essa venda é pra ser relevante pra empresa.E isso porque a empresa estaria considerando o mercado daqui importante, porém pouco viável. Senão nem lançaria aqui, sairia do país, deixaria só iPhones (nada baratos, mas ainda vendendo) e fim.
Fábio Moser
A sensação que tenho é que a Apple Brasil visa ser apenas uma marca de luxo, voltado para um público restrito, classe AA e que já não é um competidor para o Windows no desktops e Android nos dispositivos moveis. Os seus produtos não valem isso, mas o público paga, devido ao valor agregado da marca. De mesma forma como há quem paga R$ 15.000,00 numa bolsa da Fendi.Pelo menos lá fora, Apple x Microsoft x Google ainda brigam por inovação e mercado.
Julian Leno
https://uploads.disquscdn.c...
Samin
cara, que da hora...o frete é gratuito!!
X-Tudãoᴳᴼᵀ
Hahaha, mas isso faz parte de tudo que é ramo.
Trovalds
Olha, a economia é bem pequena. Importar como pessoa jurídica e valor acima de US$ 3.000 é um parto. Eu tentei fazer algo do tipo por conta própria e é tanta burocracia com papelada e taxa (fora os impostos) que eu simplesmente desisti. Fora os prazos absurdos de liberação da mercadoria. Você acaba tendo que apelar pra um despachante, que não cobra exatamente barato e acaba praticamente saindo elas por elas.
Marcelo Viana
Sim, é uma tendência com a queda dos preços de componentes tornar os equipamentos descartáveis, isso é real nos pcs, ainda que como disse, o upgrade apesar de mais complicado, é possível.O problema com a Apple a meu ver é que além de tornarem impossível o upgrade, estão aumentando os preços a valores muito altos até para os americanos e oferecendo maquinas cada vez mais fracas, a não ser que opte por melhorar a configuração antes da compra o que torna o equipamento muito bizarramente caros, você pega um computador limitado, difícil de usar profissionalmente.Gosto muito do mac os, já comprei macs no Brasil, mas isso se tornou impossível. Não justifica o preço. É uma tática de marketing e vendas que vai continuar, mas prevejo uma saturação rápida. Imagino que nessa toada, em 5 anos, um iphone custará 20 mil e um macbook 100 mil. Quem compra isso?
DanielBastos
Acho que por esses valores huehuebr da pra mandar todos os funcionarios aos usa e cada um trazer o seu.
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ
1 real por arte aprovada.Já vi dessas.
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ
Deve ter alguma forma de importar isso direto dos EUA, pagar todos os impostos e ainda pagar menos que esse absurdo.
JOSÉ AUGUSTO
Fico pensando no profissional comprando, pagando esse preço obsceno pra depois o cliente vir chorar desconto no projeto ou querendo ensaio completo de casamento por 100 reais.
Trovalds
Só não se esqueça que outras empresas estão seguindo caminho parecido. Equipamentos modulares e fáceis de fazer upgrade estão se tornando coisa do passado. Bateria está ficando interna, acesso a componentes está ficando bem difícil e por aí vai.Aqui em casa mesmo: tenho um notebook HP de 2009 ou 2010 se não me engano. A única necessidade de abertura por completo é pra fazer manutenção em placa-mãe ou tela. O resto todo você tem acesso por compartimentos embaixo (processador, memórias, HD, Wi-Fi) e a bateria é externa. E ainda assim uma desmontagem por completo é trabalhosa frente a outros equipamentos da época como os IBM (agora Lenovo) Thinkpad e mesmo Macbooks daquela época.Daí no ano retrasado minha filha ganhou um notebook de presente, da Asus. NADA é acessível sem uma desmontagem completa que exige a retirada da parte superior em que se engloba o teclado e o trackpad. Daí você acessa HD, bateria, o slot de memória extra (uma parte vem soldada na placa-mãe) e só. Pra acessar o processador pra fazer manutenção na pasta térmica e limpar o dissipador se exige a remoção da placa-mãe. Algo extremamente trabalhoso. E olha que ainda você pode fazer upgrade.
Trovalds
Digamos "evitar toda a burocracia"...Empresas não podem simplesmente mandar um funcionário pros EUA e trazer 10, 20, 50 Macs na bagagem só pra tentar pagar mais barato.Pra uma pessoa que costuma viajar ao exterior e quer um Mac pode ser uma boa pedida pra economizar. Mas mesmo lá fora os valores são bem salgados pra um equipamento do tipo frente aos concorrentes.
Capitão Caverna
7mil em um i3.
Paul
Vc é novo por aqui no TB né? Hahaha
André Cardoso
Os 50 dólares de diferença entre um iPhone XR e um Mac mini de entrada no EUA se transformam em quase 2 mil reais de diferença aqui no Brasil. Isso é batido já mas é tão absurdo que não tem como não comentar.
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ
Sempre fico me perguntando:Quem tem 20-30k pra comprar um mac, pq compraria no Brasil?
Trovalds
Triste ver a Apple indo por esse caminho no desktop (ou não-mobile). Tudo é soldado, não existe possibilidade nenhuma de upgrade. Se você quer algo mais parrudo, tem que pagar mais caro. Em tempos de Chromebooks a US$ 199 fica bem difícil ter apelo pra um Macbook. Mac Mini o único apelo é o consumo energético. Porque de resto...
Trovalds
Piada velha...
Marcelo Viana
A solução que a Apple achou para combater a queda na venda de pcs é a pior possível, tão ruim que mesmo nos EUA quem compra apple está correndo para os usados ou modelos antigos. Quem ama o MacOS terá infelizmente que correr para soluções mais em conta, pois os preços não justificam equipamentos sub configurados, com memórias e hd soldados impossibilitando upgrade. A queda de vendas já começou e será maior, pois se forem depender só do povo que compra para tirar onda e paga quanto for, vai virar uma bolsa Louis Vuitton.
Marcos Freitas
"Como sempre, o frete é grátis."Por R$ 34 mil num Mac Mini o Tim Cook pessoalmente deveria vir entregar o produto.