Início » Celular » Fnac FAIL

Fnac FAIL

Avatar Por

O clima ficou tenso no site de vendas Fnac. Durante alguns minutos da madrugada dessa quarta-feira (20), o site passou a mostrar itens por preços absolutamente mais baratos do que o que é praticado no mercado. Devido a isso, consumidores conseguiram encher a sacola de compras e adquirir diversos gadgets e eletrônicos a preço quase de banana.

Numa rápida olhada pelo site da Fnac foi possível notar que o valor dominante dos itens era de R$ 9,90. Ou seja, MacBook Alluminum por R$ 9,90, TV LCD de 47 polegadas por R$ 9,90, coleções de séries inteiras por R$ 9,90. Obviamente que não era uma promoção em comemoração ao ano da França no Brasil (a Fnac é originalmente francesa), mas quem se importa? Vários consumidores conseguiram comprar os produtos superbaratos.

Nós do Tecnoblog conseguimos fazer um screenshot de como foi a festa da Fnac, que aparentemente não durou sequer dez minutos. Confira:

Carrinho de compras da Fnac. (Clique para ampliar)

Carrinho de compras da Fnac. (Clique para ampliar)

Depois de alguns minutos o site saiu do ar. Usuários que ainda escolhiam seus produtos por R$ 9,90 ficaram a ver navios. Por volta de 01:50 alguns internautas já relatavam que o site tinha voltado ao ar com os preços normais, mas a Fnac continuava inacessível para nós do Tecnoblog.

Podemos especular que ou o site da Fnac sofreu um ataque de crackers ou algum estagiário fez a besteira que proporcionou uma verdadeira festa para quem conseguiu comprar o que gostaria. Alguns dos compradores relataram já ter recebido e-mail com a confirmação das compras.

No entanto, não foi dessa vez que nós conseguimos um Mac Pro por R$ 9,90. Fica para a próxima =/

Atualização às 02:17: O site da Fnac voltou ao ar. Os itens do screenshot, que antes custavam R$ 29,70, agora não saem por menos de R$ 3.677,00. Obrigado, mas não.

Atualização às 02:30: Tecnoblog tentou entrar em contato com a Fnac, mas ninguém atende o telefone. Vamos esperar para ver se empresa se pronuncia durante o dia de hoje.

Atualização às 12:20: O G1 informou mais cedo que todas as compras efetuadas durante a pane da Fnac e que o dinheiro dos consumidores será devolvido. Segundo o Rodrigo Ghedin (bacharel em direito) citou num comentário nesse post, a venda não poderia ser concretizada devido à má-fé do comprador.

A pergunta que eu faço é: e se vira moda utilizar a má-fé ou falhas de software para cancelar vendas?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

bruno
isso mesmo!quando é um problema de entrega,ou troca do produto,pode um bom tempo para resolver na justiça,mas quando pesa no bolso deles... E seu tivesse pesquisado os preço durante o dia,e depois de deicidir onde ia comprar,o site muda-se os preços?eu ia deixar de comprar o produto pq ele tá custando R$9,90?para uma empresa como a fnac,o prejuizo por deixar o site fora do ar pode ser muito alto. Os que dizem que "os consumidores agiram de má fé" estão com raiva pq ñ estavam acordados na hora para poder comprar tbm. O consumidor ñ tem bola de cristal,para advinhar que o site está com problemas,e independente disso,apartir do momento em que ele confirma a compra(o e-mail) de confirmação,ele tem o direito de receber o produto pelo preço anunciado.Ou A fnac tem o direito de se negar a vender o produto,devolvendo o dinheiro,sem consultar o consumidor antes?
Vinicius
Acho isso uma tremenda sacanagem, e se fosse o nosso E-Comerce
Maycon
Boa noite a todos! Entrei agora (22h38) no site da Fnac. Adivinha??? Estampado estava: "Agora não tem erro! Produtos por R$ 9,90". Brincadeira ou não os produtos de 9,90 dessa vez não passam de cabos USB, fones de ouvidos ou outras coisas mais. Abs maycon
janio
...e o Fuxico, que matou o Silvio Santos ...
janio
Se foi o estagiário, coitado, começou mal. Isso já aconteceu comigo, quando fazia um cursinho pela internet, cliquei o botão, não respondeu, cliquei duas, três vezes, o resultado veio na fatura do cartão. Quando o erro pesa no bolso deles, eles resolvem rapidinho, quando é no bolso do consumidor, "um momento que a moça foi tomar café". Nada que a Polícia Federal não resolva. Esses crackers malditos tematazanado a vida dos profissionais da internet, primeiro foi o addme, a Google (não a americana onto com), e agora, mais essa.
Rômulo
Analisem melhor: A FNAC, é bastante conhecida fora do Brasil e região sudeste do país, muitas pessoas que nem se quer ouviram falar na FNAC, agora passam a saber que loja é esta, e outra, a empresa ultimamente passou no programa do Roberto Justus, se passa por vítima em tal fato, e sai em grandes jornais e blogs de grande circularização a nível NACIONAL. Tem mala direta e estratégia de MArketing melhor do que esta?
Eu Reclamo Mesmo
concordo
Eu Reclamo Mesmo
Se o valor fosse pra mais e eles te enganassem cobrando 100 vezes mais, você teria todo o direito de correr atrás de seus direitos alegando ter sido ludibriado. Não adianta. Enquanto houverem espertinhos como você, o País não crescerá.
Eu Reclamo Mesmo
É uma pena que no Brasil ainda há pessoas que acham engraçado tentar comprar produtos com erros claros de divulgação. Má fé é a única expressão para representar o que muitos tentaram fazer. É óbvio que vão cancelar os pedidos, sorte se a loja não entrar na justiça processando os "compradores". Tá claro que todo mundo sabia que era erro e mesmo assim tentaram se aproveitar. É o mesmo que ver a carteira de uma pessoa cair no chão, não avisá-la e depois pegar pra si. Roubo mascarado.
Leandro Alonso
Eita, o Ghedin falou tudo. :D
Renato
Então eles podem por exemplo fazer isso novamente para poder crescer o cadastro deles. Conheço varias pessoas que se cadastraram no site para comprar ontem a noite. Eles vão apagar o cadastro dos mesmos tambem??? Claro que não.
Tomás
Isso já aconteceu no Magazine Luiza e a loja não cancelou as compra. Já ouvi outras histórias de Playstation 3 / Wii vendidos a preços muitos baratos. Geralmente a loja tenta negociar com o consumidor oferecendo um super desconto se o mesmo cancelar a compra. http://forum.hardmob.com.br/showthread.php?t=341879 http://www.google.com.br/search?q=magazine+luiza+playstation+3+pre%C3%A7o&ie=utf-8&oe=utf-8&aq=t&rls=org.mozilla:pt-BR:official&client=firefox-a
Rodrigo Sieiro (@cheapo)
Thássius, Sem querer acusar ninguém, e deixando de lado a visão que as pessoas têm de que uma empresa é uma "entidade" onde não existe ninguém por trás pra levar porrada, eu te pergunto: também não é má-fé você saber que um produto custa 5 mil reais, comprar ele por R$ 9,90 (o que claramente é um erro) e depois exigir que a compra seja honrada? Bom, pelo menos é isso que eu penso.
Felipe Leonardo Braga
Se forem os crackers mesmo concerteza eles vão entrar na justiça e provar que foram prejudicados, e acho também que mesmo que não tenha sido crackers eles vão dar um jeito de forjar isso !
Leandro Alonso
Parece que a FNAC já cancelou os pedidos que foram efetuados no período problemático. Esperado, portanto. Agora vão ficar aquelas pessoinhas, cheio de mimimis, dizendo que vão entrar na Justiça e blábláblá.
Exibir mais comentários