Início » Celular » Rosto impresso em 3D engana reconhecimento facial de celulares Android

Rosto impresso em 3D engana reconhecimento facial de celulares Android

LG G7 ThinQ, Galaxy Note 8, Galaxy S9 e OnePlus 6 reconheceram rosto feito em impressora 3D; iPhone X foi o único que passou no teste

Emerson AlecrimPor

Não é só notch. 2018 também é o ano que trouxe uma grande variedade de smartphones com reconhecimento facial, inclusive entre modelos intermediários, a exemplo do Galaxy J8. Mas é melhor tomar cuidado com essa tecnologia: em um teste feito pela Forbes, aparelhos Android foram enganados por uma cabeça humana gerada em impressora 3D. Só o iPhone X passou na prova.

Teste de reconhecimento facial - Forbes

Thomas Brewster, jornalista da Forbes que conduziu a experiência, encomendou um modelo 3D da sua própria cabeça justamente para avaliar a eficiência dos mecanismos de reconhecimento de cinco smartphones: iPhone X, LG G7 ThinQ, Galaxy Note 8, Galaxy S9 e OnePlus 6.

A cabeça falsa foi muito bem construída. Ela tem tamanho real e foi “lapidada” por um software de edição para corrigir eventuais erros provenientes da etapa de captura de imagens. A versão final é incrivelmente detalhada, só não sendo mais realista por ter coloração um tanto opaca.

Com o artefato feito em impressora 3D em mãos, Brewster executou a etapa seguinte do teste: registrou a sua fase nos cinco mencionados smartphones e, então, colocou a falsa cabeça diante de todos eles. Os quatro aparelhos Android reconheceram o rosto falso e desbloquearam o sistema operacional.

Os resultados do teste colocaram o OnePlus 6 como o smartphone mais inseguro entre os avaliados. Os outros três Androids avisaram que o reconhecimento facial pode ser mais impreciso do que outros meios de proteção ou que o desbloqueio pode funcionar com uma pessoa parecida com o usuário. Por sua vez, o OnePlus 6 não dá nenhum tipo de alerta.

Já o Galaxy S9 parece ter sido o “menos pior”. O celular da Samsung foi enganado, mas só depois que Brewster testou diferentes ângulos e níveis variados de iluminação. O reconhecimento por íris, outro meio de proteção disponível no S9, não falhou — seria estranho se falhasse, afinal, os olhos da falsa cabeça são muito opacos.

Tanto no Galaxy S9 quanto no Galaxy Note 8, a falsa cabeça foi reconhecida no desbloqueio facial rápido e no modo mais demorado, que adiciona mais camadas de verificação, embora o procedimento tenha sido um pouco mais trabalhoso neste último. O mesmo vale para o desbloqueio do LG G7 ThinQ, com a diferença de que o reconhecimento facial lento se mostrou mais difícil de burlar nele do que nos rivais.

Como já dito, só o iPhone X não se deixou enganar. “O investimento da Apple em sua tecnologia — a empresa trabalhou com um estúdio de Hollywood para criar máscaras realistas e testar o Face ID — valeu a pena”, escreveu Thomas Brewster. Curiosamente, ele também testou o Windows Hello: a tecnologia da Microsoft tampouco reconheceu o impresso tridimensional.

Galaxy S9

Galaxy S9

OnePlus, LG e Samsung foram procuradas para comentar o teste. Todas enfatizaram que as tecnologias de reconhecimento facial de seus smartphones são mais limitadas no âmbito da confiabilidade e, portanto, devem ser usadas para fins de conveniência. Para operações mais críticas, como acesso ao Samsung Pay, o ideal continua sendo o uso de autenticação via impressão digital, íris ou senha.

Devo dizer que, no decorrer do ano, pude testar vários smartphones Android com reconhecimento facial, entre eles, Galaxy J8, Galaxy A7, LG G7 ThinQ e Zenfone 5Z. Embora todos tenham feito o reconhecimento de modo satisfatório — apesar de um problema ou outro com iluminação em alguns casos —, sempre preferi o desbloqueio via impressão digital por me parecer mais confiável e, principalmente, mais rápido.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago aparecido calixto gonça

Mas perai isso ai não é justo, o desbloqueio facial do Android nunca foi seguro e inclusive é bem antigo, até com uma foto bem tirada e colocada na frente do aparelho talvez seja burlável (nos aparelhos antigos isso funcionava) e outra coisa, eles deixam isso claro ao escolher esse método por não ser tão seguro, no caso dos Galaxys a tecnologia que seria equiparável a tecnologia da Apple seria o reconhecimento de iris (recursos de desbloqueio a partir da face do usuário) então não adianta querer comparar o desbloqueio facial do Android com o face ID da Apple diretamente, justo é comparar o Face ID com desbloqueio de Iris, já que ambos tem todo um processo de hardware e tecnologia em seus processos, ai é outros 500...

Arley Martins

Samsung é meio lambona mesmo. Ja esperava um resultado desse. Porem o S9 não deixa de ser um baita aparelho muito bom por sinal e custa 3k, enquanto o iphone XS custa 7k, ou seja da pra comprar 2 S9 e ainda sobra 1k pra ir pra praia. Esse custo Brasil é osso.

Thiago Mobilon

Sim, até porque dinheiro é uma varinha mágica – basta fazer o pedido que ele faz acontecer

Bruno

O problema é que as pessoas endeusam a Apple como se fosse uma grande inventora, quando na verdade é no máximo uma grande inovadora. Desbloqueio facial já existe há muitos anos no android. Já cheguei a usar. O que a apple fez? Melhorou, fez o Face ID com reconhecimento 3D, mais seguro. Ela pode até se vangloriar por ter o sistema de reconhecimento facial mais seguro. Mas, tá longe de ser uma ideia revolucionária, só aperfeiçoada.

Maxnoob

Essa tecnologia não é confiável da maneira implementada. Pra funcionar de forma segura, teria de ser implementada como é feito no iPhone com diversas formas de escanear o rosto (não só por imagem).
O que encarece muito o produto e não é nada prático se comparado com o ato de tocar o leitor biométrico com o dedo.

Maxnoob

Mas o reconhecimento facial no android foi lançado na versão 4.0 (2011).

Jedi Dna

Reportagem do ano que vem: "clone humano engana sistema de reconhecimento facial"
Kkkkkkkkkkkkkkkk
Falt sério! Matéria irrelevante!

Jedielson Almeida

e está aí o resultado da tão bem desenvolvida e pioneira tecnologia no robô verde é.

Daniel San

Simplão. É só amarrar o cara, escanear a cara dele, imprimir...
Ou já que já tem o cara amarrado, usar ele pra desbloquear.

Eliézer José Lonczynski

FaceID faz o melhor reconhecimento: why I'm not surprised?

Mickão

É uma tecnologia ainda em desenvolvimento para aparelhos Android, não é de se espantar que tenham falhado no teste. Ao menos as fabricantes deixam claro que é um método menos seguro e recomendam maneiras mais seguras de desbloqueio pra operações críticas. É aquela história: é uma conveniência que tem seus pontos falhos, vai do usuário decidir se quer correr o risco ou não.

Bruno

tecnoblog ft mundo bizarro.

nice guy
Raphael

"registrou a sua fase nos cinco mencionados smartphones"

Corrige aí.

João Luiz Gomes Silveira

Porque não testaram o Huawei P20, Xiaomi MiMix3, Mi8 Explorer... aparelhos androids que tem realmente reconhecimento facial 3D. Lembra quando lançou o IPhone X, como é mesmo que os analista falavam?... Androids com reconhecimento facial 3D só depois de 2 ou mais anos... pelas contas não deu isso.

Exibir mais comentários