Início » Telecomunicações » 5G chega aos EUA com preço alto e franquia de 15 GB

5G chega aos EUA com preço alto e franquia de 15 GB

Tem que comprar um hotspot para acessar o 5G da AT&T e pagar por um plano com franquia limitada

Paulo Higa Por

As operadoras americanas já começaram a instalar suas redes 5G, e a AT&T será a primeira a vender a tecnologia no padrão oficial para os clientes, a partir desta sexta-feira (21). Mas quem quiser navegar em alta velocidade precisará desembolsar uma boa grana: um plano de 15 GB estará disponível por US$ 70 ao mês, e será necessário ter um dispositivo adicional para se conectar à rede.

Moto Z3 com 5G

Como toda nova tecnologia de rede, o 5G estreia de forma bem limitada nos Estados Unidos. Ele está chegando a "partes" das cidades de Atlanta, Charlotte (Carolina do Norte), Dallas, Houston, Indianapolis, Jacksonville (Flórida), Louisville (Kentucky), Oklahoma City, Nova Orleans, Raleigh (Carolina do Norte), San Antonio (Texas) e Waco (Texas).

Ainda não existem smartphones à venda no mercado com suporte ao 5G, então a conexão à rede será feita por meio de um hotspot da Netgear, o Nighthawk 5G Mobile Hotspot, que cria uma rede Wi-Fi para distribuir o sinal de internet para celulares, tablets e notebooks.

Preço do hotspot e do plano 5G

Netgear 5G Mobile Hotspot

Esse hotspot, claro, custa dinheiro. A AT&T vai distribuir o dispositivo gratuitamente para "clientes selecionados" nos primeiros 90 dias. Ainda não será possível que qualquer pessoa chegue a uma loja da operadora e contrate o serviço. Quando isso acontecer, ele será comercializado por US$ 499 (R$ 1.945 em conversão direta).

Depois, será preciso contratar o plano. Inicialmente, apenas um será vendido, com franquia mensal de 15 GB e valor de US$ 70 (R$ 273 em conversão direta). É uma grande diferença em relação aos planos de 4G que a AT&T fornece — pelo mesmo preço, é possível conseguir na mesma empresa um pacote "ilimitado" (a velocidade é reduzida em horários de pico após 22 GB de consumo), com ligações e SMS liberados.

A AT&T não divulgou em qual velocidade os clientes acessarão o 5G, limitando-se a dizer que o hotspot suporta downloads de até 1,2 Gb/s (gigabits por segundo). Segundo o The Verge, a operadora chegou a demonstrar a tecnologia no início de dezembro, atingindo picos de até 140 Mb/s — o que, bom, já temos no nosso 4G.

Cobertura atual de 5G da AT&T

No primeiro semestre de 2019, a expectativa da AT&T é liberar o 5G também em Las Vegas, Los Angeles, Nashville, Orlando, San Diego, San Francisco e San Jose (Califórnia). A nova rede também estará disponível apenas em regiões específicas, não em toda a cidade.

Expansão do 5G nos EUA começa em 2019

A Verizon lançou comercialmente em outubro uma rede 5G nos Estados Unidos. Mas, para vencer a corrida tecnológica, ela optou por utilizar equipamentos fora do padrão oficial, o que significa que os dispositivos dos usuários precisarão ser substituídos no futuro. No comunicado, a AT&T dá uma cutucada na rival, dizendo que é a "primeira e única" operadora americana com uma "rede 5G comercial e padronizada".

As outras duas grandes operadoras americanas também planejam o lançamento comercial de suas redes 5G para breve. Na T-Mobile, isso deve acontecer em 2019, sendo que a expectativa é atingir até 250 milhões de pessoas até 2024, com velocidades máximas de 4 Gb/s. A Sprint promete iniciar as operações no primeiro semestre, na faixa de 2,5 GHz, ainda sem preço definido.

No Brasil, como já comentamos, o 5G deve ficar só para 2021.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ueritom Ribeiro Borges

eu tô querendo um plano assim também aqui pra casa, mas a FDP da Vivo ainda não instalou fibra no meu bairro.

Ueritom Ribeiro Borges

bota roubando nisso

Starkwal

Prefiro um 3G com pacote de 50GB do que um 5G com pacote de 15GB.

Starkwal

A Varizon já vende 5G residencial em algumas bairros com plano ilimitado, modem grátis por 70 dólares e os três primeiros meses são grátis.

wuhkuh

Pois é, pois se fosse água e tivesse que controlar eu ainda diria, mas não é!

Fabio Santos

Entenda como ganhar dinheiro extra no mês

Fabio Santos

Exemplo nos eua tenho a verizon que uso quando estou lá tenho 10gb de dados, porém quando se está em pontos Wi-Fi não consome da franquia, eu nunca estourei o pacote e mesmo se estourar você não cita que a velocidade fica umas 2x mais veloz ainda que nosso bom e péssimo 3G

Ednei P. de Melo

Rapaz... se alguma operadora me oferecesse um plano razoável, com velocidade (mesmo limitada) de 1 Mbps, mas sem essa m**** de franquia, aceitaria numa boa! &;-D

Jordan rodrigues

eu tenho sorte então pq minha 4g aqui em guarapari-es só bate de 30 megas pra cima

Gustavo Rotondo

o server fica no ptt. se teu ISP tem um link bem ruim ate o ptt (ou não tem link pra la), fica dificil mesmo

Gustavo Rotondo

ping x download

João

O povo daqui se espantaria como a internet fixa lá é cheia de franquia também. Sempre que vejo um post sobre streaming de jogos só vejo os americanos reclamando do data cap.

FastSloth87

Aí vai ver o roteador do cara tá em 802.11b , aí fica difícil!

wuhkuh

Se tem uma coisa que eu não entendo é essa "franquia" das operadoras!

Felipe Silva

10/10 tão simétrico e estável assim, ou a operadora tá muito zoeira com a tua cara ou tua rede interna tá com algum problema.

Quanto consegue de velocidade copiando arquivos entre 2 pcs no cabo?

Exibir mais comentários