Início » Celular » Lenovo Z5 Pro GT tem até 12 GB de RAM e Snapdragon 855

Lenovo Z5 Pro GT tem até 12 GB de RAM e Snapdragon 855

No mesmo evento, a fabricante apresentou o Lenovo Z5s com câmera traseira tripla

Victor Hugo Silva Por

O Lenovo Z5 Pro GT foi anunciado nesta terça-feira (18) em evento realizado na China. O celular tem quatro câmeras e uma parte traseira deslizável para evitar o notch, mas se destaca mesmo por ser o primeiro com até 12 GB de RAM.

O smartphone também é o primeiro modelo comercial com Snapdragon 855 – a Xiaomi fez somente uma demonstração com o processador há alguns dias. Apesar disso, o dispositivo não contará com suporte para 5G, um dos focos do novo chip da Qualcomm.

Lenovo Z5 Pro GT

Para o seu novo celular, a Lenovo oferecerá duas opções de RAM (8 GB e 12 GB), além de três opções de armazenamento (128 GB, 256 GB e 512 GB). O aparelho ainda tem um leitor de impressões digitais sob a tela.

A tela AMOLED de 6,39 polegadas e resolução de 2.340 x 1.080 pixels ocupa boa parte da área frontal do Lenovo Z5 Pro GT. Para isso, a fabricante não adotou o notch e deslocou as câmeras e a saída de áudio em ligações para a área que pode ser deslizada.

A câmera traseira dupla tem sensores de 16 MP + 24 MP. A câmera frontal é retrátil e também possui dois sensores, de 16 MP + 8 MP. Neste caso, o segundo sensor tem infravermelho para desbloquear a tela com reconhecimento facial.

O celular conta com bateria de 3.350 mAh, portas de 3,5 mm e USB-C e dois slots para nano-SIM.

O Lenovo Z5 Pro GT estará disponível em pré-venda em 15 de janeiro e será lançado oficialmente em 24 de janeiro. O preço do celular começa em 3.698 yuans (R$ 1.530) para a versão com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

O modelo com 12 GB de RAM e 512 GB de armazenamento, no entanto, sai por 4.398 yuans (R$ 2.490).

Lenovo Z5 Pro GT

Lenovo Z5s também foi revelado

O evento também serviu para apresentar o Lenovo Z5s, o novo modelo acessível da linha. Ele conta com Snapdragon 710, até 6 GB de RAM e até 128 GB de armazenamento. O celular possui câmera traseira tripla de 16 MP + 8 MP + 5 MP.

A câmera frontal tem 16 MP e foi colocada em um notch em forma de gota d’água. O Lenovo Z5s tem tela LCD de 6,3 polegadas com resolução de 2.340 x 1.080 pixels. O leitor de digitais do smartphone fica na parte traseira.

O aparelho tem bateria de 3.300 mAh, portas de 3,5 mm e USB-C, além de slots para dois chips nano.

A versão básica do Lenovo Z5s, com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento, está sendo vendida por 1.398 yuans (R$ 790). Já a opção com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento é oferecida por 1.898 yuans (R$ 1.075).

Lenovo Z5s

Com informações: Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Goes

Já existe bateria grafeno de 15 mil mha para celular , mas custa 100 mil dólares,

unholyperfection

brobsong gg

Antonio Henrique

no cpu z pode ver que só tem 18% de ram sobrando

https://uploads.disquscdn.c...

Antonio Henrique

pra quem acha que 12 gb é um exagero
uso um op3t com 6gb de ram e falta

https://uploads.disquscdn.c...

jacob

Exatamente, também estou nas DDR3 ainda.

gbitte

Quando fala das versões, fala que está disponível em 8 e 12 GB. Na hora dos preços 6 e 12 GB

Keaton

Aqui ainda uso DDR3... imagina o custo pra enfiar mais 8GB... :x

jacob

E eu lutando pra aumentar a RAM do meu desk de casa de 8GB pra 16GB

Keaton

Po... daqui a pouco esses telefones vão ter mais RAM que o meu pc....

Não, perae.......

Juninho

Então, não tem como avaliar um bom smartphone sem que a câmera não esteja dentro disso, mas essa corrida de quem entrega mais câmera e memória RAM tá ridícula, daqui para frente só vejo software e bateria como algo que realmente iria impactar na usabilidade do usuário

jacob

Depende também, eu gosto de câmeras boas e ainda acho que há muito pra ser melhorado nesse quesito (só ver a evolução que tivemos nesses últimos 10 anos). Porém toda essa sanha por memória na verdade é uma coisa horrível, porque cada vez menos os desenvolvedores se importam em otimizar o software para usar menos memória, já que vai ter de sobra de qualquer jeito. Na minha concepção, é inadmissível um celular precisar mais que 1 ou 2GB para tarefas básicas.

Juninho

estamos em um ponto em que o que tem que melhorar mesmo é o software e bateria, os caras querem trazer mais câmera e ram, coisa que não faz tanta diferença assim ao meu ver, quero passar mais tempo com um smartphone sem se preocupar tanto em colocá-lo para carregar e software que não faça o hardware suar tanto para execultar as tarefas, eu nem priorizo tanto assim câmera

Ícaro

Não alimente os trolls

Diego Oliveira

tá bem desatualizado hein amigo, relatando coisas que aconteciam a mais de 5 anos atrás

Alexandre Silva

Vai travar que nem qualquer Android de 4gb de RAM

Exibir mais comentários