Tecnoblog
Início » Brasil » Não é mais preciso ir ao Detran para gerar a CNH digital pelo celular

Não é mais preciso ir ao Detran para gerar a CNH digital pelo celular

CNH digital pode ser obtida de graça por quem tiver carteira de motorista com QR Code; veja como fazer no iPhone e Android

A CNH digital poderá ser gerada gratuitamente usando apenas o celular. Ela permite levar sua carteira de motorista no smartphone, mesmo offline, mas antes era difícil de obter: você precisava ir até um posto do Detran, ou usar um certificado digital que quase ninguém tem. No entanto, é preciso esperar: o aplicativo está sendo atualizado aos poucos no iPhone e Android.

CNH eletrônica

A partir desta quinta-feira (20), a CNH digital poderá ser obtida de graça pelos 26 milhões de brasileiros que possuem a versão mais recente da carteira de motorista em papel, emitida a partir de maio de 2017. Basta ver se a sua tem um QR Code impresso na parte interna.

Funciona assim: você baixa o aplicativo Carteira Digital de Trânsito e escaneia o QR Code da sua CNH. Então, é preciso fazer uma validação biométrica usando a câmera do smartphone para provar que é você solicitando o documento. Informe seu número de celular e pronto, a CNH digital estará em seu dispositivo — ela ficará disponível mesmo offline, sem conexão à internet.

CNH digital exige validação biométrica da Serpro

"A necessidade de atendimento presencial era uma exigência que limitava a procura do cidadão pelo documento digital", diz o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, em comunicado. "Nem todos os motoristas tinham tempo para ir a um posto de atendimento do Detran."

A validação biométrica facial é feita usando um sistema da Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados). A estatal também desenvolveu o CRLVe (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo Digital), versão eletrônica do documento de licenciamento disponível no Distrito Federal, Ceará, Rondônia e Goiás.

Até o momento, cerca de 620 mil CNHs digitais foram emitidas no Brasil. Enquanto isso, mais de 60 milhões de pessoas possuem carteira de habilitação no país. Quem não tiver a versão mais recente do documento, com QR Code, precisará emitir uma segunda via. O preço varia dependendo do estado; isso custa R$ 42,41 em São Paulo.

Atualização às 16h29: diversos usuários relatam problemas ao tentar gerar a CNH digital. O Ministério das Cidades diz em comunicado ao Tecnoblog que "já foi solicitada a atualização do sistema para que seja sanado o problema".

A Serpro, por sua vez, informa que o aplicativo já foi atualizado, mas o update será distribuído aos poucos pela Apple e pelo Google. "A nova versão do aplicativo CDT - Carteira Digital de Trânsito, com a funcionalidade para gerar a CNH pelo dispositivo móvel, já foi encaminhada para as lojas iOS e Android; estamos aguardando a disponibilização", diz o comunicado.