Início » Celular » Xiaomi Mi Play é um smartphone acessível com notch semicircular

Xiaomi Mi Play é um smartphone acessível com notch semicircular

Além de notch semicircular, Xiaomi Mi Play traz novo processador octa-core MediaTek Helio P35; preço é estimado em US$ 160

Emerson Alecrim Por

Anunciado às vésperas do Natal, o Xiaomi Mi Play é mais um smartphone com notch. Só o que entalhe é diferente aqui: ele traz formato semicircular (ou de gota), portanto, ocupa muito menos espaço na tela. O modelo também chama atenção por trazer um novo processador: o MediaTek Helio P35.

Xiaomi Mi Play

Talvez o nome faça alguém pensar em smartphone gamer, mas a verdade é que o Xiaomi Mi Play é mais uma opção intermediária da marca. O processador deixa isso claro: o Helio P35 é um chip com oito núcleos Cortex-A53 de 2,3 GHz e GPU IMG PowerVR GE8320 que briga com a série Snapdragon 600, da Qualcomm. Ou mais ou menos isso: ainda que não muito criterioso, um teste de desempenho o colocou como superior apenas ao Snapdragon 625.

O Helio P35 também traz suporte à resolução full HD+. A Xiaomi tirou proveito disso: aparentando ser do tipo IPS LCD, a tela do Mi Play tem 5,84 polegadas de tamanho, formato 19:9 e resolução de 2280×1080 pixels (com 432 PPI).

Xiaomi Mi Play

Se a traseira tem design que remete aos iPhones mais recentes, a frente destoa da linha da Apple por conta do notch semicircular centralizado, que abriga uma câmera de selfie com sensor de 8 megapixels. A ideia não é nova, porém. Um entalhe do tipo já apareceu em smartphones como Oppo R17 e Oppo F9, embora o notch da Xiaomi consiga ser mais discreto, o que o torna mais parecido com celulares como o Vivo V11.

Falando em discrição, tudo indica que 2019 vai ser o ano dos smartphones com notch diminuto. De um lado deverão estar aparelhos como Huawei Nova 4 e Samsung Galaxy A8s, que trazem notch circular (ou um “buraco” na tela). Do outro, modelos como Oppo R17 e, agora, Mi Play, com seus entalhes em formato de gota — rumores apontam que o Samsung Galaxy M20 também vai seguir essa proposta.

Voltando ao lançamento da Xiaomi, o Mi Play já está à venda, por enquanto, somente na China. Por lá, o aparelho tem preço equivalente a US$ 160. No momento, a novidade só está disponível na versão com 4 GB de RAM e 64 GB de capacidade de armazenamento.

Xiaomi Mi Play

Xiaomi Mi Play — ficha técnica:

Tela: 5,84 polegadas com proporção 19:9, 2280×1080 pixels e notch;
Processador: octa-core MediaTek Helio P35 de 2,3 GHz;
RAM: 4 GB;
Armazenamento: 64 GB;
Câmera frontal: 8 megapixels;
Câmeras traseira: 12 + 2 megapixels;
Conectividade: Wi-Fi 802.11ac, Bluetooth 4.2, micro-USB;
Leitor de impressões digitais: na traseira;
Bateria: 3.000 mAh;
Dimensões: 147,8 x 71,9 x 7,8 mm;
Peso: 150 g;
Sistema operacional: Android 8.1 Oreo com interface MIUI 10.

Com informações: SlashGear, The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sidney Oliveira

Realmente um aparelho muito barato, bonito e competente, o que mata mesmo foi a péssima escolha de utilizarem um processador Mediatek (AMD dos processadores mobile), fica atrás em desempenho, esquenta pra caralho e pra piorar a bateria de apenas 3.000 mAh vai drenar tão rápido que duvido durar um dia inteiro, mesmo com uso moderado. Ainda sou mais o Mi A2 Lite.

disqus_1QRStnhQae

wjld no but

XiboDog

Não curti, o Notch não faz sentido quando a borda inferior é bem grande e esse Mediatek ai deve ferver o telefone :/

Denilson Rocha

E, amiguinhos... Mediatek + 3000nAh, nem a Xiaomi salva, por mais que eu confie nas soluções da marca. Com tanto Redmi das séries anteriores ( e mesmo da atual) com preço parecido por aí, fica difícil esse ser uma opção inteligente. Passso.

Dan Santos

Até um Galaxy J3 2017 tá valendo mais a pena por causa do processador hahaha

Maicon Bruisma

Sim, mas eles também foram na contramão

wjld

Na verdade, se pensar nos nossos "moto play" daqui, é bem por aí mesmo.

Maicon Bruisma

O processador e a bateria não condizem com o que o "play" no nome deveria significar

Comentário Mil Grau℗

Ter Mediatek hj é selar um compromisso obscuro de depender da fabricante de atualizar o aparelho e DIFICILMENTE conseguir uma custom rom e se tiver é completamente bugada.

Comentário Mil Grau℗

?????

Blackberry

Isto é uma matéria paga?

Franco Luiz

Nada mano mtk tem um desempenho estranho.. hoje no mundo mobile é mais seguro exynos ou snap

Luís Carlos

Um "mi 8 lite" com câmera em pé, mediatek e notch menor que o normal, acho que esse aí não irá sair do mercado chinês

Ed. Blake

Eles não liberam os sources do kernel e literalmente c*gam pra GPL. Provavelmente porque aquela porcaria tá cheia de backdoor pro governo chinês.

Acho difícil.

Ed. Blake

MediaCrap = Esquenta like hell, come bateria com angu, não tem as sources do kernel (provavelmente pq tá cheio de backdoor pro governo chinês), não recebe atualização do android mas a nota do Antutu é boa.

Parece uma boa compra. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Exibir mais comentários