Início » Legislação » Justiça exige que Facebook restaure página derrubada durante eleições

Justiça exige que Facebook restaure página derrubada durante eleições

Facebook deverá restaurar página "Agora Força Brasil" com um milhão de seguidores; ela foi derrubada por compartilhar notícia falsa

Felipe Ventura Por

O Facebook deverá restaurar a página “Agora Força Brasil”, com mais de um milhão de seguidores, após uma liminar da Justiça. A rede social decidiu desativá-la em setembro, durante o período de eleições, por compartilhar uma notícia falsa envolvendo o então candidato à presidência Fernando Haddad (PT) e o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ).

Facebook / Con-karampelas / Unsplash

A juíza Maria Silvia Cartaxo Fernandes Luiz, da 3ª Vara Cível de Curitiba, decidiu que o Facebook deverá restaurar a página ou pagar multa de R$ 500 por dia em caso de descumprimento.

A decisão provisória foi publicada em 14 de dezembro, segundo a Folha, e deve ser cumprida em até cinco dias úteis. No entanto, devido ao recesso judicial, o prazo se estenderá até o início de janeiro de 2019. A página ainda não voltou ao ar.

Em 25 de setembro, a “Agora Força Brasil” publicou um print adulterado do G1 dizendo que Wyllys iria assumir o Ministério da Educação caso Haddad fosse eleito. O autor da página, Hugo Alves dos Santos, diz que foi avisado sobre a notícia falsa e tentou remover o post “por vontade própria e sem qualquer notificação por parte do Facebook”.

A rede social decidiu bloquear a página por 24 horas, prazo que poderia se estender por até três dias caso ela publicasse mais fake news durante o período eleitoral. No entanto, a “Agora Força Brasil” segue fora do ar.

Página existia desde 2016 e tinha um milhão de seguidores

“A página do autor é destinada à propagação de notícias e comentários políticos, adquirindo desde 2016 aproximadamente um milhão de seguidores, portanto, estando a página fora do ar, inevitável que o número de seguidores se torne menor com o decorrer do tempo”, escreve a juíza na decisão.

A advogada Ana Cecília Parodi, uma das responsáveis pelo caso, diz ao Agora Paraná: “eu costumo dizer que o Facebook também clicou no botão do ‘eu concordo’ em obedecer a todas as leis brasileiras, no exato momento em que passou a operar no nosso mercado. E as nossas leis não concedem esse nível de soberania nem a órgãos públicos, nem a entidades privadas”.

O Facebook ainda não se manifestou. Durante as eleições, a rede social removeu páginas pró-Bolsonaro por spam e identificação falsa; retirou do ar uma rede de fake news ligada ao Movimento Brasil Livre (MBL); e derrubou perfis associados ao “mensalinho” do Twitter, esquema que pagava para elogiar candidatos do PT e PR.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

yusufkarapinar

lordcheetos briefly

disqus_wwCNy30J7p

gilmarcrestani (:

Sandro

rluik important

jonscravit

Bolsonaro fascista que quer armar a população, apoia israel e apoia midia livre...
mas os doutrinados gado da esquerda só sabem repetir oque lideres de esquerda mandam eles falarem

jonscravit

Haddad foi condenado a pagar indenização a uma pessoa por fake news..
bolsonaro foi frouxo ao não processar Haddad e PT pelas mentiras que falavam no programa..
tipo que Bolsonaro ia acabar com 13 terceiro...
esquerdas nem sabem que nem por emenda constitucional se pode acabar com decimo terceiro..
eles inventam qualquer coisa para chegar ao poder e soltar o deus ladrão deles...
e foram que PT não respeita o pais e vontade da maioria... só vale se eles ganharem.. PT só respeita ditadores e ditaduras

jonscravit

Ciro disse que Venezuela é democracia, ai vc vê o nível ...

doorspaulo

Quem botou o Bonoro lá foi a esquerda, com seu comportamento de criança birrenta.

Por causa disso, vamos ficar com ele pelos próximos quatro anos.

Parabéns aos envolvidos.

Maria B Amanda

EM VEZ DE OBTER UM EMPRÉSTIMO, OBTENHA UM CARTÃO EM BRANCO E SEJA RICO EM MENOS DE 7 DIAS!

Veja como funciona!
Você sabe que pode invadir qualquer máquina de cartões Atm com cartões Blank Atm?
Faça a sua mente antes de aplicar, negócio direto ...

Nós temos cartões de Atm especialmente programados que podem ser usados ​​para hackear as máquinas Atm Nation Wide,
Os cartões Blank Atm podem ser usados ​​para retirar em qualquer Atm Cards ou Swipe Machines, em lojas e máquinas POS.

Nós vendemos estes cartões para todos os nossos clientes e compradores interessados ​​em todo o mundo, o Blank Atm Cards tem um limite de retirada diário de $ 5.500 em qualquer cartão Atm Machines e limite de gastos de até $ 50.000 em online e lojas dependendo da sua escolha de Cartões Atm que você encomendar cartões também pode ser usado em qualquer outro cyber hack {Services}

Aqui estão os nossos nomes de bancos e cartões Atm que oferecemos:

1 [CARTÕES SKYMILES

John Smith

Exatamente.

Caleb Enyawbruce

Chama-se Google Chrome. Muito bom, por sinal.

Caleb Enyawbruce

@Douglas -> Puts!! Foi mal!! Confundi!

Douglas

Outro que não entendeu que eu apenas completei com o comentário do cara.

Heisenberg2024

E eu fico me perguntando o que a justiça tem a ver com isso...

johndoe1981

Mídia Ninja que o diga. Está há anos espalhando suas mentiras e distorcendo fatos impunemente, e o Facebook só fazendo vista grossa.

johndoe1981

Páginas de fake news tem que ser limada, mas tem que valer pra todas, independente do viés político, o que não é de praxe no Facebook, pois praticamente só páginas conservadoras são deletadas, muitas dem qualquer justificativa.

E por falar em fake news, a Justiça podia aproveitar e tirar o site da Foice de SP do ar também. O que esse jornaleco de 5ª categoria durante o 2º turno das eleições divulgou de notícias falsas contra o candidato contrário a sua ideologia não estava no gibi. E poderiam obrigar o Facebook a tirar também o Mérdia Ninja que vive mentindo e distorcendo notícias na rede social do Markinho.

Exibir mais comentários