Início » Negócios » iFood Plus é um serviço de assinatura para não pagar taxa de delivery

iFood Plus é um serviço de assinatura para não pagar taxa de delivery

iFood Plus oferece "entrega grátis ilimitada" em fase de testes para delivery em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre

Por
42 semanas atrás

O iFood Plus é um serviço de assinatura que zera a taxa de entrega para qualquer pedido de delivery. Ele está em fase de testes e vem sendo oferecido para usuários selecionados: os três primeiros meses são gratuitos, depois o preço vai para até R$ 19,90 mensais.

Alguns usuários do iFood vêm sendo escolhidos desde o início de dezembro para testar o serviço Plus em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. A empresa define o serviço como “entrega grátis ilimitada”, mas cobra uma assinatura após o período de degustação.

O iFood Plus oferece três meses gratuitos; depois, a assinatura é cobrada do seu cartão de crédito. Ela pode custar R$ 9,90 ou R$ 19,90 mensais dependendo do usuário.

iFood Plus zera taxa de entrega no pagamento em cartão

O frete será zerado apenas nas compras pagas “por meio da Plataforma iFood”, isto é, através do cartão de crédito cadastrado no app. Ele também será usado para cobrar a mensalidade após o período gratuito. O desconto não vale para pagamentos em dinheiro.

Assinantes do iFood Plus veem na sacola de compras que a taxa de entrega é zerada:

Imagem por @linei_cm

O regulamento diz que o iFood pode suspender a conta de determinados usuários “para evitar eventuais abusos”, usando informações como o e-mail usado na assinatura e o histórico de pedidos. A empresa também “poderá descontinuar o iFood Plus a qualquer momento” sem aviso prévio.

O serviço de entregas Rappi também oferece uma assinatura para zerar a taxa de entrega. Trata-se do Rappi Prime: o benefício vale para todas as compras acima de R$ 20 com cartão de crédito ou PayPal. Ele custa R$ 19 mensais; é possível fazer um teste gratuito por cinco dias.

Os preços após o teste gratuito variam dependendo do usuário:

Imagens por @pedrohen e Tecnoblog