Início » Negócios » Correios adotam modelo de agência modular em lojas de 27 cidades

Correios adotam modelo de agência modular em lojas de 27 cidades

Correios Aqui estará disponível em 11 estados, incluindo SP, MG e RS; agências vão oferecer serviços como Sedex e PAC

Felipe Ventura Por

Os Correios abriram uma licitação para inaugurar “unidades modulares” em lojas de varejo, cartórios e casas lotéricas. Os canais de atendimento Correios Aqui estarão disponíveis em 27 cidades de 11 estados, incluindo São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. A estatal receberá propostas de empresas interessadas até o dia 8 de março.

Foto por Marcos Oliveira/Agência Senado

As unidades do Correios Aqui vão oferecer serviços como Sedex, PAC, encomendas internacionais, mala direta, recarga de Correios Celular, solicitação de seguro DPVAT, Clique e Retire (para compras de comércio eletrônico), entre outros.

O edital da licitação permite que todo tipo de varejista instale uma unidade do Correios Aqui, incluindo supermercados, farmácias, padarias, óticas, livrarias, duty free, lojas de roupas e mais. A lista menciona também cartórios, casas lotéricas e serviços de escritório (como xerox).

Os Correios impõem diversos pré-requisitos, no entanto. É preciso ter uma área igual ou superior a 40 m² para instalar a área de atendimento; o investimento mínimo é de R$ 10 mil para um contrato de cinco anos.

Isso paga pelo módulo simples, com no mínimo um gestor e um operador de atendimento. Há também o módulo duplo (simples + complementar) que requer pelo menos um gestor e dois atendentes, além de um investimento mínimo de R$ 19 mil.

Balcão do Correios Aqui para o módulo simples

Correios vão remodelar rede de atendimento

Os Correios vão passar por uma remodelagem na rede de atendimento, e as unidades modulares — também conhecidas como “store in store” — farão parte desse processo.

“A iniciativa faz parte do processo de remodelagem da rede de atendimento dos Correios, que prevê a implantação de novos canais de atendimento físicos e digitais que proporcionarão uma nova experiência aos clientes dos serviços postais”, diz a estatal em comunicado.

A estatal dá a entender que pode fechar agências tradicionais após o lançamento do Correios Aqui: “as unidades modulares foram desenvolvidas com o intuito de adequar a capacidade produtiva da rede de atendimento em regiões de mercado moderado”.

Os Correios vêm reduzindo custos e buscando fontes de receita, incluindo cobrar uma taxa de R$ 15 para todas as encomendas internacionais. Após quatro anos consecutivos de prejuízos, a empresa teve lucro de R$ 667 milhões em 2017. No segundo trimestre de 2018, o resultado também foi positivo: lucro líquido de R$ 111 milhões.

Os estabelecimentos interessados no Correios Aqui precisam enviar sua proposta até o dia 8 de março; saiba mais neste link. Serão licitados 27 lotes nas seguintes cidades:

  • Acre: Rio Branco
  • Goiás: Águas Lindas de Goiás, Anápolis, Aparecida de Goiânia
  • Maranhão: São Luís
  • Minas Gerais: Araguari, Itajubá, Uberlândia
  • Pernambuco: Caruaru
  • Piauí: Teresina
  • Paraná: Curitiba, Foz do Iguaçu, São José dos Pinhais
  • Rio de Janeiro: Resende, Teresópolis
  • Rio Grande do Sul: Lajeado, Pelotas, Porto Alegre
  • Santa Catarina: Palhoça
  • São Paulo: Bragança Paulista, Campinas, Cotia, Paulínia, Peruíbe, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José dos Campos

Com informações: Correios.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

johndoe1981

Se cobra o dobro é porque a empresa pública muito provavelmente estava tendo prejuízo, prejuízo esse coberto por todos os contribuintes. Ao menos privatizando vai acabar com os cabides de emprego. É como sempre falo, não adianta só privatizar, tem que reduzir e impostos e fomentar concorrência.

johndoe1981

Ô seu imbecil, nunca falei que não haveria cargos comissionados. O cara já era funcionário concursado ao menos, mas também não concordo que ele seja promovido só porque é filho do vice-presidente. E pelo que vi em um jornal o ex-funcionário que estava no cargo antes ganhava quase 100 mil por mês devido gratificações suspeitas.

Ainda tá menos pior que PT que criou um monte de ministério pra distribuir cargo pros aliados. Antes de defecar pelo teclado, deixa o cara completar o mandato, se no fim ele não tiver privatizado as estatais e reduzir a quantidade de cargos comissionados, aí você volta aqui e tem todo o direito de criticar.

LuizSantos

Se não houvesse importação, os preços aqui estariam ainda mais elevados, alienado!

LuizSantos

Com esse governo ainda há esperança? Você é tolo assim ou só quando respira? Esse governo já colocou o filho do vice pra mamar no BB, alienado! Eita povinho que gosta de se iludir!

LuizSantos

Calma pobre de direita, já, já, ela será privatizada como a Eletropaulo, e o monopólio será transferido para uma empresa privada que te cobrará o dobro do preço e o serviço seguirá bosta! :D

johndoe1981

Não estou criticando o servidor público em si, mas a ineficiência das estatais. Ao contrário do que a imprensa tenta mostrar e que a maioria das pessoas acreditam, maioria dos funcionários públicos está longe de ser marajá. As pessoas têm a concepção errada que todo funcionário público no Brasil recebe salários de servidores de cargo comissionados que só estão lá por indicação política e trabalha pouco. Tem muito vagabundo acomodado sim, mas longe de ser regra.

Afirmo isso porque meus pais são servidores públicos federais aposentados, não digo que ganhavam mal, mas longe de receber salário de Ministro do STF e de auditor fiscal, sendo que a demanda de trabalho nesses setores administrativos é absurda, não fica longe de empresa privada não, até meta implantaram nos últimos anos.

O problema é que não justifica a existência desses cabides de empregos estatais que oneram o contribuinte. É lógico que se a empresa for privatizada, você vai ser realocado pra outro setor público.

Lairton Gomes

acredito que os custos aqui são menores. Os salários dos funcionários brasileiros são menores do que os seus homólogos europeus

Jorge Bevilacqua

Pelo menos o que comentou assumiu que é funcionário de lá. 😜

Willian Muniz

Vai la na DHL na Fedex e se informa sobre os preços.

Willian Muniz

Se você não consegue ficar 30 anos em uma mesma empresa ou você não tem capacidade e te demitem logo ou você não gosta de trabalhar.

Willian Muniz

Ué tá ruim vai pra DHL FEDEX vê o preçinho deles amigo experimenta o preço deles.

Willian Muniz

Bom dia concordo com você, o problema e que faltam pessoas, muitos aposentam, falecem, saem da empresa e falta concurso público, se eu tenho 400 pessoas entregando e perco 300 é lógico que a entrega fica comprometida.

Willian Muniz

Também tenho ali é a faixa de Gaza não tem segurança pública um perigo.

Willian Muniz

O problema e que muitos têm inveja de quem fez concurso público e passou e talvez não tenham a mesma boa vontade em estudar e em permanecer em uma empresa sólida e cumpridora de seus deveres trabalhistas igual a muita empresinha fundo de quintal.

Willian Muniz

Bom dia inteligência rara a privatização de qualquer estatal só interessa lucro ao empresário e hoda se o contribuinte também somos contribuintes e pagamos e recebemos pouco em troca de péssimos serviços, toda e qualquer areá existem bons e maus funcionários isso não vai mudar nunca, precisa haver mais investimentos, mais pessoal para que essa e outras empresas sejam lucrativas para o governo e benéficas para nós cidadãos.

Exibir mais comentários