Início » Celular » Matrix PowerWatch 2 é um smartwatch sem bateria que usa o calor do corpo

Matrix PowerWatch 2 é um smartwatch sem bateria que usa o calor do corpo

Energia solar pode substituir as limitações da geração de calor a partir do corpo humano em ambientes quentes

Por
33 semanas atrás

Uma empresa chamada Matrix e que não tem nenhuma ligação com o filme do final dos anos 90, anunciou o PowerWatch 2. Ele é um relógio inteligente que vem com GPS, mostra notificações simples, monitora exercícios físicos, não precisa de tomada e nem de pilha em nenhum momento de sua vida – desde que o tempo esteja menos quente do que o verão do Brasil.

Este é a segunda geração do PowerWatch, melhorando alguns pontos do modelo anterior. O primeiro e mais importante deles é que a fonte de energia do smartwatch não está somente na captura de calor do corpo, mas em um painel solar que fica no próprio produto e que completa a energia necessária para funções inteligentes, como monitoramento de exercícios físicos e algumas notificações.

O problema de ter apenas a energia térmica do corpo como fonte é que o relógio precisa de uma diferença mínima de temperatura entre o ambiente e o pulso. De acordo com a própria fabricante, em ambientes com temperatura do ar em no máximo 15 graus, a bateria é recarregada até mesmo com o usuário sentado e imóvel.

Em até 21 graus, o carregamento sem movimento é lento e basta caminhar para recarregar a bateria. Em temperatura acima de 26 graus, a bateria não é carregada quando o dono não se move e, passando de 32 graus, não há possibilidade de carga em qualquer situação – a temperatura máxima, agora e em São Paulo, é de 32 graus.

O painel solar fica instalado nas bordas do smartwatch e é por isso que elas são bem grossas. A Matrix afirma que as células que capturam energia solar são eficientes o suficiente para que a recarga aconteça até mesmo com luz artificial, mas não comentou se a luz solar gera energia o suficiente para uso do smartwatch em ambientes quentes.

Outra novidade é que o PowerWatch 2 utiliza tela colorida e que fica ligada o tempo todo – ela pode ser desligada. O display tem 1,2 polegada, vem com GPS interno, leitor de batimentos cardíacos.

Tudo isso custa US$ 199 (quase R$ 750) e ainda está em estágio de protótipo no Indiegogo. A fabricante já conseguiu arrecadar quase 430% além do necessário para tocar o projeto e transformar em um produto real. A promessa de entrega para quem apoiar o crowdfunding está marcada para junho deste ano.

Após o período de financiamento coletivo, o valor do smartwatch estará em US$ 499, ou mais ou menos R$ 1,9 mil.

Com informações: The Verge.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.