Início » Computador » Huawei MateBook 13 é o mais novo rival do MacBook Air

Huawei MateBook 13 é o mais novo rival do MacBook Air

Confirmado na CES 2019, Huawei Matebook 13 é um notebook levinho que custa a partir de US$ 999 e vem para disputar mercado com o MacBook Air

Por
23 semanas atrás

A Huawei domina quando o assunto é smartphone — foram 200 milhões de unidades produzidas só em 2018. Mas a companhia chinesa também quer avançar em outros segmentos. A prova vem da CES 2019: entre os produtos da marca exibidos por lá está o MateBook 13, laptop que chega com a missão de fazer frente ao atual MacBook Air.

Huawei MateBook 13

O Huawei MateBook 13 não é exatamente uma surpresa. O modelo havia sido anunciado em novembro de 2018. Porém, só agora, com a CES 2019, é que a fabricante revelou mais detalhes sobre ele.

Comecemos pela ficha técnica. O MateBook 13 chega em duas versões. A mais barata, com preço sugerido de US$ 999, vem com processador quad-core Core i5-8265U, GPU Intel UHD Graphics 620, 8 GB de RAM e SSD de 256 GB. A bateria tem 42 Wh e autonomia estimada em 10 horas na reprodução de vídeos.

Huawei MateBook 13

Já o segundo modelo vem com chip quad-core Intel i7-8565U, 8 GB de RAM, SSD de 512 GB e GPU Nvidia GeForce MX150 com 2 GB de memória. Por essa configuração a Huawei cobra US$ 1.299. A bateria segue com 42 Wh aqui, mesmo com esse conjunto sendo mais exigente no consumo de energia.

As duas versões trazem tela IPS de 13 polegadas, resolução de 2160×1440 e proporção 3:2, além de 100% da gama de cores sRGB e brilho de 300 nits.

Talvez a conectividade seja o ponto fraco: o MateBook 13 tem apenas duas portas USB-C (uma de cada lado). Pelo menos a Huawei compensa essa limitação com um dock vendido separadamente que traz portas USB convencionais (tipo A), HDMI e Ethernet.

O MateBook 13 traz ainda NFC para compartilhamento de arquivos via Huawei Share 3

O MateBook 13 traz ainda NFC para compartilhamento de arquivos via Huawei Share 3

O notebook conta com design sóbrio, corpo de alumínio, 14,9 mm de espessura e peso de apenas 1,3 kg. O botão de liga / desliga também é digno de nota por incluir um leitor de impressões digitais. A Huawei chama atenção ainda para o interior: um mecanismo chamado Shark Fin 2.0 utiliza dois coolers silenciosos para mover até 25% mais ar do que um laptop convencional e, assim, garantir um bom resfriamento interno.

Ao contrário do MateBook X Pro — um rival para o MacBook Pro —, o MateBook 13 não possui aquela curiosa webcam no teclado que, por não ocupar espaço acima da tela, deixa as bordas desta mais finas.

Nos Estados Unidos, ambas as versões do Huawei MateBook 13 serão lançadas até o fim de janeiro.

Com informações: Ars Technica.