Início » Software » Firefox tem filtro que evita que conteúdo adulto seja sugerido em nova aba

Firefox tem filtro que evita que conteúdo adulto seja sugerido em nova aba

Discreto, filtro de páginas proibidas para menores existe no Firefox desde 2014 e te ajuda a manter a imagem de pessoa com bons costumes

Por
08/01/2019 às 15h03

Se você abrir uma aba no Firefox, ela mostrará, por padrão, os sites mais acessados, bem como páginas abertas recentemente. O problema é que se você visitar algum link proibido para menores de 18 anos, ele também vai aparecer ali. Ou não: o Firefox possui um discretíssimo filtro que barra automaticamente a indicação desses sites.

Foto por Kārlis Dambrāns/Flickr

O tal filtro não é um recurso novo. Vira e mexe algum usuário do Reddit reporta a descoberta dessa funcionalidade. A mais recente foi na semana passada. No entanto, a primeira implementação do filtro remonta a 2014.

Até que o funcionamento é simples: o navegador contém uma lista codificada em MD5 de sites com conteúdo não apropriado para certos horários, por assim dizer; se qualquer desses endereços for visitado, ele não aparecerá nas indicações de uma nova guia, mesmo se os acessos forem frequentes.

Não é que a Mozilla esteve esse tempo todo preocupada com a reputação de quem acessa esses sites. Talvez você se lembre que, em um passado não muito longínquo, a organização teve a ideia de rentabilizar abas recém-abertas com indicações para páginas de patrocinadores. O problema é que muitos anunciantes não iriam querer que seus links aparecessem ao lado de páginas adultas, daí o filtro.

Pelo mesmo motivo, a lista inclui sites de pirataria ou que, de alguma forma, disponibilizam conteúdo ilegal. Estima-se que aproximadamente 3 mil endereços foram cadastrados ali, embora não se saiba exatamente quais são eles, afinal, todos os links estão codificados, como já dito.

Páginas sugeridas no Firefox

Páginas sugeridas no Firefox (por Ars Technica)

Talvez, o detalhe que mais chama atenção nessa história é que a Mozilla desistiu (pelo menos por ora) de exibir links patrocinados entre as indicações de abas novas, mas o filtro continua lá, ativo.

Um amigo meu fez o teste: ele acessou várias páginas, entre elas, algumas com material adulto. De acordo com esse mesmo amigo, de fato, nenhuma delas apareceu entre as indicações de páginas recentes do Firefox.

Bom, qualquer ajuda para manter certos hábitos em segredo é válida, né? Nem sempre. Aparentemente, há usuários que gostariam que o Firefox não fosse tão camarada assim. Se é o seu caso (sem julgamentos!), basta digitar about:config na barra de endereços do navegador, procurar a opção browser.newtabpage.activity-stream.filterAdult e modificá-la para false.

Com informações: ZDNet, Ars Technica.