Início » Celular » Apple trocou 11 milhões de baterias de iPhone a preço baixo em 2018

Apple trocou 11 milhões de baterias de iPhone a preço baixo em 2018

Para Apple, programa de troca de baterias deu sobrevida a aparelhos antigos e contribuiu para deixar vendas de novos iPhones abaixo do esperado

Emerson Alecrim Por

No finzinho de 2017, a Apple se viu no meio de uma grande polêmica: a companhia reconheceu que reduz o desempenho de iPhones com baterias bastante usadas. Um programa global de troca de baterias foi criado para amenizar a situação. Graças a ele, 11 milhões de iPhones tiveram o componente trocado no decorrer de 2018.

iPhone 8 Plus e iPhone XS

iPhone 8 Plus e iPhone XS

A trama começou quando donos de iPhones notaram que seus aparelhos ficavam mais lentos com o passar do tempo. Pressionada, a Apple confirmou que a lentidão progressiva é intencional: a velocidade do processador é diminuída para aumentar a vida útil dos dispositivos.

Diante da chuva de críticas (e, presumivelmente, do risco de numerosos processos judiciais), a Apple criou um programa de troca de baterias válido até o fim de 2018 — a substituição do componente faz o desempenho do smartphone voltar ao normal.

O programa não era um recall, mas um serviço pago. A diferença é que a Apple diminuiu o preço da troca: nos Estados Unidos, por exemplo, o valor caiu de US$ 79 para US$ 29; no Brasil, de R$ 449 para R$ 149.

Assunto encerrado, certo? Mais ou menos. Bem no começo deste ano, a Apple revelou que vendeu menos iPhones no fim de 2018 do que esperava. A companhia atribuiu parte do problema justamente ao programa de troca de baterias: de acordo com Tim Cook, muita gente aproveitou o valor reduzido para substituir o componente em iPhones antigos e, assim, postergar a compra de modelos recentes.

Na ocasião, o que não tinha ficado claro era a quantidade de aparelhos que passaram pela troca de bateria. Essa informação veio à tona somente agora, vazada de uma reunião de Tim Cook com funcionários realizada em 3 de janeiro.

iPhone XS e iPhone XS Max

iPhone XS e iPhone XS Max

Fontes anônimas ligadas à Apple disseram a John Gruber, do Daring Fireball, que Cook relatou na reunião que 11 milhões de iPhones passaram pelo programa. Até então, a empresa costumava fazer entre um milhão e dois milhões de trocas de bateria por ano.

Os preços elevados dos modelos atuais, a competição acirrada com marcas chinesas e a desaceleração de alguns mercados provavelmente são fatores que pesaram mais no desempenho abaixo do esperado das vendas do iPhone.

Mas faz sentido que o programa de troca de bateria tenha tido alguma influência nesse cenário, ainda que mínima: 11 milhões de unidades é um número alto e sugere que muita gente realmente preferiu ficar mais tempo com aparelhos antigos, afinal, com a substituição do componente, o desempenho voltou aos padrões originais.

O detalhe mais irônico dessa história é que, provavelmente, a Apple só percebeu esse comportamento após a chegada dos iPhones XS, XS Max e XR: é possível que muita gente tenha esperado esses lançamentos para descobrir se valia mais a pena comprá-los ou recorrer à troca de bateria para manter modelos antigos por mais alguns meses.

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Keaton
Ou podia ser que nem a Venezuela...1:979.19591 que nem o VES....
Keaton
Me refiro ao fato que existem pessoas para trocar a bateria.Pessoas trabalham, pessoas são pagas. Simples assim.
Jefferson Rodrigues
Oi?
Lucas Santos
Podia ser pior, podia ser 1:10.
Keaton
Não to querendo defender a Apple, mas a bateria não se troca sozinha, né?
Keaton
nos Estados Unidos, por exemplo, o valor caiu de US$ 79 para US$ 29; no Brasil, de R$ 449 para R$ 149.79 = 449 = 1:5.6829 = 149 = 1:5.14Q
DanielBastos
Nem reclamo muito pq no total ja valeu a pena. Esse é o meu 3 importado e o primeiro que da problema. Se contar de parentes e amigos entao a coisa vai longe.Se comparar com os Morotolas que comprei, onde todos deram oficina (menos 1, que foi roubado antes de ter problemas) to ate bem no lucro.Contei mais pra demostrar que, precificando os problemas(e comprando no ML), ainda consigo ter um preco de menos da metade do valor cheio da Apple.
Jefferson Rodrigues
Esse é o lado ruim de importar smartphone. Comprei um e me arrependi.
Maicon Bruisma
E eu ainda não entendo o pq de diminuir o desempenho para melhorar a vida útil da bateria, na época vi isso acontecer com iPhone com menos de 6 meses. A bateria já é ruim, aí fica pior e o aparelho fica claramente lento, como aconteceu com meu 6s e o 7 Plus do meu brother
DanielBastos
Eu to vendo se importo uma pro meu xiaomi 5s plus.La fora tava 40 reais. No ML, ja no BR tava uns 70. Ate ai, um valor OK.Mas, por causa da Anatel que ta fazendo jogo duro pra importar qualquer eletronico e da Anac, que decidiu que nao pode trazer de avião, o preco saltou pra 200 no ML com apenas 1 vendedor que ainda tem em estoque.To na duvida se pago o preco Apple ou pego um novo. Hahha.Mas um amigo meu que trabalha com manutencao de cel tava me dizendo ontem que a media é por ai mesmo.A Apple ja é overpriced ate quando faz promoção
Franco Luiz
Ate hoje brigo na justiça pelo meu iphone 5 que explodiu , levei na loja apple na epoca tinha 5 anos de garantia para bateria que inchava nessa linha .... N quizeram conserta 2 semanas depois ele explodiu o aparelho tinha apenas 2 anos a tela começou a subir do nada e vazar luz so sei que o aparelho virou pó
Jefferson Rodrigues
Na verdade, eu errei. Fiquei curioso e liguei para a autorizada, que fica na minha cidade, eles vendem a bateria do K10 Power por R$ 250. Liguei, também, para uma assistência técnica da própria LG, que fica em SP, e eles vendem a mesma bateria pelo valor de R$ 60. Fiquei abismado pela diferença de preço.
DanielBastos
Nao sei qual seu aparelho, mas a media dos precos de bateria da xiaomi ta entre 50 e 70 bolso.
ricms
Mais um aqui que espera uma sobrevida de mais dois anos para o iPhone 7+ com a bateria nova.
Jairo ☠️
Os clientes agradecem que a eipó cobrou preço justo pela troca de bateria , não o superfaturado de antes.
Leandro Nascimento
eu ia comentar exatamente isso hahaha nem uma bateria AGM de carro com Start/stop custa isso
DeadPull
a Apple só percebeu esse comportamento após a chegada dos iPhones XS, XS Max e XR: é possível que muita gente tenha esperado esses lançamentos para descobrir se valia mais a pena comprá-los ou recorrer à troca de bateria para manter modelos antigos por mais alguns meses.Mas isso é lógico. Vale muito mais a pena gastar U$ 29,00 ou R$ 150,00 pra deixar o aparelho novo em folha do que torrar mais de U$ 1000,00 ou mais de R$ 7000,00 em um aparelho novo com desempenho praticamente igual ao do antigo.
DeadPull
Nem bateria de carro custa esse valor.
Arley Martins
Óbvio, bem mais barato pagar R$149 para troca a bateria do que pagar no minimo 999 dólares + 7% de impostos nos USA, depende de onde a pessoa comprar la e gastar ao todo 4.2k e ou 999 dólares + 7% do que 29,90 dólares.Tudo isto mostra a má fé da empresa com os clientes.
Jefferson Rodrigues
Todo mundo deveria fazer isso. Eu troquei a bateria de um samsuSaque tinha para nao precisar comprar outro.
MicCaptchA
Não é pilantragem, é feature.
MicCaptchA
Fui um dos que deu risada da situação
Jefferson Rodrigues
Fica evidente que empresas aumentam, propositalmente, o preços de componentes para que o usuário nao conserte o produto e compre outro. Como uma bateria de baixa amperagem pode custar R$ 449?A bateria do meu aparelho, que é de 4400 mah, custa R$ 150.Essa Apple é pilantra mesmo!!
Douglas Souza Luz
fui um dos que segurou a troca do aparelho e preferiu trocar a bateria.