Início » Segurança » Tesla oferece Model 3 para quem conseguir hackear carro

Tesla oferece Model 3 para quem conseguir hackear carro

Além do Model 3, há um prêmio de US$ 15 mil para quem encontrar algum bug em qualquer parte do sistema do veículo

Por
14 semanas atrás

A Tesla está colocando à prova o sistema de segurança do Model 3, ao entregar o próprio sedan elétrico como prêmio para quem conseguir invadir os sistemas do veículo. O concurso, com nome de Zero Day Initiative, acontecerá na Pwn2Own, evento marcado para o mês e que vem na cidade canadense de Vancouver.

Tesla Model 3 (imagem: divulgação)

O Model 3, que já sofreu bastante com atrasos na entrega e que colocou uma fila de espera de quase um ano para os compradores, foi entregue nas mãos da Trend Micro, que é a empresa que organiza a Pwn2Own. O evento é voltado para que desenvolvedores quebrem a segurança de diversos produtos, como navegadores, programas de virtualização, aplicações de empresas, softwares para servidores e, inaugurada na versão deste ano, a categoria de automóveis.

Além do carro, há produtos do Google, Microsoft, Apple, Oracle e VMware na mesa de quebra de segurança. Algumas empresas oferecem algum tipo de prêmio para quem conseguir encontrar brechas na proteção de seus produtos e a Tesla vai dar um Model 3, para quem invadir o sistema do veículo.

Não é a primeira vez que a empresa de Elon Musk quer colocar um cheque na mão de alguém que encontre vulnerabilidades em seus carros. No ano passado a Tesla aumentou a recompensa para US$ 15 mil (aproximadamente R$ 56 mil) que foi colocada desde 2014, com o objetivo de encontrar bugs em qualquer parte do serviço do carro – seja no próprio veículo, ou no servidor, por exemplo.

O programa de recompensa da empresa já resultou em uma grande quantidade de atualizações para o software que controla o carro, focando principalmente na criptografia dos dados que ele utiliza.

Com informações: TechCrunch.

Mais sobre: ,