Início » Internet » O YouTube precisou proibir vídeos perigosos após desafio de Bird Box

O YouTube precisou proibir vídeos perigosos após desafio de Bird Box

A rede social será mais rígida com vídeos de desafios e brincadeiras perigosasA rede social será mais rígida com vídeos de desafios e brincadeiras perigosas

Victor Hugo Silva Por

Os vídeos de desafios estão entre os mais populares do YouTube, mas parecem estar saindo do controle principalmente por conta de Bird Box. Vários usuários estão tentando se passar pelos personagens do filme e realizar tarefas como andar pela rua e até mesmo dirigir enquanto estão vendados.

A ideia não tem dado certo em diversas situações e chegou a causar um acidente de carro em Utah, nos Estados Unidos. Para evitar problemas ainda mais graves, o YouTube atualizou sua política e aumentou a rigidez sobre vídeos com desafios e brincadeiras perigosas.

O YouTube precisou proibir vídeos perigosos após desafio de Bird Box

Segundo a plataforma, as diretrizes externas foram revisadas "para deixar claro que desafios como o do Tide Pod ou do fogo, que podem causar morte e/ou causaram mortes em alguns casos, não têm lugar no YouTube".

Coincidência ou não, o anúncio foi feito quatro dias após o acidente de Utah. A polícia local classificou a colisão como um "resultado previsível" causado por uma motorista de 17 anos que estava dirigindo com os olhos vendados.

O filme se tornou tão popular que a Netflix foi obrigada a pedir cuidado em letras garrafais: "Não posso acreditar que tenho que dizer isso, mas: POR FAVOR, NÃO SE MACHUQUEM COM ESSE DESAFIO DE BIRD BOX".

Os vídeos que violam as regras já podem ser removidos, mas o YouTube dará dois meses para donos de canais revisarem seu conteúdo até que canais possam ser banidos por conta de desafios e brincadeiras perigosas.

A medida também vale para as brincadeiras que levam pessoas a pensaram que estão em perigo, como as que simulam invasões de domicílio e tiroteio (sim, isso existe). "Precisamos garantir que o que é engraçado não cruza a linha de ser também prejudicial ou perigoso", afirma a rede social.

O YouTube ainda promete banir vídeos em que crianças são levadas a um sofrimento emocional grave, podendo causar traumas. A plataforma afirma ter definido com psicológos quais brincadeiras passam dos limites e apontou a falsa morte de um dos pais e o falso abandono como alguns dos exemplos.

A atualização da política também prevê penalizações para quem personalizar as miniaturas dos vídeos com pornografia ou violência gráfica e para quem incluir no YouTube links de sites pornográficos ou que contenham spam ou malware.

Com informações: YouTube, TechCrunch, Mashable.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sandro

Acho engraçado a política do Youtube, se incomoda com algumas coisas perigosas e releva outras tão perigosas quanto. O que tem de marginal que grava e posta vídeos utilizando vias como pista de corrida e Youtube não faz nada é uma enormidade, e eles ficam quietinhos.

Keaton

Ele deve estar é rindo. Pessoal provando a teoria dele.

ZecaRaio

Agora as pessoas não podem mais nem ser idiotas em paz.
O mundo já tem idiotas demais, deixem a seleção natural fazer seu papel no controle populacional.

Daniel Plainview

Deixem Darwin trabalhar em paz

Juninho

Isso só reforça que a maioria dos seres humanos são completamente idiotas, não tem novidade nenhuma nessas matérias que se vê gente praticando as coisas mais absurdas, o grande problema é afeta as pessoas que não tem nada com essas idiotices

Diogo

Pois eu assisti e gostei bastante, só não gostei do final, mas é bom filme.

Ramon

Falam de assuntos que não dominam, vc acabou de definir o nano moura

Marcos Soares Santos

quero um reality show disso na globosat AGORA

Zé das Covi

só lembrar que os carros são como as lanchas

ricms

Então, o problema está na palavra "venera", que transformam esses caras em deuses mitológicos com seus seguidores acéfalos. Mas critico a generalização, Não digo Irmãos Neto pq a faixa etária é diferente, mas tendo um bom senso crítico e um filtro é possível extrair entretenimento dessa turma aí.

Heitor89

Pior que não, cara. Não to nem aí pro Nando Moura e todos esses outros "youtubers" que citei. Até pq eles produzem "conteúdo" totalmente irrelevante, geram intrigas entre si, fofocas, falam de assuntos que nem dominam mas mesmo assim têm uma legião de seguidores que os venera e enriquece.

ricms

Se tu tivesse lido alguma coisa desse cara que vc usa como perfil, iria entender que se tem mercado, não tem problema nenhum haver concorrência em oferecer o serviço. Agora pq a sua mente erudita só aceita obras conceituais ou arranjos compostos antes do século XIX e discorda da qualidade do trabalho dos outros, isso não significa que não exista toda uma produção por trás de todo esse conteúdo.
PS. mais uma vez se mordendo pelo 89?

ricms

Pela birrinha do cara do comentário com o filme, fisicamente pode ter nascido em 89, mas o resto se assimila com o adolescentes q foi descrito nos comentários.
E vc q sentiu as dores do amiguinho, se sentiu parte do grupo criticado?

Heitor89

Pior que eu nasci em 89 mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Deixa a criança me criticar, não to nem aí. Estamos numa democracia e tenho direito a dar minha opinião. Quase nenhum filme na netflix presta, e mesmo os que são lançados hj em dia nos cinemas. Saudades dos filmes dos anos 90 e década passada. Falando nisso vou ver hoje Desejo de Matar 3.

John Smith
Produzir conteúdo é não trabalhar?


Compor música e fazer barulho são coisas bem distintas.

Exibir mais comentários