Início » Celular » Oppo confirma câmera de celular com zoom óptico de 10x

Oppo confirma câmera de celular com zoom óptico de 10x

Câmera com zoom de 10x é baseada em mecanismo que lembra um periscópio; Oppo ainda não informou quais smartphones contarão com a tecnologia

Emerson Alecrim Por

Tal como prometido, a chinesa Oppo confirmou, nesta quarta-feira (16), o desenvolvimento de uma câmera para smartphones capaz de aplicar zoom óptico de até 10x. A tecnologia é semelhante à câmera de 5x que a companhia revelou no MWC 2017, mas traz alguns incrementos.

Chamada de 5x Dual Camera Zoom, a câmera demonstrada em 2017 era dupla e tinha um mecanismo inspirado nos periscópios de submarinos. Basicamente, o primeiro sensor era convencional enquanto o segundo havia sido rotacionado em 90 graus e trazia lente teleobjetiva. Uma espécie de prisma era usada para direcionar a luz ao segundo sensor.

Apesar de engenhosa, a 5x Dual Camera Zoom nunca passou da fase de protótipo, ou seja, não foi disponibilizada em nenhum smartphone produzido comercialmente. O motivo, provavelmente, é a necessidade de aprimoramento da tecnologia.

Esse aprimoramento aparece agora, com a câmera de 10x. Em vez de duplo, a nova câmera traz um sistema triplo de sensores: um principal, outro com lente ultra grande angular, o terceiro com lente teleobjetiva e o mecanismo semelhante a um periscópio — o posicionamento em 90 graus dá espaço suficiente para que os elementos ópticos possam se mover para aplicação de zoom.

Juntos, os três sensores conseguem trabalhar com uma distância focal que varia entre 15,9 mm e 159 mm para oferecer o zoom de até 10x sem perda de qualidade (será?). A câmera principal e a que traz a teleobjetiva contam ainda com estabilização óptica de imagem (Dual OIS). A Oppo só não deu detalhes sobre a abertura.

Câmera de 10x da Oppo

De acordo com a empresa, esse sistema de câmeras já está pronto para ser adotado em escala comercial. Não ficou claro, porém, se a companhia pretende disponibilizá-lo em algum smartphone a ser lançado em breve. Há rumores de que essa tecnologia estreará no Oppo F19, mas são só… rumores.

A Oppo promete dar mais informações no MWC 2019, de qualquer forma. O evento está marcado para a última semana de fevereiro. Nele, a companhia também apresentará um sensor de impressões digitais para tela com área ativa até 15 vezes maior na comparação com o leitor biométrico do Oppo R17. O componente também terá capacidade para ler até duas digitais simultaneamente.

Com informações: The Verge, Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe Xavier

Se você acha mesmo que 1/150 é ok, tudo bem. Eu sei que, pra um sensor desse tamanho e em cenas noturnas, o ISO será elevado ao máximo e talvez com esse tempo ainda saia um quadrado preto.
Esse tempo de exposição é irreal em cenas noturnas. Se o OIS conseguir segurar ao menos pra metade disso, ainda não será uma condição ideal.

Rmavalli

Normalmente a regra usada é Tempo de exposição <= 1/df. Para ficar borrada com esse tempo de exposição tem que mexer bastante o celular na hora da foto.

Fabio Santos

Eu tenho a tecnologia no Mi8 explorer de fato é legal biometria na tela, porém como o amigo citou autonomia de bateria que é bom nada.
Por mais que se carregue rápido os geeks atualmente é triste e lamentável ver avanços em bateria bem lentos

Douglas Souza Luz

Ah, mas isso com certeza. Toda tecnologia evolui com o tempo, logo isso vai ter uma qualidade maior, com certeza. De qualquer forma tenho certeza que maioria das fotos durante o dia vao sair com uma qualidade totalmente aceitavel, praticamente nao tem camera ruim hoje em dia.

Baidu feat MC Brinquedo

É só o começo de tudo. Lembra das primeiras câmeras nos celulares? Eram horríveis! Mas amadureceram bastante com o passar do tempo.

Maxnoob

Não tive essa oportunidade ainda. Mas isso não exclui o fato de que esta tecnologia de leitura biométrica só foi adaptada para funcionar na tela e termos mais espaço frontal.
No entanto não chega a ser uma inovação revolucionária.

Eric Viana

Você não testou o OP com leitor de digitais na tela? Eu vi de perto e olha... só não comprei um porque quero espaçar mais o consumo de celulares... Acho que vou comprar o 7T em algum momento futuro se houver.

Maxnoob

Coisa de tarado né?

Maxnoob

Tenho um oneplus 5. Um celular que hoje, ainda bate de frente com muito top de linha.
O que realmente me interessa nessa altura do campeonato é mais bateria somente. Não é visível inovação nessa linha de 2018, provavelmente em 2019 teremos um dejavu em relação a falta de inovações.

Pegasus

Há dois anos eu não consigo ver nenhuma recente "inovação" que me faça querer trocar de celular. Se esse smartphone da matéria não for voltado para um nicho específico, não consigo ver sucesso comercial.

Felipe Xavier

O que eu quero saber mesmo é como vão conseguir ter imagens aceitáveis com uma distância focal equivalente aos 159mm.
Por mais que o OIS seja bom, ele precisa ser MUITO bom para aguentar o movimento das mãos e não produzir somente imagens borradas. Durante o dia, ok, mas a noite pode ser um desastre total.

Emanuel

É o mesmo sistema que aquele Zenfone Zoom usava?

Marcos

aí depende da espessura do aparelho, se tiver uns 9mm acho que não precisa ser tão pequeno. ou então podem fazer a parte de cima mais gordinha, estilo motorola droid razr.
Aliás, que saudade desse aparelho, cúmulo da elegância...

Capitão Caverna

Agora chegou a vez do zoom em todos os smartphones.
PQP

Douglas Souza Luz

com certeza um sensor minusculo pela forma que fica posicionado e uma abertura não muito grande também. o zoom talvez não cause perca de qualidade mas uma comparação com a lente principal deve revelar uma qualidade bem abaixo da média.