Início » Celular » Comparativo: Galaxy Note 9 ou iPhone XS Max, qual é melhor?

Comparativo: Galaxy Note 9 ou iPhone XS Max, qual é melhor?

Dois gigantes de Apple e Samsung comparados (na medida do possível); você já escolheu?

Por
38 semanas atrás

Comparativo Galaxy Note 9 vs iPhone XS Max

Samsung Galaxy Note 9 e iPhone XS Max são dois gigantes poderosos fabricados por Samsung e Apple que despertaram a atenção em 2018 e pesam no bolso (física e financeiramente) de quem opta por comprar um deles. Comparamos, na medida do possível, os dois smartphones para tentar ajudar na difícil tarefa de escolher entre gastar seu dinheiro na sul-coreana ou na maçã. Lembrando que o comparativo é feito com base nos reviews (sim! nós testamos) e em outras impressões aqui e ali sobre essas belezinhas.

Alguns dos ítens vão aparecer como empate. Afinal, muitas dessas escolhas são de gosto pessoal. Mas aquelas que podemos traçar comparativos mais objetivos estão todas aqui.

Vamos lá?

Design e tela: Empate

Diferente do iPhone XS que tem uma tela de 5,8″ que funciona bem para assistir vídeos, jogar e tem bom manuseio, o iPhone XS Max é, como diz o nome, maior. A versão Max da Apple tem 6,5″ de tela. O que faz o peso saltar de 177 gramas do XS para 208 gramas do XS Max. O suficiente para causar algum incômodo ao digitar, pesar no bolso e até no pulso. O Galaxy Note 9 quase chega lá, com 6,4″ de tela e 201 gramas. Em tamanho ” tudo igual”.

A Samsung deu preferência a uma tela Super AMOLED sem notch, com laterais curvadas e a Apple… bem, a Apple colocou aquele entalhe/franja safadinho lá em cima da Super Retina HD e muita gente ficaria mais feliz sem ele. Do tamanho que está, acaba ocultando informações importantes, como a porcentagem da bateria e o status do “Não Perturbe”.

iPhone XS Max

Ambos tem uma bela traseira de vidro, quase sem bordas, o que obriga a ativar o bom senso e usar uma capinha protetora, ainda que muitos não curtam. Outra diferença clara no design, além do notch, é a ausência da entrada P2 para fone de ouvido no iPhone XS Max. No Note 9 você ainda vê uma gaveta para a S Pen, que funciona como controle remoto (!).

Brilho, contraste e cores não são um problema com nenhum dos deles. Escolher entre os dois pode se concentrar em “com ou sem notch” e “com ou sem P2”, e isso é gosto pessoal.

Com 3D Touch, a tela do iPhone XS Max tem resolução de 2688 x 1242 pixels a 458 ppp (pixel por polegada). A tela do Galaxy Note 9 é superior em números: 2960 x 1440 pixels com 516 ppp.

Cores iPhone XS Max

Prateado, cinza-espacial e dourado.

Cores Galaxy Note 9

Ocean Blue (azul)*, Midnight Black (preto)*, Lavender Purple (lilás),

Metallic Copper (cobre)*, Cloud Silver (prata) e Alpine White (branco).

*No Brasil

Software: Empate

Concentrando a discussão nos recursos novos, o iOS 12 avançou no que diz respeito a central de notificações e a integração com gerenciadores de senha para quem usa Face ID. Isso torna situações como fazer login e preencher formulários menos chatas. A tecnologia fica mais transparente e você não precisa fazer nada; basta olhar a tela e ser reconhecido.

iOS 12 Bedtime

 

O Galaxy Note 9 traz o mesmo Android 8.1 (Oreo) do Galaxy S9 e o que se destaca são os recursos adicionais para a S Pen como fazer uma anotação à mão rapidamente, sem desbloquear o aparelho. Mas a grande novidade é que a caneta ganhou conexão Bluetooth e pode funcionar a dez metros de distância para abrir aplicativos, ativar a câmera, voltar ou avançar de slide no PowerPoint e etc. A API é aberta, então o céu é o limite para a S Pen.

Lembrando que o Memoji (iOS) continua sendo mais fofinho que o estranhíssimo My Emoji, que surgiu no Android do Galaxy S9. A Siri continua se aperfeiçoando no português, enquanto a Bixby é só promessa. E a atualização do Note 9 para o Android 9 (Pie) está prevista para o início de 2019 e certamente vai dar fôlego novo ao smartphone sul-coreano.

Nesta altura do campeonato, não dá para dizer qual software é o melhor. Tudo vai depender dos seus hábitos de uso, do ecossistema dos seus outros aparelhos (tablets, smart TVs, computador) e o quanto você gosta de fuçar as coisas. Enquanto a Apple oferece uma proposta mais redonda e confortável — comprou e usou — o Android é mais personalizável.

Câmera: iPhone XS Max

Atenção a um ponto importante: os iPhones aderiram ao efeito de embelezamento e é nítida a diferença entre uma selfie tirada com o anterior iPhone X e outra com o iPhone XS Max. A pele fica mais clara, lisa e até as marcas de expressão ficam mais sutis. O efeito fica ainda mais forte com baixa iluminação. Não é exagerado, mas controlar a intensidade cairia bem.

iPhone XS Max - Teste de câmera / Foto sem edição

Na câmera traseira falta um modo manual, coisa que qualquer Android tem. Mas as fotos tiradas pelo iPhone XS Max têm qualidade incrível em qualquer condição de iluminação. O modo HDR da Apple melhorou bastante, permitindo fazer fotos contra o Sol, por exemplo. A facilidade, porém, é apontar e clicar. Qualquer pessoa faz boas fotos usando um iPhone.

Câmeras iPhone XS Max (mesma do iPhone XS):

  • Câmera TrueDepth de 7 MP (câmera frontal)
  • Câmera dupla de 12 MP com lentes grande-angular e teleobjetiva (câmera traseira)

O hardware da câmera do Note 9 é o mesmo do Galaxy S9+. As fotos da câmera traseira, assim como no iPhone XS Max, têm qualidade em qualquer condição de iluminação. Em ambientes claros, porém, o HDR se destaca, deixando todos os detalhes muito visíveis. O software tem pós-processamento equilibrado, mas suaviza rostos em selfies e retratos mesmo com embelezamento desligado (rosto mais homogêneo e com um tom mais frio).

 

O que pode empolgar são as novidades relacionadas ao software da câmera que identifica 20 tipos de cenas como flores, comida ou paisagem, para ajustar cores automaticamente. Outro recurso detecta falhas humanas, como lente suja, contraluz ou até se alguém piscou.

Câmeras Galaxy Note 9

  • Câmera para selfie de 8 MP (câmera frontal)
  • Câmera dupla de 12 MP com zoom óptico de 2x (câmera traseira)

As fotos do iPhone XS Max encantam e parecem um pouco “mais naturais”, dado que a Apple segura a mão no HDR. Já as correções da câmera do Note 9 acabam ajudando em ambientes mais escuros e prevenindo aquelas fotos que dariam errado por algum descuido.

Desempenho: iPhone XS Max

Falando em processador, o iPhone XS Max é melhor; na teoria e na prática. O Chip A12 Bionic com a nova geração do Neural Engine é muito mais processador que Snapdragon 845. Explico: o A12 Bionic é o melhor processador para smartphones disponível no mercado. Qualquer discussão sobre isso é chover no molhado. Engasgos e lentidão são raros; e ainda não existem games na App Store que consigam aproveitar todo o seu poder.

iPhone XS Max

 

A versão do Galaxy Note 9 que veio ao Brasil é a equipada com o processador Snapdragon 845, o mesmo do Galaxy S9 — e não com o Exynos 9810. Existem algumas diferenças entre os chips: basicamente, o Qualcomm costuma ser mais rápido e o Samsung tende a economizar bateria. Comparado ao iPhone XS Max, é um banho. Para ter ideia, o Galaxy Note 9 fica atrás do iPhone X (modelo anterior ao XS Max) em testes de desempenho.

Bateria: Galaxy Note 9

Conforme testes do GSM Arena, o iPhone XS Max é alimentado pela maior bateria que a Apple colocou em um smartphone até hoje — uma célula de Li-Ion com capacidade de 3.174 mAh. Já a Samsung, aumentou a capacidade da bateria no Galaxy Note 9 para 4.000 mAh, 21% a mais que os 3.300 mAh do Galaxy Note 8. O boa eficiência de energia da Apple, porém, compensa a capacidade menor da bateria, sem superar o Galaxy Note 9.

No teste de bateria no iPhone XS, ele pode fazer cerca de 16 horas de chamadas, 11 horas de navegação na Web ou 14 horas de vídeo com uma única carga. Todas as três pontuações aumentaram de uma ou duas horas a partir dos números do iPhone XS.

Nos mesmos testes, o Galaxy Note 9 durou pouco menos de 17 horas de reprodução de vídeo — mesmo resultado que o S9+ —  e algumas horas a mais que o Note 8. No teste de navegação na web, o Note 9 durou 12 horas e 30 minutos. Nas chamadas de voz, o aparelho da Samsung pode durar mais de 28 horas em uma rede 3G/4G conforme o site.

Ambos carregam por indução (sem fios), mas continuam pedindo tomada todos os dias.

Capacidade e Conectividade: Galaxy Note 9

Você vai encontrar o iPhone XS Max com 64 GB, 256 GB ou 512 GB de armazenamento. O Galaxy Note 9 apenas nos modelos de 128 GB (6 GB de RAM) ou 512 GB (8 GB de RAM).

Em conectividade, o Galaxy Note 9 se destaca. Para quem é indispensável um segundo número de celular, o aparelho da Samsung é dual SIM (naquele modelo híbrido que converte o slot do cartão para um MicroSD com expansão de até 512 GB de espaço). Como dito anteriormente, outra conexão favorável é a de fone de ouvido P2 (3,5mm), com fios.

Vale notar que iPhone XR, XS e XS Max, que possuem bandeja para um SIM Card, são compatíveis com eSIM. Isso permite que o celular opere com duas linhas de telefone móvel ao mesmo tempo, sem precisar de uma bandeja para dois chips. Algumas operadoras já trabalham com eSIM no Brasil, vale a pena acompanhar o progresso dessa tecnologia.

Recursos Adicionais: Galaxy Note 9

Destacaria no iPhone XS Max o que falta, para um smartphone tão caro (falamos do preço a seguir). Mesmo sendo um celular premium, ele não vem mais com o adaptador de fone de ouvido (3,5 mm) para Lightning dentro da caixa (!) e carregador de tomada de só 5 watts.

Enquanto isso, o Galaxy Note 9 vem com a nova S Pen integrada que funciona também como um controle remoto para todo o tipo de atividade à distância e é compatível com o Samsung DeX, um dock que transforma um celular ou tablet Galaxy em um PC desktop.

Samsung Galaxy Note 9

Preço: Galaxy Note 9

No lançamento, o preço do Galaxy Note 9 foi de R$ 6.499 (512 GB) e R$ 5.499 (128 GB). Esse valor já caiu e já é possível encontrar a versão mais barata por cerca de R$ 3.900. Enquanto isso, o iPhone XS Max segue no trono a insuperáveis R$ 7.999 (64 GB) na Apple Store. Se você quiser mais espaço, pode desembolsar R$ 8.799 (256 GB) ou R$ 9.999 (512 GB). Com o preço do iPhone XS Max mais barato, você compra dois Galaxy Note 9 e sobra.

Quem leva a melhor: Galaxy Note 9

A Samsung levou a melhor, por 6 a 4, quando o foco é preço, conectividade, bateria e recursos adicionais. Principalmente no Brasil, onde os valores do iPhone podem se tornar impeditivos. Isso não quer dizer que o iPhone XS Max é um mau aparelho.

De jeito nenhum!

Porém, é preciso considerar a acessibilidade de compra dado o valor do Samsung.

A decisão de compra, tratando-se de smartphones topo de linha com sistemas tão diferentes (Android/iOS) é totalmente sua. Ambos se aproximam muito em qualidade em quase todos os quesitos, fazem ótimas fotos e tem alto desempenho. Detalhes, porém, vão atender demandas que talvez sejam mais ou menos importantes para você.