Início » Negócios » Netflix lucrou menos no final de 2018 e diz que Fortnite é maior rival

Netflix lucrou menos no final de 2018 e diz que Fortnite é maior rival

Graças a filmes como Bird Box e Roma, Netflix conquistou 8,8 milhões de assinantes no quarto trimestre de 2018; mesmo assim, lucro líquido diminuiu

Emerson Alecrim Por

Na mesma semana em que anunciou um aumento de preços em vários países — o Brasil não está entre eles —, a Netflix divulgou o relatório financeiro referente ao último trimestre de 2018 (PDF). O documento traz revelações interessantes: uma é que o número global de assinantes subiu para 139 milhões; outra é que a companhia considera Fortnite um rival mais forte que a HBO.

Netflix / Freestocks / Unsplash

Netflix: 139 milhões de assinantes e contando

No quarto trimestre de 2018, a Netflix registrou 8,8 milhões de novos assinantes. Destes, 1,5 milhão corresponde a usuários nos Estados Unidos. Os 7,3 milhões restantes são provenientes de outros países. Esses números fizeram a companhia fechar o ano com 139 milhões de assinantes, globalmente falando.

Essas 8,8 milhões de contas estão bem acima da previsão inicial, de 7,6 milhões de novos assinantes para o período. E olha que esses números não consideraram usuários que usufruíam do primeiro mês gratuito para testes.

Em contrapartida, a receita registrada no período ficou um pouco abaixo do esperado: a Netflix arrecadou US$ 4,19 bilhões, mas esperava-se US$ 4,21 bilhões. Já o lucro líquido para o trimestre foi de US$ 133,9 milhões, queda de quase 28% em relação ao mesmo período de 2017.

A variação da cotação do dólar em várias partes do mundo foi apontada como a principal causa para a queda no lucro.

Roma e Bird Box fizeram a diferença

Frequentemente, a Netflix atribui às suas séries a expansão do número de assinantes. No último trimestre não foi diferente. Produções originais como a espanhola Elite e a série de terror A Maldição da Residência Hill fizeram bastante sucesso no período. Só para dar um exemplo mais claro, Elite foi assistida por 20 milhões de pessoas só nas primeiras quatro semanas após o seu lançamento.

A Maldição da Residência Hill

A Maldição da Residência Hill

Chama atenção, porém, a relevância de filmes originais. Em sua carta aos investidores, a Netflix destacou que essas produções estão começando a igualar as séries em termos de popularidade. Dois grandes trunfos para o período foram o elogiadíssimo Roma e Bird Box — com Sandra Bullock como protagonista, o filme foi assistido em mais de 80 milhões de domicílios nas suas primeiras quatro semanas.

Produções como O Mundo Sombrio de Sabrina, Narcos: México e Dumplin' (comédia com Jennifer Aniston que foi lançada em novembro de 2018, mas só vai chegar no mês que vem à Netflix brasileira) também ajudaram a alavancar a audiência.

Na carta aos investidores, a Netflix deu ênfase a essas e outras produções como que para dizer que, apesar do alto valor investido, apostar em conteúdo original é uma estratégia fundamental, tanto para a manutenção da base de usuários quanto para a obtenção de novos assinantes.

Bird Box

Bird Box

Nosso maior rival é o Fortnite

A Netflix reconhece serviços como HBO, Amazon Prime Video e YouTube como rivais importantes, especialmente nos Estados Unidos. No entanto, a companhia afirma que compete mais com o Fortnite do que com a HBO.

Por que a companhia diz isso, se Fortnite é um jogo? Certamente há um ar de provocação aqui, mas o que a Netflix quer dizer é que a sua principal dificuldade nos dias atuais é a disputa pela atenção. O desafio da empresa, portanto, é fazer a sua plataforma ser tão atraente quanto outras formas de entretenimento.

"Nosso foco não está no Disney+ ou na Amazon, mas em como podemos melhorar a experiência para nossos usuários", diz a empresa, que espera encerrar o atual trimestre com pelo menos 148 milhões de assinantes no mundo todo.

Com informações: TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce

(favor ver minha resposta ao @doorspaulo:disqus)

Tiago Félix

Eles até lançaram um "jogo", aquele episódio de Black Mirror. Com absoluta certeza era um teste A/B para medir a aceitação do público.

Acho que falam sério quanto ao objetivo deles serem "entretenimento" no geral, incluindo jogos, porque não?

Incrível como nenhuma "super" produção do netflix me atraiu; borbox, blackmirror , resident hill pra mim foram todas bem méhh...

Caleb Enyawbruce

O termo "jogos" já muda tudo. A propria materia diz "Certamente há um ar de provocação aqui" no que se refere ao Fortnite. Os caras zoam até na divulgacao de resultados da empresa

Caleb Enyawbruce

nao falei "serviço da Disney". Falei Disney. A empresa q ja começou faz tempo a nao renovar seus conteudos da Netflix e dizer q nao vai dar continuidade a propriedades suas cujas series sao exclusivas Netflix (como DareDevil).

Caleb Enyawbruce

that's what i'm talking about

Tesento Avara

É isso. Pode até haver certo deboche ou qualquer tirada do tipo na afirmação da Netflix, mas o fato é que a disputa é com qualquer "coisa" que direcione para si o tempo dos usuários e gere entretenimento, que no fim das contas é o fator principal. Fato é que para esses serviços é um desafio constante capturar o valor do mercado e aumentar a permanência dos usuários consumindo.

No mínimo interessante essa visão mais holística, porque por vezes olhamos só nossos concorrentes diretos por similaridade de produto/serviço, mas esquecemos o objetivo fim que leva os usuários a aderir ou não ao que ofertamos.

doorspaulo

Mas faz sentido.

O que ela vende é "tempo de entretenimento" ao usuário.

Jogos, hoje, ocupam bastante tempo do pessoal, que acaba deixando de assistir séries e outras coisas para jogar com os amigos.

Eu sou um desses, que acabei cancelando a Netflix pois, durante a semana, passava mais tempo jogando com os amigos (PUBG, que fique claro), do que assistindo séries e outras coisas.

A disputa é pelo tempo do usuário, independente da mídia.

Bruno Sousa

Esse tom condescendente da Netflix é uma das coisas mais ridículas da empresa.

https://twitter.com/netflix...

Felipe Teodoro

Não faz sentido ela falar que foi a Disney, sendo que ela não lançou o serviço dela

Caleb Enyawbruce

Fortnite na cadeia. Acho tosco empresa que fica fazendo graça em analise de resultados. Assume: a Disney é seu maior rival a curto, médio e longo prazos.