Início » Computador » Raspberry Pi lança Compute Module 3+ com até 32 GB de armazenamento

Raspberry Pi lança Compute Module 3+ com até 32 GB de armazenamento

Voltada a aplicações industriais, placa Raspberry Pi Compute Module 3+ (CM3+) chega em quatro versões e tem preços oficiais variando entre US$ 25 e US$ 40

Por
30 semanas atrás

A Raspberry Pi Foundation começou a semana com o lançamento do Raspberry Pi Compute Module 3+ (CM3+). A nova placa é direcionada a dispositivos industriais ou comerciais e vem em quatro versões. Os preços oficiais variam entre US$ 25 e US$ 40.

Raspberry Pi Compute Module 3+

Como o nome indica, a novidade é baseada no Compute Module 3 (CM3), lançado em 2016. A nova versão lembra bastante a anterior, portanto. A principal diferença está no comportamento térmico, que foi melhorado no CM3+.

Essa otimização se deve, essencialmente, à mudança de processador. O Broadcom BCM2837 de 1,2 GHz do CM3 foi substituído no Compute Module 3+ pelo BCM2837B0, chip de 64 bits e quatro núcleos Cortex-A53. Tecnicamente, eles são muito parecidos. Porém, o BCM2837B0 proporciona uma dissipação térmica mais eficiente.

Também há diferenças na frequência. O BCM2837B0 opera em até 1,4 GHz. Mas, no Compute Module 3+, o clock foi mantido em 1,2 GHz devido a limitações no consumo de energia. O BCM2837B0 também equipa o Raspberry Pi 3 Model B+ e, nele, trabalha sem restrições, podendo atingir a frequência de 1,4 GHz.

Raspberry Pi Compute Module 3+ (CM3+)

O Raspberry Pi Compute Module 3+ já está à venda. Os preços variam conforme a capacidade de armazenamento (para fins de comparação, o CM3 vinha com apenas 4 GB):

  • CM3+ Lite (sem armazenamento): US$ 25;
  • CM3+ de 8 GB: US$ 30;
  • CM3+ de 16 GB: US$ 35;
  • CM3+ de 32 GB: US$ 40.

Todas têm 1 GB de RAM (LPDDR2) e armazenamento via eMMC (exceto o CM3+ Lite, obviamente). Esse tipo de memória Flash traz mais confiabilidade que os cartões SD, de acordo com a fundação.

Também é possível adquirir o Compute Module 3+ Development Kit. O pacote inclui um CM3+ Lite, um CM3+ de 32 GB, uma placa de I/O, entre outros itens.Raspberry Pi Compute Module 3+Note que o Compute Module 3+ não é repleto de conexões, como o Raspberry Pi 3 Model B+ e outros modelos. Isso porque, como a própria Raspberry Pi Foundation enfatiza, o CM3+ é direcionado a aplicações industriais e semelhantes (embora nada te impeça de empregar o dispositivo em projetos particulares).

Ainda de acordo com a Raspberry Pi Foundation, o Compute Module 3+ é o último modelo da família baseado em tecnologia de 40 nanômetros. O seu tempo de vida será longo, no entanto: a produção do CM3+ será mantida até janeiro de 2026.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.