Mais uma semana, mais uma empresa pedindo proteção ao governo contra os apps de transporte. Desta vez, empresas de ônibus de 15 cidades estão pedindo a proibição do Uber Juntos, por fazer concorrência predatória.

O problema é que a demanda por ônibus vem caindo ano a ano e tanto o Uber quanto o Uber Juntos agravam essa questão. Mas será que proibir é o melhor caminho? Dá o play e vem com a gente.

Participantes

Assine o Tecnocast

Edição e Sonorização

Tecnocast é editado por Paulo Barba.

Arte da Capa

Arte da capa feita pelos nossos amigos da Ilustrata! <3

Assistente de Compras do TB

Comprar pelo melhor preço é muito mais fácil com o Assistente de Compras do Tecnoblog. Nossa extensão monitora milhões de produtos em centenas de lojas e te avisa se ele está em seu melhor preço. Ela ainda conta com um módulo Testador de Cupons que coleta e aplica automaticamente cupons de desconto no seu carrinho de compras.

Usando o Assistente de Compras no seu Chrome você também ajuda o TB a produzir o melhor conteúdo de tecnologia do Brasil. Baixe agora!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tyto

Gostei do episódio, vocês trouxeram bons argumentos de ambos os lados. Parabéns.

As empresas de transporte coletivo podem reagir inovando também. Um exemplo prático foi anunciado dias atrás em Goiânia. Uma das concessionárias do transporte público iniciou um serviço de microônibus acionados por aplicativo e com cobrança proporcional ao trajeto.

Não vou conseguir colocar o link para o Diário do Transporte, mas segue um print da matéria:

https://uploads.disquscdn.c...

Michael dos Santos

Só gente cool usa Uber

Afonso Sateles

Acho interessante reclamarem dos carros e motoristas infelizes.... Como manter carros e sorriso no rosto com preço equivalentes a preço de ônibus?
Em alguns países da Europa a Uber tem que se enquadrar nas leis que regem os transportes, daí fazem a ameaça de sair ou já foi banida por não querer se enquadrar.
Hoje, dificilmente, alguém não tem um smartphone, muitos motoristas fazem "corrida por fora"... Isso não é algo público?
No meu entender empresas de ônibus, táxis e apps é um tipo de serviço misto. Carros privados com concessão pública... Queira ou não a lei sancionada no ano passado exige que o município regulamente e fiscalize dando as diretrizes para que o app funcione. Então, se tem que ter a ordem da prefeitura para funcionar, isso torna o app público.
Quanto ao jeitinho brasileiro, motoristas tem usado conta de terceiros... Só atualizando a foto e dados do carro... Isso é fácil de se encontrar no Facebook, é só entrar nos grupos.
Em Nova Iorque(!), agora em 2019, os motoristas terão que receber um salário mínimo e haverá limitação no número de carros!!!
Monopólio, concorrência... Velho! Uma única empresa é detentora de mais de 50% do mercado, as outras tem investidores que são donos de quase todas, eles estipulam preços, os motoristas não tem autonomia para praticar os seus preços e ter "concorrência"...
Esses apps tem subsídios disfarçados de investimentos!

Diogo

Vcs são conhecidos pelos motoristas de aplicativos com pobre raíz.

Jean Maxwell

É a prestação de serviços que têm a finalidade de atender necessidades da sociedade. Até aí praticamente todas empresas prestariam serviços públicos só que sem a intervenção do estado

Henrique Silveira Steinmetz

QUe aqui na região é controlada pelos donos, já que eles são políticos

Jean Maxwell

Qual seria a definição de serviço público?

Jean Maxwell

Mas todas empresas seguem normas públicas para funcionar por exemplo elas devem ter um alvará de funcionamento que é expedido por um órgão público.

Anthenor Júnior

É uma concessão estatal, e pra tal existem regras a serem seguidas bem diferentes de uma empresa privada agindo livremente em outro setor.

Henrique Silveira Steinmetz

São empresas teoricamente privadas (aqui na região metropolitana de Florianópolis todas são de políticos) e pela lei elas seguem as normas publicas para funcionamento.... mas assim.. isso são só as leis... o que é feito é algo completamente diferente...

Anthenor Júnior

Mas pera aí, se há subsídio do governo em cima das meia passagens e gratuidades, não tem lógica contar 2 estudantes como 1 passagem. 1 estudante = 1 passagem pq metade o estudante paga e metade o governo paga.

Jean Maxwell

Quer dizer que todos ônibus de linha são empresas públicas?

Felipe Costa Gualberto

Desfaçam monopólio de empresas de ônibus e também tirem a obrigatoriedade deles de coisas como congelarem preços e atenderem locais de baixa demanda.
Obviamente, Uber Juntos tem que continuar.

PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Se você encarar um Uber como um ônibus fretado, estão na mesma situação, não são transporte público e não tem gratuidade pra ninguém, obedecem leis rodoviárias, de trânsito, de transporte de passageiros, mas não de transporte público.

Henrique Silveira Steinmetz

Basicamente sim, são publicas e tem que cumprir todas as leis

Exibir mais comentários