Início » Jogos » Steam deixa de vender jogo Bolsomito 2K18 após ordem judicial

Steam deixa de vender jogo Bolsomito 2K18 após ordem judicial

Valve forneceu ao Ministério Público dados sobre o responsável pela criação do jogo inspirado em Jair Bolsonaro

Felipe Ventura Por

A plataforma Steam, da Valve, deixou de vender Bolsomito 2K18 após uma ordem da Justiça brasileira. Além disso, a empresa forneceu ao MPDFT (Ministério Público do Distrito Federal e Territórios) os dados do responsável pela criação do jogo. Nele, um personagem semelhante ao presidente Jair Bolsonaro espanca feministas, negros e gays.

A venda de Bolsomito 2K18 foi encerrada em todo o mundo no dia 8 de janeiro, de acordo com a Valve. Ele esteve disponível na loja durante a promoção de fim de ano, recebendo desconto de 56%.

A busca por “Bolsomito” no Steam não traz nenhum resultado, mas o link direto continua funcionando — ainda que sem um botão de compra. Possivelmente, quem adquiriu o jogo ainda pode acessá-lo em sua biblioteca, ou baixá-lo novamente se o tiver desinstalado.

A Valve também forneceu ao MPDFT os dados sobre o criador do jogo, que não foram divulgados publicamente. Eles foram entregues à Espec (Unidade Especial de Proteção de Dados e Inteligência Artificial) na última segunda-feira (28).

Bolsomito 2K18 “promove desvalores”, diz Justiça

Em 19 de dezembro, o TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) ordenou que Bolsomito 2K18 não fosse mais vendido nem distribuído no Brasil. O desembargador Álvaro Ciarlini escreve que o jogo “promove desvalores como a discriminação racial, bem como a opressão, o preconceito e a violência, inclusive a prática de homicídio e a intolerância”.

Frederico Meinberg, promotor de Justiça e coordenador da Espec, diz em comunicado que “a manifestação do pensamento na internet não abrange o discurso de ódio”.

Segundo a descrição do jogo, o objetivo é “enfrentar os mais diferentes tipos de inimigos que pretendem instaurar uma ditadura ideológica criminosa no país”. O protagonista é “um cidadão de bem que está cansado da crescente corrupção e inversão de valores que abala a sociedade”.

Para o MPDFT, “o jogo viola os direitos da personalidade do presidente da República, de mulheres, negros, LGBTs, integrantes de movimentos sociais e parlamentares e gera a existência de dano moral reflexo em relação a todos os brasileiros”.

Página de Bolsomito no Steam ainda existe, mas não tem botão de compra:

Com informações: MPDFT.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Andrew Louis

Ta tristinho pq tiraram jogo bosta do seu politico favorito? AHUSHAUSHSAHUASUHASHASHUS

Bruno Osorio

TU E UM MERDA

Bruno Osorio

VAI TOMA NO CU VERME, EU JOGO OQ EU QUISER

Breno Ribeiro

Prazer, South Park.

Não seja idiota, vote nulo!

Na verdade o jogo pregava o ideal do presidente, por isso foi banido. Se fosse um ideal respeitável, ninguém estaria nem ligando.

Não seja idiota, vote nulo!

Tem que banir mesmo.

Uma coisa é o jogo ser violento, outra coisa é o jogo ofender os outros baseado em etinia, sexualidade, nacionalidade ou filosofia de vida.

Felipe Valente

Tudo tem limite... Mesmo sendo só um jogo, faltou bom senso da Steam ao adicioná-lo no catálogo. Cada um tem a liberdade de apoiar ou não as ideias do Bolsonaro. Só não podemos criar mais motivos de discórdias entre os dois grupos.

Nathan Finazzi

Não permitem. Tiraram "The key to home" do catalogo.

Marcos

Dou moral a genocidas e seus apoiadores porque joguei um jogo... Ok

Marcoscs

não vai te tornar um Hitler, só vai te tornar um idiota que dá moral a genocidas e seus apoiadores.
Olha, não tem como debater com você, é inútil, pura perda de tempo, então encerrei por aqui.

Marcos

Novamente a falta de interpretação de texto. Nunca relativizei o nazismo, relativizei UM JOGO SOBRE o nazismo, onde você joga do lado deles.

Eu jogar um jogo onde sou Hitler, por exemplo, e mando matar geral vai me tornar um Hitler? Esse é o ponto. Jogo é jogo, vida real é vida real. Se tu não sabe separar as coisas, meu amigo, aí realmente é um problema...

Marcoscs

então temos uma divergência insanável se vc consegue relativizar algo como o nazismo porque "na concepção deles eles estavam certos".
As maiores atrocidades do mundo foram feitas por pessoas que tinham convicção de que estavam certas.
E Carmagedon é um jogo bosta em vários sentidos, nem me dei ao trabalho de falar dele porque não considero um jogo que mereça qq crédito.

Marcos

Não, eu não teria problema nenhum em um jogo onde você ganha pontos por assassinar judeus com os nazistas como heróis do jogo, justamente porque, do ponto de vista deles, eles estão corretos. Não vai ser isso que vai fazer com que eu raspe a cabeça e saia matando judeus na rua.

Olhe pelo outro lado, quantos jogos temos sobre a segunda guerra mundial onde você mata os nazistas. O nazismo foi errado? Óbvio que foi, mas na visão dos nazistas eles estavam certos. Tudo é uma questão de ponto de vista. Vamos pegar um exemplo mais atual, Venezuela. Existem pessoas defendendo Maduro e outras contra, cada uma tem seus argumentos a favor de seu ponto de vista, hoje pela manhã mesmo estava lendo sobre isso, bem interessante os comentários, quando decentemente discutidos. Imagina um jogo em que tu tem que assassinar o Maduro pra salvar a Venezuela. Tu vai achar certo ou não dependendo do teu ponto de vista, baseado nas informações que tu tem acesso.

Achei engraçado que você trouxe pontos do Euro Truck Simulator, do Sniper Elite, mas não falou nada sobre Carmageddon, onde tu ganha mais pontos por matar velhinhas e crianças.

Marcoscs

A questão não é o jogo em si, vc ainda não entendeu. Euro Truck não te permite atropelar ninguém, e se vc tiver uma condução irresponsável detona com seu caminhão e vc perde dinheiro tendo que consertá-lo, assim como Sniper Elite não te permite atirar a esmo em pessoas inocentes, apenas em inimigos armados que atirariam em vc caso pudessem.
A questão principal é usar um jogo com um propósito claro de atingir determinados grupos. Por exemplo, se um grupo neo nazista cria um jogo em que vc ganha pontos por assassinar judeus e põe os nazistas como heróis do jogo, isso não te incomodaria em nenhum nível? Em caso positivo, então vc entende que um jogo pode ser usado com um propósito escuso, acobertado pelo fato de "ser só um jogo".É esse tipo de cuidado que devemos ter, de não deixar que os jogos, que nós amamos, sirvam de escudo ou de instrumento para pessoas com intenções nefastas fazerem alarde de suas visões distorcidas de mundo.
E vc disse "hipocrisia" se referindo ao autor do comentário. Considerando que quem pratica hipocrisia é o hipócrita, se tem alguém com problema de interpretação de texto não sou eu.

Marcos

Cara, é um JOGO! Assim como Euro Truck Simulator não te faz um carreteiro, Sniper Elite não te faz um atirador de elite, Carmageddon não te faz atropelar velhinhas na rua, Need for Speed não te faz um piloto de corrida, o jogo em questão não te faz um "opressor".

Gente homofóbica, machista, racista existe em todo e qualquer lugar, não é um jogo que vai estimular alguém a cometer alguma atrocidade, o que faz isso são distúrbios psicossociais.

Simples. Assim.

PS: não falei "hipócrita", falei "hipocrisia", uma palavra que, se tivesses um mínimo de capacidade de interpretação de texto, saberia que é genérica, e não direcionada a um indivíduo em específico.

Exibir mais comentários