Início » Mobile » Apple obriga desenvolvedores a avisar usuários sobre gravação de tela

Apple obriga desenvolvedores a avisar usuários sobre gravação de tela

Por
08/02/2019 às 13h00

Depois de encontrar diversos aplicativos monitorando a atividade do usuário ao gravar o que se passa na tela do iPhone, a Apple começou a obrigar que os desenvolvedores avisem que farão uma captura ou gravação de tela – ou que removam o recurso por completo. Caso o responsável pelo app não insira o alerta, o aplicativo pode ser removido da App Store.

Gravar a tela do usuário, sem avisar, é uma ação que não condiz com os guias que a Apple utiliza para controlar o que acontece dentro do ambiente do app. A pressão que a empresa começou a fazer é tão grande que, em alguns casos, o desenvolvedor é obrigado a remover a parte do aplicativo que grava tela e enviar esta nova versão para a App Store analisar. Tudo isso em um dia e se o prazo não for respeitado, o app é removido da loja.

De acordo com a imprensa americana, há apps conhecidos e famosos na lista dos que gravam cada ação do usuário na tela do dispositivo, como Expedia e Hotels.com. Estes aplicativos utilizam um código terceiro para registrar toda interação que é feita pelo usuário na tela do dispositivo, mas nenhuma das empresas que utilizam o código avisam ao usuário que suas atividades serão gravadas.

Segundo relatos, em alguns casos dados sensíveis eram protegidos, como número de cartão de crédito e informações pessoais. Em raros casos estes dados também foram vazados.

A empresa que faz a captura de tela é a Glassbox, que afirma criar este tipo de ferramenta para que aplicativos encontrem erros de forma mais precisa. A tecnologia está presente em apps e as regras da empresa não exigem que o cliente deixe claro que faz isso, mas a Apple proíbe que apps da App Store coletem dados sem avisar ao usuário.

A Glassbox também está presente no Android, mas o Google ainda não comentou o que fará e se fará algo.

Com informações: TechCrunch.

Mais sobre: