Início » Brasil » Receita Federal apreende R$ 450 mil em celulares da Xiaomi, consoles e mais

Receita Federal apreende R$ 450 mil em celulares da Xiaomi, consoles e mais

Receita Federal apreendeu 508 mercadorias em Ponta Grossa (PR), incluindo celulares como Xiaomi Mi 8, Mi A2 Lite e Redmi Note 5

Felipe Ventura Por

A Receita Federal realizou uma operação em Ponta Grossa (PR) esta semana e apreendeu 508 volumes de mercadorias com valor estimado de R$ 450 mil. Isso inclui consoles, jogos, equipamentos de informática e celulares como o Xiaomi Mi 8, Mi A2 Lite e Redmi Note 6 Pro. É um sinal de que receber produtos da China no Brasil está ficando cada vez mais difícil.

Esses produtos foram apreendidos porque não têm nota fiscal ou outro documento para comprovar que foram importados de forma regular, pagando todos os impostos devidos. Seus respectivos donos podem tentar retirá-los na sede da Delegacia da Receita Federal dentro de até 30 dias; após esse prazo, eles perderão o direito de reivindicá-los.

“Caso os remetentes não comprovem a importação regular em até 30 dias, será aplicada a pena de perdimento dos objetos retidos e encaminhada a representação ao Ministério Público Federal para a persecução penal cabível”, explica a Receita em comunicado.

Receita apreende celulares da Xiaomi, consoles e mais

Em uma foto divulgada no Facebook, é possível identificar uma série de produtos da Xiaomi. Lá estão o Redmi Note 5, Redmi Note 6 Pro, Mi 8, Mi 8 Lite e Mi A2 Lite. Foram apreendidos “equipamentos e jogos de videogames, aparelhos e acessórios de celulares, equipamentos de informática, entre outros”.

A apreensão foi realizada na segunda (4) e terça-feira (5). Esta é a segunda operação realizada pela DRF/Ponta Grossa em 2019.

O órgão detectou que muitas mercadorias são enviadas irregularmente, ou sem documentos para comprovar que são regulares. Por isso, o plano é “intensificar as operações nas unidades de recepção e nos centros de distribuição de remessas postais do município”.

Desde o ano passado, os Correios estão retendo eletrônicos importados para homologação. A Anatel cobra uma taxa de R$ 200 e diz que “a importação de produtos de telecomunicações por consumidores por meio dos Correios é proibida no Brasil”; isso inclui celulares, pulseiras fitness, notebooks e outros itens.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fabio Santos

A Anatel vai homologar os aparelhos e vender no leilão da receita? Quem vai pagar os 200 conto antes do leilão Receita ou Anatel, ou vão jogar a conta pra quem vencer o leilão da apreensão kkk

johndoe1981

Entendi qual a sua, você gosta de pagar caro em aparelhos capados vendidos no Bostil, né? Bem, há gosto para tudo!

Cassio

É a triste realidade... :/

Yamaha Mt-09

Aguardando esses aparelhos nos próximos leilões.

Rmavalli

Os celulares da Xiaomi são muito bons sim, em construção e tudo mais, porém o pós venda é bem fraco. Eles não se importam muito de darem a devida atenção às atualizações ou aos bugs. Tenho um A2 e desde que comprei em setembro de 2018 convivo com alguns bugs bem chatos, como por exemplo o sensor de proximidade que funciona quando quer no WhatsApp, ou então a atualização de janeiro/2019 que estava travando alguns A2 em bootloop.

Não adianta nada lançar 1 atualização por mês, e a cada uma vem bugs novos ao invés da correção dos antigos, basta entrar na comunidade do XDA ou do Reddit para ver um monte de gente insatisfeita com as atualizações/"correções". Provavelmente meu próximo Smartphone não sera um Xiaomi.

Rmavalli

Nah... Seu caso ta mais parecido com o meu, que simplesmente "sumiram" com a encomenda porque alguém tava precisando de um desses.

Klaus

É essa mesma. A Amazon comissiona os youtubers mais do que as lojas chinesas, então eles todos já orientam o pessoal a comprar na Amazon, alguns mais descaradamente do que outros, mas todos fazem isso.

Klaus

Não emitem nota, emitem um formulário de exportação que não é nota fiscal. O negócio é que a receita precisa de algum documento pra poder tributar, mas isso não é exclusivo das importações, todos os dias a receita Federal apreende alguma coisa em algum lugar do Brasil.

Klaus

Amazon. Na mesma época em que os boatos começaram, os youtubers começaram a compartilhar links da Amazon falando que era melhor do que importar.

Gabriel Cruz

Ah, a China é conhecida como a importadora de Cérebros, se você é um intelectual ou alguém com uma mente inovadora a China é um dos maiores berços para novas idéias e tecnologias, empresas como Huawei, Xiaomi e Alibaba possuem enormes laboratórios de Química, Robótica, Automação, genética, Nanotecnologia e muitos outros.
Embora a China possua muitos problemas e questões sociais injustas é um país que investe pesado no desenvolvimento de Ciência e Tecnologia, aliás, estava sendo um dos principais investidores de modo rápido e crescente até 2017(muito complexo para um comentário).
A China é um país a ser observados, eles vivem hoje problemas éticos, econômicos e sociais aos quais os brasileiros provavelmente irão , provavelmente, experienciar em um futuro não tão distante.

Discípulo do nada

Segundo a fonte desta matéria, é proibido comprar na gearbest?
Já que pessoas físicas não podem importar eletrônicos.

André Mailson

Creio eu que ele está a falar da Amazon

Dhene Silva

Qual?

Dhene Silva

Emite nota mas não paga imposto no br, ué kkkk A Receita quer é o cash kkkk

Dhene Silva

Amigo meu comprou um tv Box que foi retido e devolvido ao destinatário... E não é grande imperadori...

Exibir mais comentários