Início » Computador » Intel Core i9-9990XE tem ótimo desempenho, mas exagera no consumo de energia

Intel Core i9-9990XE tem ótimo desempenho, mas exagera no consumo de energia

Vendido apenas em leilão, Intel Core i9-9990XE é um processador de 14 núcleos e TDP de 255 W

Por
27 semanas atrás

O processador Intel Core i9-9990XE tem uma proposta incomum: em vez de ser comercializado pelas vias tradicionais, ele é oferecido a fabricantes de PCs (OEMs) por sistema de leilão. O problema é que, por haver poucas unidades disponíveis, veículos especializados ainda têm dificuldades para fazer review da novidade. Mas uma empresa dos Estados Unidos chamada Puget Systems realizou os primeiros testes.

Intel Core i9

Antes de irmos a eles, uma explicação: o Core i9-9990XE é um chip com 14 núcleos, 28 threads, frequência de 4 GHz, cache L3 de 19,25 MB, TDP de 255 W e nenhuma garantia. Como o modelo é oferecido exclusivamente via leilão, não há preço oficial — se houver, essa informação ainda não é pública.

Por conta do nome, a primeira impressão que temos é a de que o modelo veio para ser o sucessor direto do Core i9-9980XE (18 núcleos, 36 threads, frequência de 3 GHz). Porém, a sua ficha técnica o faz parecer uma versão “turbinada” do Core i9-9940X (14 núcleos, 28 threads e frequência padrão de 3,3 GHz).

As principais diferenças entre os dois chips estão na frequência, como ficou claro, e no consumo de energia: o Core i9-9940X tem TDP de 165 W; o Core i9-9990XE, de 255 W, como você já sabe. É um número elevadíssimo e que pode ficar pior: o Tom’s Hardware lembra que a Intel costuma medir o TDP apenas com a frequência base, não com o processador em boost.

Com o boost, a frequência do Core i9-9990XE pode chegar a 5,1 GHz ou, se todos os núcleos estiverem sendo usados simultaneamente, 5 GHz.

 Core i9-9990XE (imagem: Puget Systems)

Pois bem, a Puget Systems é uma companhia que monta computadores e teve acesso ao Core i9-9990XE. Ela publicou alguns testes do processador tendo como base os softwares Adobe Photoshop, After Effects, Premiere Pro e Lightroom, todas da série CC 2019. Outros testes serão divulgados nos próximos dias, mas os benchmarks atuais já dão uma noção do que o Core i9-9990XE é capaz de fazer.

Para o comparativo, a Puget usou um computador com placa-mãe Gigabyte X299 Designare EX, oito módulos de memória DDR4-2666 de 16 GB (128 GB no total), placa de vídeo GeForce RTX 2080 Ti e SSD Samsung 960 Pro de 1 TB. O Core i9-9990XE e outros chips i9 foram testados nesse PC.

Uma segunda máquina foi usada para comparação com o processador Core i9-9900K. Esta é a configuração: placa-mãe Gigabyte Aorus Z390 Pro WiFi, quatro módulos de memória DDR4-2666 de 16 GB (64 GB no total), placa de vídeo GeForce RTX 2080 Ti e SSD Samsung 960 Pro de 1 TB.

Os gráficos abaixo mostram que o Core i9-9990XE teve o melhor desempenho em quase todos os testes, com destaque para a excelente pontuação no Lightroom CC 2019. A exceção fica para o benchmark com o Photoshop CC 2019: neste, o Core i9-9900K levou a melhor.

Premiere: 9990XE com 886 pontos; 9980XE em segundo com 865,5

Premiere: 9990XE em primeiro com 886 pontos; 9980XE em segundo com 865,5

After Effects: 9990XE com 1.034 pontos; 9900K em segundo com 985,3

After Effects: 9990XE em primeiro com 1.034 pontos; 9900K em segundo com 985,3

Lightroom: 9990XE em primeiro com 1.186 pontos; 9900X em segundo com 1.119,3

Lightroom: 9990XE em primeiro com 1.186 pontos; 9900X em segundo com 1.119,3

 Photoshop: 9900K em primeiro com 989 pontos; 9990XE em segundo com 986,3

Photoshop: 9900K em primeiro com 989 pontos; 9990XE em segundo com 986,3

Com base nesses benchmarks — e somente neles —, o Core i9-9900K desponta como uma opção mais sensata: o desempenho é quase sempre menor em relação ao Core i9-9990XE, mas as diferenças são pequenas. Além disso, este último exige um sistema de resfriamento extremamente robusto, o que o torna interessante apenas para aplicações muito específicas.

A relação custo-benefício também pesa, é lógico: o Core i9-9900K tem preço sugerido de US$ 488 a US$ 499; o Core i9-9990XE não tem preço oficial, mas estima-se que o seu valor seja de pelo menos US$ 2 mil.

Por conta disso, há a expectativa, ainda que pequena, de que Intel mostre qual é a real proposta do Core i9-9990XE liberando informações oficiais sobre ele nos próximos dias e, eventualmente, fornecendo unidades para testes independentes.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.