Início » Gadgets » TV Sony X705F: a 4K mais acessível não faz feio

TV Sony X705F: a 4K mais acessível não faz feio

TV 4K de entrada da Sony deixa de lado o Android TV e outras sofisticações, mas cumpre o básico

Paulo Higa Por

A Sony X705F é a opção mais acessível da marca japonesa para quem procura uma TV 4K. Com preços começando em R$ 2 mil, ela foi pensada para oferecer muitos pixels sem custar tão caro e deixou alguns recursos de lado, especialmente por dentro: este é o único modelo 4K da geração atual da Sony que não é uma Android TV, rodando um sistema operacional bem mais simples.

No segmento de entrada, a Sony promete imagens nítidas em 4K com HDR, design fino com bordas mínimas e proteções para deixar a TV mais resistente e durável, sem esquecer dos principais serviços de streaming, como o YouTube e a Netflix. Será que a TV mais básica da Sony é uma boa compra? Eu assisti dezenas de horas de conteúdo na X705F nas últimas semanas e conto tudo nos próximos minutos.

Em vídeo

Design, conexões e controle remoto

A TV simples da Sony também é simples na construção, totalmente de plástico. A moldura em volta do painel tem uma textura discreta e um acabamento fosco. Já a base é formada por dois pés em formato de Y invertido que trazem um espaço para passar cabos, diminuindo a bagunça na estante. O único detalhe diferenciado é uma barra prateada embaixo da marca da Sony, que também abriga o LED de funcionamento.

TV Sony X705F

A posição das conexões me agradou bastante: a Sony concentrou duas entradas HDMI e todas as três portas USB na lateral esquerda, facilitando o acesso para quem instala a TV na parede. Ainda existe outra porta HDMI na traseira e algumas conexões antigas para cabo de rede, vídeo composto e cabo óptico de áudio, que você talvez não utilize, já que o HDMI com retorno de áudio (ARC) está na lateral.

TV Sony X705F

O controle remoto é quase o mesmo que acompanha as outras Smart TVs da Sony. Quase porque, como a X705F não roda Android TV, o atalho para o Google Play foi substituído por um botão do YouTube (o que me parece bem mais interessante). De resto, é o mesmo acessório grande e cheio de botões que você provavelmente nunca vai apertar — mas que funciona bem, é confiável e dá acesso rápido aos principais recursos.

TV Sony X705F

Algo interessante é que a X705F tem um recurso chamado X-Protection, que costuma estar disponível justamente nas TVs mais acessíveis da Sony. É um conjunto de proteções que, de acordo com a empresa, mantém a TV segura para utilização com condições úmidas, raios e variações de tensão elétrica de até 2.000 volts — o que certamente deve deixar alguns proprietários mais calmos.

Qualidade de imagem

O mínimo que uma TV precisa entregar é uma boa qualidade de imagem. E a X705F cumpre esse requisito para um modelo de entrada, sem um brilho muito forte ou um nível de preto tão profundo como o da X905F, mas que deve satisfazer a maioria dos usuários, já que não existe nenhum grande ponto negativo no painel LCD da Sony.

TV Sony X705F

As cores agradam nas configurações padrão e, embora eu tenha notado um color banding em tons de verde com um teste mais sintético, não percebi nada errado em conteúdos reais, como na grama de um estádio de futebol. A uniformidade de cinza é boa e a X705F não sofre com efeito de tela suja, o que deve garantir boas imagens em filmes e séries com cenas mais escuras.

Quanto às tecnologias do painel, a X705F suporta conteúdos em HDR (nos padrões HDR10 e HLG), no entanto, como o brilho não é tão alto e o preto não atinge tons muito escuros (até pela falta de qualquer tipo de local dimming), o resultado final não é muito melhor que o de uma TV sem HDR.

TV Sony X705F

O ângulo de visão é melhor que o de outros modelos básicos, como a Samsung MU6100 e a TCL P6US, o que evita distorções nos tons de cores para quem não assiste à TV exatamente de frente. Já a uniformidade de preto não é boa: na minha unidade, consegui notar um vazamento de backlight na parte inferior e uma inconsistência no centro, que pode incomodar quando você estiver vendo um filme no escuro.

Aqui, é importante lembrar que esses detalhes são típicos de painéis IPS e, de fato, a Sony me confirmou que as versões de 43 e 49 polegadas da X705F são equipadas com esse tipo de tela, enquanto a de 55 polegadas traz um display do tipo VA e outro arranjo de iluminação traseira — ou seja, no modelo maior, os resultados serão bem diferentes do que os que eu tive nesta unidade.

Qualidade de som

O som da X705F é emitido por dois alto-falantes de 10 watts localizados na parte inferior e, como era de esperar em uma TV dessa categoria, não são muito bons: você certamente terá uma experiência muito melhor se instalar uma soundbar.

TV Sony X705F

Os médios são claros, o que garante um bom entendimento dos diálogos nos programas de TV, especialmente ativando o recurso ClearAudio+, que reforça essa região de espectro. Mas pode equalizar o quanto quiser: os graves são inexistentes, o que tira a emoção de qualquer show ou filme de ação. A definição é apenas ok, e o volume atinge níveis satisfatórios sem distorcer.

É difícil encontrar uma TV acessível com alto-falantes de qualidade, mas a X705F decepciona mesmo dentro da categoria — e decepciona mais se você levar em conta que a Sony tem uma história respeitável no mercado de áudio. Nessa faixa de preço, quem anda entregando uma qualidade um pouco melhor é a Samsung; ainda assim, quem for mais exigente vai precisar de um sistema dedicado.

Software e funções de Smart TV

TV Sony X705F

O software da X705F é diferente de todas as outras TVs 4K da geração atual da Sony, já que é a única que não roda Android TV. Em vez disso, a Sony optou por instalar um sistema operacional que, apesar de não ter toda a gama de aplicativos da plataforma do Google, pelo menos não faz feio.

A interface é bastante fluida e não engasga em nenhum momento, ao contrário do Android TV. Os principais serviços de streaming estão disponíveis: tem YouTube, Netflix, Amazon Prime Video, Globoplay, Globosat Play (inclusive na versão 4K) e Fox. Um aplicativo peculiar é o Rádio FM, que faz exatamente isso: ele utiliza a sua antena para captar o sinal das emissoras de rádio locais.

TV Sony X705F

As ausências notáveis ficam por conta da HBO e do Spotify. Existe uma loja de aplicativos na X705F, mas que não oferece nada muito útil além do que já vem pré-instalado nela. Parte da limitação do ecossistema de aplicativos pode ser contornada se você tiver um smartphone Android, já que a TV suporta Miracast para espelhar a imagem e o som da tela do celular.

Vale a pena?

A Sony fez alguns sacrifícios para reduzir o custo de sua TV 4K de entrada, notavelmente no software e no som. No momento em que eu escrevo este review, a versão de 49 polegadas da X705F é encontrada no varejo brasileiro por preços entre R$ 2,3 e 2,5 mil. O modelo imediatamente superior da Sony, a X755F, sai entre R$ 2,7 e 2,9 mil e traz como diferencial o sistema operacional Android TV.

TV Sony X705F

Dentro do segmento básico, a X705F não faz feio, mas também não se sobressai em nenhum ponto. Só a qualidade de áudio pode decepcionar quem não quer comprar uma soundbar, e o software pode ser um problema para usuários com necessidades mais específicas. Mas o design agrada e, exceto pelo problema com a uniformidade de preto, que deve ser notada por pessoas detalhistas em ambientes bem escuros, a imagem é boa.

Como o ângulo de visão é acima da média da categoria, a X705F de 49 polegadas também pode ser uma opção interessante para quem tem uma sala de estar mais larga, em que as pessoas não sentam exatamente de frente para a TV. Já quem faz questão de pretos mais profundos e um áudio integrado bom precisa pagar mais dentro da Sony ou procurar outra marca.

Especificações técnicas

  • Modelo: KD-49X705F
  • Tamanho do painel: 49 polegadas (123,2 cm)
  • Resolução: 3840×2160 pixels
  • Taxa de atualização: 60 Hz
  • Tipo de painel: LCD (IPS)
  • Tecnologias de imagem suportadas: HDR (HDR10 e HLG)
  • Potência dos alto-falantes: 2x 10 watts
  • Tecnologias de áudio suportadas: Dolby Digital Plus, Dolby Pulse, DTS Digital Surround
  • Sistema operacional: proprietário
  • Consumo de energia: 100 watts (em funcionamento) e 0,5 watt (standby)
  • Entradas de vídeo: 3 HDMI (HDMI-CEC), 2 RF
  • Saídas de áudio: 1 saída de áudio óptica digital, 1 saída de áudio analógica (3,5 mm)
  • Outras conexões: 3 USB, Wi-Fi 802.11n, Ethernet
  • Dimensões (altura x largura x profundidade): 110,1×64,5×5,8 cm (sem a base) e 110,1×70,5×27,9 cm (com a base)
  • Peso: 12 kg (sem a base), 12,6 kg (com a base)

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Firmino

Tecnoblog, qual tv a cabo é essa? percebi uma fluidez na troca de canais, a que eu tinha não era assim.

smartphone di

Ótima tv tenho uma,pena e ela não ter Bluetooth, não pegar hd externo, não gravar . Mais tem uma coisa que nenhum fabricante se preocupa,que é durabilidade do produto,pois proteção contra raios,picos de energia e umidade nenhum fabricante faz e muito mal se garante em dar garantia.
Comprei por várias vezes Samsung e de uns dois anos pra cá eu e dois amigos perdemos tvs Samsung com pouco menos de dois anos apresentando defeito na tela e na eletrônica do meu tio várias LG,AOC com Leds queimados,em tvs com dois anos e alguns meses de uso,pior telas apresentando listas. Infelizmente no Brasil nenhum fabricante se garante em dar mais de um ano de garantia,como a Mitsubishi que dava quatro anos,as marcas aqui não dão ,pois sabem que quanto mais moderna são sem qualidade e durabilidade.
Falo isso porque a plasma durava a tela mais que a LCD ,e a LCD durava mais que a Led e a Led vai durar mais que a QLed. Pois as Plasmas da Panasonic podia durar 15 anos. Quanto mais moderna ,só é melhor pro fabricante,menor peso , espaço no caminhão,menos peças internas,menor valor pra eles nas peças e durabilidade nenhuma. Confio muito nos produtos Sony,pois pouco vejo em eletrônica consertando e mais vejo Tvs com bastante uso em funcionamento sem nunca apresentar defeito.

Jean Ricardo

Tive a oportunidade de comprar uma TV 4K, mas dai eu pensei: o que vou assistir nela em 4K. Desisti e peguei uma 1080P maior e tá tudo certo.

Rafael Moreira

Que eu saiba não tem nada dizendo que é legal e ilegal. Tem operadora de TV que fornece até plano sobre IPTV.

Guilherme da Silva Manso

Muito obrigado pela informação!! Esse tipo de serviço não seria algo pirata?

joaoserpa

Acho que ele só analisa quando a própria marca disponibiliza o produto, portanto depende da Panasonic querer.

Denison Guizelini

Qual o input lag nos jogos desta TV?

Adriano Garcez

Comprei a MU6100 (o review do Paulo Higa foi decisivo) e não tenho do que reclamar. Excelente tv. O áudio deixa um pouco a desejar, mas a imagem é excelente, assim como o sistema. Achei que não iria gostar do Tizen, já que falam tanto do webOS, mas é bem leve (super responsivo) e tem todos os apps que preciso.

💀GHOC💀

Estou falando de comprar uma tv sem um dos 3

Caleb Enyawbruce

eu certamente esperaria um pouco e pegaria já a de cima, com Android TV. Melhor esperar um pouco e depois ficar longos anos com algo bom, do que ter algo mais ou menos agora que também vai ser usado por longos anos.

Rafael Moreira

Perfect player depende de lista IPTV para funcionar, e para ter uma boa experiência precisa pagar por essa lista. Os principais canais tem no serviço. Pode usar um controle Bluetooth sim para jogar na Mibox, agora não é qualquer controle. Para maiores duvidas, tem um fórum dedicado para Mibox no portal HT fórum. É só procurar lá o tópico chamado, "tudo sobre a Xiaomi mibox 3". Qualquer duvida o pessoal te ajuda la. Abraço !!

Hednilson Rios Dias

Tenho uma, o brilho é muito bom, uso no quarto e ate deixo ela em economia de energia alta, para ter menos brilho.
- Qualidade de imagem é muito boa, porem dependendo do filme, você terá que alterar as configurações de imagem, para ter um preto melhor.
Para os aplicativos existentes é super rápido e fluido, o porem é não ter o Spotify, que faz muita falta!!! e o miracast que não funciona de jeito nenhum.
- Outra coisa, é assistir filme nela por Pen Drive ou HDs. O Software de reprodução é muito ruim. Se você sair sem querer, ou quiser continuar outra hora, vai ter que iniciar o filme do zero e não tem como pular cenas, apenas acelerando.
- Também se você quiser enviar filme para ela do seu windows, a Imagem fica com a resolução bugada, não da para assistir.
Não utilizo o som dela, portando não posso falar sobre.

Guilherme da Silva Manso

Sou muito leigo nesses players alternativos. Tenho uma Mibox. com o Perfect Player eu consigo assistir quais canais? E os emuladores, posso ligar um controle de videogame na mibox para usá-los?

Andre Kittler

Comprei uma a pouco, instalei sábado em casa portanto ainda não tive tempo para testes mais críticos. Optei justamente pela marca (pessoalmente não fui feliz com samsung, tenho preconceito com rgbw da LG, e acho que sony se paga um preço por ser "sony" quando a marca em si não oferece nada demais), e também pela adição de HDR10+ - já falei no passado, smart é legal mas não preciso, tenho um PC sempre conectado na tela e se achar que falta algo coloco um chromecast.
A Panasonic é uma marca muito forte em meu conceito e meio não-popular (ao menos no brasil).

Mesmo com ela em mãos gostaria de ver uma análise profunda sobre a mesma.
De cara, em uma semana de uso não intensivo, a realidade é que qualquer TV nova na nossa mão (meros humanos normais) será com uma qualidade incrível, pois normalmente a nossa referência é uma TV antiga com uma tecnologia inferior e tela menor.

Rafael Moreira

A Sony X755F apesar de vim com Android TV, tem painel IPS. Segundo analise do Rtings, a Samsung NU7100 de 55 além de ser VA é melhor para jogos do que essa Sony. Sem contar que HDR em tela IPS é fake como dizem por ai. HDR de fato só em painel VA.

Sendo assim compraria a NU7100, e plugaria a mibox 3 e futuramente um Xbox One Scorpio.

Exibir mais comentários