Início » Brasil » Bolsonaro dispensa celular criptografado para conversar com ministros no WhatsApp

Bolsonaro dispensa celular criptografado para conversar com ministros no WhatsApp

O aparelho oferecido pela Abin não permite que o Bolsonaro instale os aplicativos que mais usa

Victor Hugo Silva Por

Em sua campanha presidencial, Jair Bolsonaro se utilizou de meios de comunicação mais diretos, como WhatsApp, Twitter e Facebook, para se aproximar de seus eleitores. Agora eleito, ele adota o mesmo método para trocar informações com sua equipe.

Segundo a Folha de S.Paulo, o WhatsApp é usado por Bolsonaro para enviar a ministros e autoridades mensagens sobre diferentes assuntos e compartilhar notícias ligadas ao governo. O problema dessa prática é a falta de segurança.

Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR - 24/01/2019)

(Foto: Alan Santos/PR – 24/01/2019)

As mensagens são enviadas de um celular comum, que não garante sigilo das informações enviadas. O presidente poderia resolver a situação ao usar o aparelho fornecido pela Abin (Agência Brasileira de Inteligência).

Conhecido como TCS (Terminal de Comunicação Segura), ele é criptografado e pode ser usado para presidentes tratarem de assuntos de interesse público. O celular, no entanto, não permite a instalação de aplicativos tão usados por Bolsonaro.

Entre os membros do setor de inteligência do Palácio do Planalto, há o receio de que o presidente acabe enviando informações sensíveis pelo WhatsApp, que possam colocá-lo em risco ou prejudicar as ações do governo.

Os assessores presidenciais têm a mesma opinião, mas dizem que Bolsonaro evita compartilhar dados confidenciais pelo app. “Ele utiliza para o envio de mensagens informais. Em relação aos assuntos que exigem reserva, ele opta pelos meios de comunicação da Presidência da República”, explica o porta-voz do governo, Otávio Santana do Rêgo Barros.

O TCS tem o seu próprio serviço de mensagens e só permite a comunicação criptografada com aparelhos similares. Ele conta com chave e servidor administrados pela Abin, mas não é considerado tão prático quanto o WhatsApp.

A situação criada por Bolsonaro é relativamente nova. No cargo, Michel Temer dificilmente respondia às mensagens que chegavam no aplicativo e Dilma Rousseff passou a utilizá-lo apenas em seu segundo mandato, também com pouca frequência.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Frederico Martins

Falei mais pela “liberdade” que se perde no cargo. O certo seria isso mesmo: usar criptografia, até pq o que essa em jogo são assuntos de toda uma nação. Se parar pra pensar realmente é chato se privar de algumas coisas. Nem todo mundo tem maturidade pra isso... tai como exemplo o Presidente.

Frederico Martins

De certo foi o petê que queimou. Kkkkkkkk Talkei?

Mendonza

Sei. Aí "vamos votar o projeto do caixa 2 lá em 2057", enquanto o que serve pra matar o povo a gente vota agora.

Mendonza

Então é melhor jair se decepcionando pq o todo puderoso Moro mudou o pacote de corrupção por causa de pressão de políticos ahahahaha sei não hein, acho que ele tá com medo ou o rabo tá preso demais ..

Zé Ruela
Bruno

Olha, quem esta sentado na cadeira ?!!!?

Bruno

Não, apenas retruquei ;)

Bruno

uia, um telespectador da globo rsrs

Bruno

Não, é q reconheço um petista a kilometros rsrs

Bruno

Vish, mais uma resistencia quemada rsrs

Bruno

Hum... resistencia queimada rsrsrs queima toda vez q fala do santo deles rsrsrs

Bruno

hauauaua presidAnta foi a petista hauauau não tire o merito da sua rainha ! hauauauau

Bruno

rsrsrs e vc ? Chegado numa corrupção petista ? ! hauauauau

Mendonza

Pacote anti corrupção ?!?!? auheuaheauehauehaeuhaeuaheuaheuaheauehaue
Reforma da previdência que há 30 anos dizem estar quebrada mas nunca quebra. Sei. Ce tá ganhando quanto pra pagar de liberaleco e escrever nada com nada? De resto, não passa de proposta eleitoreira que se houver benefício, que dificilmente chega na sua carteira.

Mendonza

50 dias cara. 50 FUCKING DIAS!! E o governo do cara tá morto e quase enterrado. Vc não se sente culpado em ter acreditado nessa farsa não?!

Exibir mais comentários