Início » Carro » Tesla atualiza software de seus carros e adiciona modo cachorro

Tesla atualiza software de seus carros e adiciona modo cachorro

Alerta não ameniza as leis de cada cidade e país sobre abandono de animais de estimação dentro do veículo

Por
13 semanas atrás

A Tesla liberou uma atualização para seus carros elétricos que, além de melhorias em toda a segurança do carro, também adiciona um modo cachorro. Neste modo o veículo mantém uma temperatura fixa e utiliza a enorme tela central do automóvel para alertar aos curiosos que os pets dentro do carro estão confortáveis.

Os carros da Tesla são semelhantes ao smartphone que está na sua mão, ao menos do lado do software. Eles recebem atualizações com melhorias e novos recursos. Nesta semana a empresa americana soltou um novo software que adiciona algumas melhorias para a penca de sensores que estão no carro. Além disso, há um modo cachorro.

A ideia do novo modo é de colocar uma temperatura fixa dentro do veículo, e deixar um alerta bem grande para que qualquer um que passe no entorno do carro perceba que tudo está bem. O acionamento é feito a partir do controle de clima do próprio veículo, onde o motorista escolhe qual é a temperatura que ele quer e, depois de sair, fixa uma mensagem dizendo “Meu dono voltará em breve. Não se preocupe! O aquecedor/ar condicionado está ligado e a temperatura é de X graus”.

Além disso, há um modo de vigilância que utiliza a enorme quantidade de sensores e câmeras espalhadas por todos os lados para alertar ao proprietário quando que alguém se aproxima do veículo. Se a pessoa encosta no carro, uma mensagem aparece na tela do console dizendo que câmeras estão gravando tudo que acontece.

Se a pessoa quebra o vidro, o Tesla então liga o alarme, toca música no maior volume possível e aumenta o brilho dos monitores internos para o máximo. Além de enviar um alerta para o celular e salvar toda a gravação das câmeras nos últimos 10 minutos em um pendrive (se ele estiver espetado no automóvel).

A atualização está chegando para todos os proprietários do Model 3 nos Estados Unidos, além do Model S e X que foram construídos depois de 2017.

Com informações: The Verge.

Mais sobre: