Início » Aplicativos e Software » Qual é a diferença entre o Microsoft Office e o Office 365?

Qual é a diferença entre o Microsoft Office e o Office 365?

Saiba quais são as semelhanças e as diferenças entre o Office 365 e o Office tradicional, as duas versões da suíte da Microsoft

Por
26 semanas atrás

A Microsoft possui duas versões do Office, sua suíte de produtividade: a tradicional, atualmente na versão Office 2019, que é uma licença de compra única, e o Office 365, um serviço de assinatura. Mas você sabe quais são as principais diferenças entre elas?

Microsoft Office / notebook / user / office 365 login

Qual é a diferença entre o Microsoft Office e o Office 365?

A principal diferença entre o Office 2019 e o Office 365 é o modelo de negócios de cada um, que se reflete no formato da licença de uso. Vejamos como é cada versão.

Office 2019: vantagens e desvantagens

Para o Office 2019 (e suas versões anteriores), a Microsoft oferece uma licença de compra única, onde o usuário adquire os direitos de uso permanentes para os programas contidos no pacote; os programas receberão atualizações de segurança periódicas, e terá direito a usar o suporte da Microsoft, ainda que por apenas 60 dias.

A vantagem do Office 2019 é que o usuário só terá que fazer o pagamento uma única vez, não tendo que ficar preso a um modelo de assinatura para utilizar os softwares. Ao mesmo tempo, ele contará com o básico do básico, e poderá optar por versões adequadas a seu uso, não precisando pagar por todos os programas. A versão mais simples Home & Student, por exemplo, dedicada a usuários domésticos e estudantes conta com os obrigatórios Word, Excel e PowerPoint, mais o OneNote, por R$ 399.

Já a versão Home & Business, voltada a profissionais, adiciona o Microsoft Outlook, o cliente de e-mail corporativo da Microsoft, por mais salgados R$ 1.199.

Por outro lado, o pacote tradicional não recebe as atualizações incrementais (mais recursos) destinadas periodicamente ao Office 365, e a licença vale apenas para um único computador, seja ele Windows ou macOS. Sendo assim, o usuário não pode instala-lo em mais de um terminal ao mesmo tempo.

Office 365: vantagens e desvantagens

O Office 365, por sua vez é oferece a suíte completa, com todos os softwares do pacote básico (Word, Excel, PowerPoint e One), o Outlook e dois adicionais apenas para instalação e uso em computadores Windows, o Access (banco de dados) e o Publisher (diagramação). O usuário pode utilizar os programas tanto localmente, através da instalação direta no computador, ou na nuvem, pelo portal do Office Online.

A diferença principal é que para ter acesso ao Office 365, o usuário deve possui uma conta Microsoft e assinar o serviço, com pagamentos mensais ou anuais. É possível adquirir uma chave anual na rede varejista, mas o modelo de negócios é o mesmo.

Office 365 / office 365 login

O Office 365 possui dois modelos de assinatura: o Personal (R$ 24/mês ou R$ 239/ano), destinado a apenas um usuário, e o Home (R$ 29/mês ou R$ 299/ano), que suporta até seis pessoas. Em ambas versões, o usuário poderá instalar o pacote de aplicativos em quantos computadores quiser, com Windows ou macOS.

A suíte recebe frequentemente atualizações incrementais, que adicionam novos recursos ou melhoram os existentes, o que não acontece no Office 2019 (ou anterior), e o usuário tem acesso ao suporte da Microsoft enquanto a assinatura estiver ativa.

A suíte também possui outras vantagens em relação ao Office 2019: o Office 365 oferece a cada usuário 1 TB de espaço no OneDrive, o serviço de armazenamento online da Microsoft, e 60 minutos de ligações mensais no Skype (mensageiro).

No Brasil, a oferta é aplicável apenas em ligações para telefones fixos, e não para celulares. Por fim, donos do iPad Pro (todas as versões) poderão salvar seus trabalhos nos apps do Word, Excel e PowerPoint para iOS, que são de uso livre para usuários de iPhone, iPadAndroid.

A desvantagem do Office 365 é que todas essas benesses estão diretamente atreladas à assinatura. E, uma vez que ela acaba, a suíte passa a restringir enormemente as opções de uso. Em última análise, para manter o 365 sempre ativo, o usuário teria que gastar bem mais do que com uma licença única, mas conta com vantagens adicionais.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.