Início » Celular » Xiaomi Mi 9 Explorer Edition terá 12 GB de RAM e traseira transparente

Xiaomi Mi 9 Explorer Edition terá 12 GB de RAM e traseira transparente

Xiaomi deixa claro que Mi 9 Explorer Edition não revela componentes reais na traseira transparente

Felipe Ventura Por

O Xiaomi Mi 9 será apresentado em breve, e a própria fabricante vem confirmando diversos detalhes sobre o aparelho. Um deles é a existência de um Mi 9 Explorer Edition com 12 GB de RAM, câmera de 48 megapixels e traseira transparente. Desta vez, a empresa deixa claro que o vidro não revela os componentes reais dentro do celular — trata-se de uma chapa decorativa de alumínio.

Xiaomi Mi 9 Explorer Edition

O CEO Lei Jun explica na rede social Weibo que o Mi 9 Explorer Edition tem uma traseira de vidro transparente e uma chapa ultrafina de alumínio com 0,3 mm de espessura. Nessa chapa, são entalhados os elementos decorativos, indicando a presença do processador Snapdragon 855 e da bobina para carregamento wireless.

A peça de alumínio serve para dissipação de calor, mas é praticamente algo cosmético: ela não indica a posição real dos componentes internos. Há referências à MIUI, aos Mi Fãs e ao filme Alita: Anjo de Combate (Battle Angel).

Além disso, o Explorer Edition virá com um sensor principal de 48 megapixels e lente de 7 elementos com abertura f/1,47. O modelo padrão do Mi 9 também terá 48 megapixels, porém a lente virá com abertura f/1,75 e seis elementos.

Xiaomi Mi 9 Explorer Edition

Xiaomi e a polêmica do Mi 8 Explorer Edition

No ano passado, a Xiaomi se envolveu em uma polêmica ao lançar o Mi 8 Explorer Edition. Ele possui uma traseira de vidro transparente que parece exibir alguns componentes na parte superior, como o processador Snapdragon.

Só que a parte interna dos celulares não é desse jeito. Os chips ficam cobertos com dissipadores de calor e camadas de blindagem de RF (radiofrequência). A Xiaomi foi questionada pelo The Verge: isso não é na verdade um colante? A empresa disse: “as peças que você vê na metade superior da traseira fazem parte da placa-mãe de verdade”.

Enfim, descobriu-se que a peça é apenas decorativa. Ela não se conecta à placa-mãe e pode ser removida sem prejudicar o funcionamento do Mi 8 Explorer Edition. Desta vez, para o Mi 9, a Xiaomi está deixando isso claro.

O Xiaomi Mi 9 será anunciado oficialmente nesta quarta-feira (20), assim como o Samsung Galaxy S10 e Galaxy Fold.

Xiaomi Mi 9 Explorer Edition

Xiaomi Mi 9 Explorer Edition

Com informações: Android Police.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@Sckillfer

Oi?

@Sckillfer

Realmente, não conheço!

https://uploads.disquscdn.c...

Gianluca Honório Lancaster

Vai estudar um pouco. Ou você ohhhh vou dizer abacaxi e vou ser aplaudido! Realmente fora por meninos ostentação e afins... Quanto mais memoria mais potentes serão os programas, e já tem capacidade de lançar em celular chamados Max e Plus bateria de 5000. O que poderá ainda evoluir bastante.

Fabio Santos

Aí no ano que vem os youtubers teens e fanboys, falam ao sair um novo, isto é passado, defasado, não é mais top, a geração dos números

Cacio Frigerio

Quem desenvolve para um, vai desenvolver para todos. Esse tem demais outros tem de menos.

Cristina Nascimento

Pois é, melhor sobrar do q faltar, esse é meu lema.

Cristina Nascimento

Só jogar uma custom rom qndo o suporte oficial da stock acabar.

Emanuel

A bateria não sofre, memoria RAM não gasta mais bateria ou menos de acordo com a quantidade que está em uso, acredito que vai ser usada como cache do armazenamento do aparelho e isso não depende dos desenvolvedores de apps e sim da Xiaomi. Quanto ao processador sim precisa ser feito um trabalho de otimização

Vaneh

Sendo que um smartphone da x

Vaneh

Falta sim... Samsung dex é só um launcher para o Android, os aplicativos são os mesmo, o que difere é que os apps vão abrir no modo tablet (caso suporte, senão vai abrir igual ao celular), só que esses apps não chegam a 30% do que tem no PC, posso citar o próprio Office que só tem o básico.

Vaneh

Alguém não conhece miui 10.

paulo yan
“as peças que você vê na metade superior da traseira fazem parte da placa-mãe de verdade”.

Ah, a velha arte de esconder a verdade sem mentir. De fato, as peças mostradas ali fazem parte da placa-mãe de verdade do aparelho, mas não necessariamente são aquelas. Hahaha, genial.

Roberval-O Ladrão de Chocolate

Creio que esses celulares chineses com memória Ram absurdas seja uma exceção e não va se tornar uma vertente.os smartphones mais eficientes não usam esse número e otimizam o desempenho com pouca memória.

Fabio Santos

Um monte de povo do marketing das concorrentes tentando justificar algo contra a Xiaomi, veremos que 2019 promete ao consumidor.

Diego F. Duarte

Traseira transparente? Jerryrig channel manda abs.

Pq arranhões em 6 marcas profundas no 7

Exibir mais comentários