Início » Computador » Dell lança o Area-51m no Brasil, junto da nova geração do XPS 13

Dell lança o Area-51m no Brasil, junto da nova geração do XPS 13

Notebook Area 51m é o primeiro a permitir upgrade de CPU e GPU

André Fogaça Por
42 semanas atrás

A Dell aproveitou o começo da tarde desta quinta-feira (21) para anunciar o lançamento de seis novos notebooks para o consumidor final, incluindo as linhas Inspiron, XPS, Alienware. Dentre tantos produtos novos, os que mais chamam atenção ficam por conta do ultrafino XPS 13 e o Area-51m, que permite upgrade de processador e placa de vídeo nos moldes de um desktop, só que em corpo de PC portátil.

A fabricante americana trouxe para o Brasil quase que todos os modelos que foram lançados durante a CES, com exceção da atualização da linha gamer com os G5 e G7 com GPU RTX da Nvidia. Ao todo são quatro versões da linha Inspiron, sendo duas de 14 polegadas e outra de 15 polegadas.

Poder de um desktop em notebook

O carro chefe da marca para o ano de 2019 é o Area-51m, que vem com tela de 17,3 polegadas em resolução Full HD de 144 Hz, GPU GeForce RTX 2070 ou 2080, até 64 GB de RAM, HD de 1 TB e SSD de 256 GB, processador Intel Core i7 9700K ou o i9 9900K.

O curioso é que até o momento da publicação deste artigo a Intel não disponibiliza uma versão do i9 para notebooks, mas a Dell resolveu colocar exatamente o mesmo chip que acompanha os desktops e isso significa muito consumo de energia - ele marca 95 watts de TDP. Para resolver o aquecimento desenfreado de tanto poder de fogo, há duas ventoinhas generosas que retiram o ar quente por seis saídas separadas.

Notebook permite upgrade de CPU e GPU

A inovação deste modelo fica por conta da possibilidade de upgrade do processador e da placa gráfica, algo impensável para um notebook e que aproxima o computador de um PC de mesa. A Dell informou ao Tecnoblog que não há previsão para disponibilizar o serviço de upgrade em suas assistências.

Além disso, ele é bem pesado com seus quase 3,9 quilos e trabalha com quatro portas USB (sendo uma USB-C com suporte para Thunderbolt 3) e exige duas fontes de alimentação ligadas ao mesmo tempo para entregar a energia que o processador exige, já que ele não é otimizado para os portáteis.

Tudo isso sai caro, custando a partir de R$ 17.899 em um modelo com Core i7 e a RTX 2070.

Novo XPS 13, com webcam no lugar certo

Junto do mamute em forma de notebook gamer, a Dell traz o XPS 13 com algumas mudanças quando comparado ao modelo da geração anterior. A maior novidade fica por conta da webcam que fica na parte do topo da tampa do computador.

Ele vem com processador Intel Core i7 8565U, placa gráfica integrada UHD Graphics 620, até 16 GB de RAM, SSD de até 512 GB, leitor de impressões digitais no corpo e que é compatível com o Windows Hello, tela de 13,3 polegadas que pode ser Full HD ou 4K, junto de nova tecnologia de display que oferece suporte para Dolby Vision e HDR.

Tudo isso custa a partir de R$ 10.448, com configuração que entrega 8 GB de RAM e tela Full HD.

Inspiron 14 5000

O Inspiron 14 5000 chega com tela no tamanho que você já imaginou com este nome, resolução Full HD, opção de ser um 2 em 1 ou não, processador Intel Core i5 ou i7 de oitava geração, opções de até 16 GB de RAM, composições que podem ser apenas com SSD de até 256 GB ou solução com HD e SSD, espaço para inserir o chip de memória Optane da Intel e GPU dedicada GeForce MX130 com 2 GB de RAM GDDR5 - há um modelo com MX150 e outro sem placa gráfica dedicada, ficando apenas com uma Intel UHD Graphics 620).

Inspiron 14 5000 em versão 2 em 1

O preço de entrada para o Inspiron 14 5000 é de R$ 2.759 para o 2 em 1 e sem placa de vídeo dedicada. Sobe para R$ 4.259 para adicionar a MX150 e R$ 4.829 para manter o formato 2 em 1, GPU dedicada e adicionar uma caneta compatível com o Windows Ink.

Inspiron 15 7000

Um passo acima, com tela de 15 polegadas e de mesma resolução está o Inspiron 15 7000. Ele conta com as mesmas opções de processador, GPU, memória interna e RAM do Inspiron 14, mas adiciona uma porta HDMI 2.0, conta a 1.4b do irmão menor e uma porta USB 3.1 Gen 1 no lugar de uma USB 2.0. Como a tela é maior, o peso sobe em aproximadamente 400 gramas. As configurações deste modelo começam custando R$ 4.359.

Todos os produtos anunciados hoje já estão disponíveis no mercado brasileiro.

Mais sobre: ,