Tecnoblog
Início » Celular » Qual a diferença entre Moto G5 e Moto G5 Plus?

Qual a diferença entre Moto G5 e Moto G5 Plus?

Saiba qual é a diferença entre o Moto G5 e o Moto G5 Plus, os celulares intermediários que a Motorola lançou em 2017

Você sabe qual é a diferença entre o Moto G5 e o Moto G5 Plus? A Motorola lançou ambos em 2017, sendo eles parte da quinta geração da linha Moto G, e embora muito parecidos, ambos modelos (que chegaram ao mercado nacional) possuem algumas particularidades, mirando em perfis de consumidores levemente distintos.

As diferenças entre Moto G5 e Moto G5 Plus

O que é igual, ou muito semelhante?

Comecemos pelo design. O Moto G5 e do Moto G5 Plus são muito parecidos entre si, com ambos contando com corpos de alumínio, bordas inferior e superior bastante largas e leitor de digitais na parte frontal, que dava suporte a gestos de navegação.

Na tela, ambos aparelhos trazem um display LCD IPS, com proporção 16:9 e resolução de 1.920 x 1.080 pixels, mas enquanto a tela do Moto G5 possui 5 polegadas (441 ppi), a do Moto G5 Plus conta com 5,2 polegadas (424 ppi), além de um vidro de proteção Gorilla Glass 3 da Corning. O Moto G5 possui um vidro padrão, resistente contra riscos.

Nas câmeras, ambos possuem um único sensor traseiro, de 13 megapixels e abertura f/2,0 no Moto G5, e 12 megapixels e abertura f/1,7 no Moto G5 Plus.

Embora a câmera do modelo mais simples tenha maior resolução, a maior abertura no G5 Plus proporciona qualidade um pouco melhor na hora de tirar fotos. Além disso, o Plus pode filmar em 4K a 30 fps, enquanto o Moto G5 é limitado em 1080p a 30 fps. A câmera selfie é a mesma nos dois, com 5 megapixels e abertura f/2,2.

Ambos chegaram com os mesmos 2 GB de RAM e 32 GB de espaço interno, com suporte a cartões microSD de até 128 GB. A pouca memória RAM acabou por se tornar um gargalo para a versão “Plus”. A decisão da Lenovo de não trazer os modelos com mais memória para o Brasil se deu para não prejudicar as vendas do Moto Z Play.

Onde há mudanças de maior impacto?

Falemos, então, do desempenho. O Moto G5 é equipado com um Snapdragon 430 da Qualcomm, um octa-core com clock máximo de 1,4 GHz, enquanto o Moto G5 Plus trazia o Snapdragon 625, também octa-core, mas com velocidades de até 2 GHz.

Por outro lado, as baterias eram bem satisfatórias. A diferença entre o Moto G5 e o Moto G5 Plus aqui é considerável, com o primeiro contando com 2.800 mAh, e segundo com 3.000 mAh. Ambas possuíam um bom desempenho energético, resistindo um dia inteiro de uso normal, e suporte a Quick Charge 3.0. No entanto, o Moto G5 Plus era o único dos dois que vinha com um carregador rápido na caixa, ausente no Moto G5.

Para administrar tudo isso, ambos celulares rodavam o Android 7.0 Nougat ao sair da caixa, e foram atualizados para a versão 8.0 Oreo. Observe que tanto o Moto G5 quanto o Moto G5 Plus não mais receberão atualizações de sistema operacional, segundo a estratégia da Motorola (apenas um update para aparelhos da linha Moto G, dois para as linhas Moto Z e Moto X, e nenhum para as linhas Moto E e Moto C).

Por fim, temos o preço. O Moto G5 chegou ao mercado brasileiro com um valor sugerido de R$ 999, enquanto o Moto G5 Plus custava R$ 1.499. Já é possível encontrar o primeiro em torno de R$ 649, e segundo, por aproximadamente R$ 899.

No fim, as diferenças entre o Moto G5 e o Moto G5 Plus se restringem principalmente ao processador, à bateria e às câmeras principais, enquanto eles compartilham de uma série de outras características. E embora não sejam mais atualizados, ambos ainda são opções interessantes para quem precisa de um celular razoável, sem gastar muito.

Comentários da Comunidade

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação