Início » Celular » Huawei planeja lançar celulares high-end no Brasil em maio

Huawei planeja lançar celulares high-end no Brasil em maio

Huawei quer liderar venda de smartphones no Brasil; ela deve lançar celular dobrável Mate X no país ainda este ano

Felipe Ventura Por
37 semanas atrás

A Huawei está determinada a conquistar espaço no mercado brasileiro de smartphones: ela prometeu lançar celulares top de linha no país, incluindo o dobrável Mate X, ainda este ano. Agora, a empresa explica que trará seus aparelhos a partir de maio: eles serão importados, mas o plano é fabricá-los por aqui no futuro.

Foto por Kārlis Dambrāns/Flickr

Ketrina Dunagan, vice-presidente sênior de marketing da Huawei nas Américas, diz ao Estadão que seus celulares premium poderão ser encontrados nas lojas brasileiras a partir de maio. Eles serão importados, mas até o fim do ano, a empresa pretende montar seus smartphones no país.

A executiva não revela quais celulares serão lançados aqui. O Tecnoblog apurou que a Huawei deve realizar um evento no Brasil para apresentar o smartphone P30 no final de abril, enquanto as vendas podem começar em 17 de maio.

O Huawei P30 será apresentado em um evento no final de março em Paris. Evan Blass, conhecido como @evleaks, diz que o aparelho terá câmera tripla com sensores de até 40 megapixels e zoom óptico 5x. Enquanto isso, o P30 Pro deve vir com três câmeras e um sensor de profundidade na traseira, além de suporte a zoom óptico 10x.

Huawei P30 (via 91mobiles)

Huawei ainda é desconhecida pelos brasileiros

A Huawei tem alguns desafios a enfrentar no Brasil. Menos de 1% dos consumidores no país conhece a marca, segundo a consultoria IDC. Além disso, Samsung e Motorola já dominam boa parte do mercado, respondendo por 78% das vendas de smartphones no Brasil em 2018.

No entanto, a Huawei pode se aproveitar de sua longa parceria com as operadoras brasileiras, por oferecer equipamentos de infraestrutura. Além disso, ela tem chance de se firmar inicialmente como uma opção high-end.

"Vamos trazer um portfólio abrangente, mas queremos ser uma marca premium, com boas câmeras e boa performance", diz Dunagan ao Estadão. "Traremos a tecnologia mais inovadora que temos - e não sacrificaremos qualidade em prol de quantidade."

A Huawei está fazendo acordos com varejistas para expor seus produtos em lojas físicas, e está montando equipes locais de logística, vendas e marketing. Além disso, ela já avalia parceiros para fabricação local de seus smartphones — algo essencial para oferecer preços mais competitivos. E, no futuro, ela deve lançar celulares mais acessíveis.

O objetivo da Huawei é conquistar a liderança global na venda de smartphones, ultrapassando Samsung e Apple — ela já está em terceiro lugar. A chinesa também planeja chegar ao primeiro lugar no mercado brasileiro. Será que ela consegue?

Com informações: Estadão.

Mais sobre: