Início » Aplicativos e Software » Windows 10 fará remoção automática de atualizações bugadas que impedem boot

Windows 10 fará remoção automática de atualizações bugadas que impedem boot

Além disso, Windows 10 Home permitirá adiar updates por até 35 dias, assim como na versão Pro

Felipe Ventura Por

O Windows 10 recebe duas grandes atualizações por ano, além das correções de segurança que chegam mensalmente. Isso às vezes causa problemas e impede que o computador faça boot. Por isso, o sistema da Microsoft vai reverter updates bugados automaticamente e bloquear sua instalação por 30 dias. Além disso, o Windows 10 Home poderá adiar qualquer atualização por até 35 dias.

Foto por Jason Pettus/Flickr

Se o Windows detecta que o PC não consegue fazer boot, ele normalmente tenta diagnosticar e resolver falhas devido a chaves de registro inválidas, corrupção de arquivos ou problemas de disco.

Daqui para a frente, se nada disso adiantar, o Windows vai desinstalar automaticamente as atualizações e drivers instalados recentemente “como último recurso”, explica a Microsoft.

Caso isso dê certo e o PC inicializar com êxito, o usuário verá uma notificação dizendo: “removemos algumas atualizações instaladas recentemente para recuperar o dispositivo de uma falha de inicialização”.

Além disso, o Windows impedirá que as atualizações removidas sejam reinstaladas nos próximos 30 dias. Dessa forma, a Microsoft e seus parceiros terão tempo para investigar a falha e resolver quaisquer problemas. Após 30 dias, os updates voltarão a ser instalados.

A Microsoft lembra que este recurso está disponível apenas no Windows 10 Insider Preview, na build 18351 e posterior. Trata-se de uma versão de testes para a atualização que será lançada em abril.

Windows 10 Home pode adiar atualizações por 35 dias

Há outra novidade: o Windows 10 Home poderá adiar qualquer atualização por até 35 dias. Atualmente, o limite é de até 7 dias. Isso está disponível na build 18356, a mesma que permite espelhar seu celular Android no PC.

O Windows 10 Pro já permite pausar updates por até 35 dias; é o suficiente para que a Microsoft resolva possíveis problemas. A versão Home terá o mesmo prazo, mas só após receber a atualização de abril.

A Microsoft vem sendo criticada pela alta frequência de atualizações no Windows 10. Por isso, ela vem implementando algumas mudanças: por exemplo, usuários da versão Home podem adiar updates desde o ano passado.

Além disso, diversas versões do Windows 10 Enterprise e Education têm suporte por 30 meses a partir de seu lançamento (em vez de 18 meses), permitindo que empresas e instituições de ensino passem mais tempo sem instalar updates grandes.

Com informações: Bleeping Computer, Ars Technica.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Reginaldo Farias

Porcaria é seu notebook.

Vitor Aleksandr

Nunca notei isso q vc falou. Mais especificamente oq vc gostaria de desativar nele?

Vinícius Jorge

Ainda não tive problemas de desempenho nem com atualizações

Vinícius Jorge

Disse bem, só funciona na versão Pro em diante, quem tem versão Hoje ainda "tá na roça", como dizem na minha região

Paul

Pq tudo nela é forçado goela abaixo e vc não tem opção de desativar. É a MS q manda no seu PC, o que já é bem diferente da versão Pro, onde VC é q tem o controle do SO, por exemplo.

Paul

Vc pode fazer isso no W10 sem gambiarra, mas a MS esconde dos users normais. E só funciona da versão Pro em diante. Eu msm fiz e sempre recomendo pra todos fazerem caso queiram usar o Windows 10 tranquilamente. Tenho zero problemas com essas atualizações-bomba. Tudo por aqui é manual como no Windows 7.

Keaton
A Microsoft vem sendo criticada pela alta frequência de atualizações no Windows 10.

Agora, se a Microsoft manda um foda-se pros usuários ela também é criticada.

Sério. Mantenha meu sistema seguro e o pessoal que está reclamando que vá fazer tratamento, caramba. hahaha

Cristina Nascimento

Sorte q o meu aqui é touchscreen..

Vitor Aleksandr

Pq voce acha q essa versao eh ruim amigo? Sempre dou preferência a instalar versoes mais simples do OS pra consumir menos da maquina

Glauber Oliveira

Uma coisa que gosto muito no Windows 7 é que lá, EU mando no sistema e não o contrário. Desativei permanentemente o serviço do Windows Update e instalo as atualizações manualmente e com isso nunca tive problemas com atualizações "bugadas". Ligo o PC e está tudo em ordem, pronto pro trabalho. Por isso estou resistindo tanto em migrar pro Windows 10. Essas atualizações me fazem lembrar do Windows ME em que o sistema sempre travava e te fazia perder tudo, inclusive as estribeiras. A Microsoft deveria dar a possibilidade do usuário decidir se quer ou não receber essas atualizações, inclusive desativá-las totalmente e de forma oficial, sem precisar fazer gambiarras. A mesma coisa acontece no Xbox One, ou atualiza o sistema, ou não joga!

ricms

Ele vai se auto remover?

Giovani Sousa

O problema não é exclusivo da MS, uso Arch, no começo do ano perdi uma instalação (sorte que backup aqui é lei), tinha solução, mas eu não estava com tempo para procurar, foi mais rápido reinstalar. Afetou muitos usurários, geral reclamando no Reddit.

Maico Andrade

Para quem nao tem WSUS implementado, em ambiente corporativo, isso é muito bom! ^^

MicCaptchA

Hoje um colega de trabalho atualizou o windows e o notebook simplesmente parou de reconhecer qualquer teclado. Pensa no ódio.

Andre Kittler

Resumindo a grande maioria de novidades do Windows: porque levaram tanto tempo para fazer uma coisa tão, mas tão obvia assim?! Alguém na Microsoft usa esse sistema!??

(ah, e claro, depois de 30 dias quando essa bosta de update bugado voltar ninguém acredita de verdade que vai tudo funcionar né? Porém aguarda mais uns anos e pode ter uma novidade saindo.... imagina só se fosse tecnicamente possível de CANCELAR o update bugado, simplesmente pular ele, de uma forma automagica!)

Exibir mais comentários