Início » Telecomunicações » Brasil está em 74° lugar no ranking de países com internet móvel mais barata

Brasil está em 74° lugar no ranking de países com internet móvel mais barata

Brasil cobra valor menor que nos EUA e em alguns países europeus; internet móvel mais barata está na Índia (US$ 0,26/GB)

Lucas Braga Por

O site britânico Cable.co.uk fez uma pesquisa de custo de internet móvel em diversos lugares do mundo. O estudo analisou 6.313 planos de operadoras de 230 países e regiões, e o Brasil aparece em 74° lugar no ranking de custo por gigabyte trafegado. Quem aparece no primeiro lugar é a Índia, cobrando em média 26 centavos de dólar por GB.

No Brasil, o Cable.co.uk analisou 27 diferentes planos de celular e coletou as amostras no dia 6 de novembro de 2018. O plano mais caro tinha custo por gigabyte de US$ 10,18, enquanto o mais barato saía por US$ 1,50. O site utilizou a cotação de R$ 3,73 por dólar para a aferição.

Veja alguns países e seus respectivos custos:

Apesar de estar na segunda posição do gráfico, a Rússia está em 12° lugar do ranking, atrás de países como Quirguistão (2° lugar), Ucrânia (4° lugar) e Israel (11° lugar). O Brasil aparece no 74° lugar mas ainda é um resultado razoável, considerando que o custo apurado foi menor que dos Estados Unidos e diversos países da Europa. A média mundial é de US$ 8,53 por gigabyte.

Brasil tem internet móvel mais cara que Chile e Argentina

Na América Latina, o país com o melhor custo-benefício foi o Chile, que aparece em 34° lugar com custo por gigabyte de US$ 1,87. O Brasil também está atrás do Peru (US$ 2,48 por gigabyte), Uruguai (US$ 2,80) e Argentina (US$ 3,05), mas aparece na frente da Colômbia (US$ 5,28 por gigabyte) e Paraguai (US$ 6,18), por exemplo.

Na Europa, a situação entre os países é bem desigual: enquanto a Finlândia tem a internet móvel mais barata (US$ 1,16 por gigabyte), a Suíça tem custo de US$ 20,22 por gigabyte e a Grécia apresenta a maior média entre os planos europeus, com absurdos US$ 32,71 por gigabyte.

O país com acesso à internet móvel mais caro do mundo é o Zimbábue, onde o custo médio por gigabyte é de US$ 75,20. Baratinho, não é? Confira aqui os dados completos do estudo, incluindo um mapa interativo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

herr1989

12 dólares canadenses a hora.

herr1989

quem ta nos EUA agora e brasileiro. os canadenses que conheço sao de la mesmo

herr1989

10 dólares a hora, mas varia e depende muito do serviço. Garçom por exemplo pode ganhar menos de 10 a hora pq recebe gorjeta

herr1989

devem ser trouxas mesmos né? sao canadenses nascidos e criados la. esperto e vc brasileiro do interior que sabe de tudo.

johndoe1981

Quem não entende de Economia acha que esses valores isolados significam alguma coisa. Só quando se compara a renda média do brasileiro com a do norte-americano e o do europeu, é que se percebe que os preços aqui são altos. Salário mínimo é um bom padrão para comparar os poderes de compra.

Eliézer José Lonczynski

Migrem para o Beta, vamos mudar esse quadro, avante Brasil💚💛

DanielBastos

Saímos da 5 série mas ela não sai da gente.

Eu inclusive 😁

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Preços nominais não dizem muita coisa, mas vale a tentativa.

A Suíça pode ter o preço mais caro de todos e uma qualidade muito maior. Por lá, aliás, só se vê Ferraris, Lambos e Teslas pelas ruas.

Keaton

Seria bom eles também fazerem outra comparação: preço da internet vs salário minimo. (ou moeda corrente no pais vs dolar...)

himanshu

I'm Indian..feel proud to see this article..1st ranking thank you admin my site here

Matheus Souza

A Irlanda está em 87º lugar, porém no plano que eu tenho pago €35 e não tem limite de dados. Problema é que tem algumas operadoras com limites e com preços similares...

Almirante Golfinho

Adianta de nada se a internet não for boa, isso é tipo "overbooking".

Eduardo Braga

Disfarça

Jefferson

Os amigos são dos EUA

Eduardo Braga

O que mais tem nos subreddits de tecnologia é canadense reclamando de preço alto em planos de operadoras.

Exibir mais comentários