Início » Internet » Facebook culpa falha no servidor por apagão que derrubou WhatsApp e Instagram

Facebook culpa falha no servidor por apagão que derrubou WhatsApp e Instagram

Facebook sofreu interrupção de serviço mais longa já registrada pelo Down Detector desde seu lançamento em 2012

Felipe Ventura Por
35 semanas atrás

O Facebook sofreu uma instabilidade que prejudicou serviços como Instagram, WhatsApp e Messenger ainda nesta quinta-feira (14). Este foi o maior "apagão" da rede social já registrado pelo Down Detector. Ela está voltando a funcionar normalmente, e enfim explica o que aconteceu: a culpa foi de uma "mudança na configuração do servidor".

Facebook / Con-karampelas / Unsplash

"Ontem, como resultado de uma mudança na configuração do servidor, muitas pessoas tiveram problemas para acessar nossos aplicativos e serviços. Agora resolvemos os problemas e nossos sistemas estão se recuperando", explica o Facebook em seu perfil oficial no Twitter.

Segundo a rede social, a falha não esteve relacionada a um ataque DDoS; não há mais detalhes oficiais por enquanto. "Lamentamos muito o inconveniente e agradecemos a paciência de todos", diz a empresa.

Facebook sofreu maior apagão de sua história

Esta foi a interrupção de serviço mais longa já registrada pelo Down Detector desde seu lançamento em 2012. O cofundador do serviço, Tom Sanders, diz ao TechCrunch: "nossos sistemas processaram 7,5 milhões de relatos de problemas de usuários ao longo deste incidente. Nunca vimos antes um apagão com escala tão grande".

Para empresas de monitoramento de rede, tudo indica que se tratou de um problema interno. "Dado o tamanho e as mudanças contínuas que esses provedores de web em escala fazem constantemente em suas aplicações e infraestrutura, às vezes as coisas quebram, mesmo nas mãos mais capazes", escreve a companhia ThousandEyes.

A falha foi realmente grave e afetou o funcionamento da "família de aplicativos do Facebook", que inclui o Messenger, o Instagram e o WhatsApp. Eles já estão funcionando normalmente. Mark Zuckerberg quer unificar seus serviços de mensagens e oferecer criptografia de ponta a ponta em todos eles.

O apagão serviu como um lembrete de que é importante ter alternativas aos serviços do Facebook. A própria empresa recorreu ao Twitter para publicar seus comunicados, por exemplo. Além disso, o Telegram ganhou 3 milhões de novos usuários em 24 horas.

Com informações: TechCrunch.

Mais sobre: