Início » Negócios » Disney oficializa compra da Fox em acordo de US$ 71 bilhões

Disney oficializa compra da Fox em acordo de US$ 71 bilhões

Com o negócio, a Disney terá o controle sobre estúdios e canais de TV da Fox, além de uma parcela maior do Hulu

Por
29 semanas atrás

A Disney oficializou nesta quarta-feira (20) a compra da Fox, com um investimento de US$ 71,3 bilhões. Após meses de tratativas, a compradora terá o controle das divisões de filmes, de alguns canais de TV e de uma parcela ainda maior do serviço de streaming Hulu.

O acordo feito pelas duas empresas envolve diversas propriedades. Entre elas, estão as da 21st Century Fox, que inclui os estúdios 20th Century Fox, Fox Searchlight Pictures, Fox 2000 Pictures, Fox Family e Fox Animation.

A Disney também adquiriu as produtoras de televisão 20th Century Fox Television, FX Productions e Fox 21; os canais por assinatura Fox, National Geographic e FX; e a rede de canais por assinatura Star India.

Enquanto isso, as demais propriedades da Fox, como seu canal aberto nos Estados Unidos, os canais de notícias Fox News e Fox Business, além dos canais esportivos Fox Sports, FS1, FS2, Fox Deportes e BTN passaram a compor a Fox Corporation, uma empresa criada por conta do acordo.

A Disney, que já é dona dos canais ESPN, adquire as unidades regionais do Fox Sports, mas precisará abrir mão delas para evitar um monopólio.

A compradora também terá participações na operadora indiana de TV por satélite Tata Sky e na produtora Endemol.

Disney passa a controlar Hulu

A Disney terá uma parcela ainda maior do Hulu. A Fox transfere seus 30% e transforma a compradora em uma acionista majoritária do serviço de streaming, com 60%. Junto à Comcast, que tem 30%, e à AT&T, que tem outros 10%, a companhia trabalhará para ampliar a disponibilidade do serviço.

Ainda que a companhia trabalhe para lançar Disney+, seu próprio serviço de streaming, as plataformas deverão coexistir. Segundo o CEO da Disney, Bob Iger, o Disney+ oferecerá conteúdo voltado para toda a família. O Hulu, por sua vez, terá mais filmes para adultos.

“Este é um momento extraordinário e histórico para nós – um que criará valor significativo a longo prazo para nossa empresa e nossos acionistas”, disse Iger.

“Combinar a riqueza de conteúdo criativo e talento provado da Disney e da 21st Century Fox cria a companhia de entretenimento global proeminente, bem posicionada para liderar uma era incrivelmente dinâmica e transformadora”, continuou.

Segundo o executivo, o acordo poderá influenciar os filmes produzidos pela companhia. O universo Marvel, por exemplo, terá a possibilidade de integrar franquias que tiveram filmes produzidos pelas duas empresas.

A compra foi repercutida até por Ryan Reynolds, de Deadpool. Em seu perfil no Twitter, o ator publicou uma foto do personagem com as orelhas do Mickey em um ônibus da Disney.

Apesar da brincadeira, a negociação não deverá ser tão bem recebida por funcionários das empresas. Com a aquisição, a companhia deseja fazer um corte de US$ 2 bilhões em despesas, o que poderá causar cerca de 4 mil demissões.

Com informações: Disney, Mashable, The Verge.

Mais sobre: ,