Tecnoblog

Google Stadia promete streaming de jogos 4K em conexão de 30 Mb/s

O Stadia soa como uma evolução interessante para o mundo dos games, mas fazer streaming de algo interativo é sinônimo de necessidade de internet generosa. O Google afirmou nesta quinta-feira que a plataforma de jogos da empresa precisará de uma conexão de 30 Mb/s se você quiser jogar em 4K com 60 quadros por segundo.

A afirmação vem de Phil Harrison, vice presidente e gerente geral do Google, responsável pelo projeto do Stadia. Durante o primeiro estágio de testes, que aconteceu em parceria com a Ubisoft e que levou Assassin’s Creed Odyssey para rodar diretamente do Chrome, a necessidade era de uma conexão de 25 Mb/s.

Harrison contou à imprensa internacional que 25 Mb/s é o mínimo que se espera, em uma conexão dedicada apenas para o game e que pode demonstrar oscilação durante a jogatina. Colocar o requisito mínimo para 30 Mb/s dá mais folga, mas certamente é interessante ainda mais para quem divide a conexão com outras pessoas – basicamente todo mundo.

“Eu sei que (o Stadia) não vai chegar para todo mundo e eu respeito que algumas pessoas ficarão frustradas por conta disso. Mas suspeito que algumas destas pessoas não contam com uma ótima experiência com o YouTube, eles podem até ter uma experiência boa com o Netflix atualmente. A boa notícia é que a internet continua a crescer em qualidade e alcance”, comentou o executivo.

“Portanto, há uma maré crescente que eleva os barcos, com o 5G ajudando potencialmente a equação no futuro”, complementa.

O controle também ajuda

Outro problema que pode e certamente vai afetar a experiência de jogo é a latência, que é o tempo em que um comando executado pelo jogador leva para chegar até o servidor, ser processado e voltar em informação visual no game. Harrison diz que há uma série de melhorias e inovações que acontecem dentro dos servidores do Google, junto de parcerias com provedores de internet e que devem mitigar essa questão.

Outro ponto que ajuda é o controle ser ligado diretamente na rede sem fios do usuário, diminuindo o caminho entre o comando e o servidor. Deixar o Bluetooth de lado neste ponto ajuda muito, já que a conexão direta evita um intermediário (que já é conhecido por ser lento) entre o jogador e o servidor.

Com informações: Ars Technica.